Sobre a Marinha

[img]http://www.capecurso.com.br/site/images/banners/Img_sobre_marinha.gif[/img] [b][color=660000]OBSERVAÇÃO: Informamos que as informações contidas abaixo são meramente ilustrativas aos usuários e visitantes do site e não implicam em ministramos cursos preparatórios para todas as instituições mencionadas. Não prestamos consultoria relativa as informações abaixo. [/color][/b] [url=http://capecurso.com.br/site/modules/xt_conteudo/index.php?id=35]CLIQUE AQUI para saber os cursos preparatórios militares que estão sendo ministrados no momento.[/url] "As Forças Armadas, constituídas pela Marinha, pelo Exército e pela Aeronáutica, são instituições nacionais permanentes e regulares, organizadas com base na hierarquia e na disciplina, sob a autoridade suprema do Presidente da República, e destinam-se à defesa da Pátria, à garantia dos poderes constitucionais e, por iniciativa de qualquer destes, da lei e da ordem. " A Organização das Forças Armadas dispõem de efetivos de pessoal militar e civil, fixados em lei, e dos meios orgânicos necessários ao cumprimento de sua destinação constitucional e atribuições subsidiárias. O emprego das Forças Armadas na defesa da Pátria e na garantia dos poderes constitucionais, da lei e da ordem, e na participação em operações de paz, é de responsabilidade do Presidente da República, que determinará ao Ministro de Estado da Defesa a ativação de órgãos operacionais. Missão e visão de futuro da Marinha "Preparar e empregar o Poder Naval, a fim de contribuir para a defesa da Pátria. Estar pronta para atuar na garantia dos poderes constitucionais e, por iniciativa de qualquer destes, da lei e da ordem; atuar em ações sob a égide de organismos internacionais e em apoio à política externa do País; e cumprir as atribuições subsidiárias previstas em Lei, com ênfase naquelas relacionadas à Autoridade Marítima, a fim de contribuir para a salvaguarda dos interesses nacionais". "A Marinha do Brasil será uma Força moderna, equilibrada e balanceada, e deverá dispor de meios navais, aeronavais e de fuzileiros navais compatíveis com a inserção político-estratégica do nosso País no cenário internacional e, em sintonia com os anseios da sociedade brasileira, estará permanentemente pronta para atuar no mar e em águas interiores, de forma singular ou combinada, de modo a atender aos propósitos estatuídos na sua missão". Comando da Marinha - formular a política naval e a doutrina militar naval; - propor a constituição, a organização e os efetivos, bem como executar o aprestamento das forças navais; - formular o planejamento estratégico e executar o emprego das Forças Navais na defesa do País; - orientar e realizar estudos e pesquisas de seu interesse; - contribuir para a formulação e condução de políticas nacionais que digam respeito ao mar; - orientar e controlar a marinha mercante e suas atividades correlatas, no que interessa à defesa nacional; - prover a segurança da navegação aquaviária e a salvaguarda da vida humana no mar; - produzir material bélico de seu interesse; - realizar o adestramento militar e a supervisão de adestramento civil no interesse da segurança da navegação nacional; - executar a inspeção naval; e implementar e fiscalizar o cumprimento de leis e regulamentos, no mar e nas águas interiores, em coordenação com outros órgãos do Poder Executivo, federal ou estadual, quando se fizer necessária, em razão de competências específicas.


Autor: Cursos Preparatórios Para Concursos
http://capecurso.com.br/site

URL:
http://capecurso.com.br/site/modules/xt_conteudo/index.php?id=31