MPE: inicial de até R$5.969 mais estabilidade

Data 24/02/11 | Tóopico: Estaduais

Durante a cerimônia de posse da nova chefe da Polícia Civil, delegada Martha Rocha, na última sexta-feira, dia 18, o procurador-geral de Justiça, Cláudio Soares Lopes, afirmou que os preparativos do concurso para o quadro técnico-administrativo do Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro (MPE-RJ) deverão ser iniciados em breve. A seleção, que está programada para até junho, visará ao provimento inicial de 90 vagas, das quais 50 para técnico administrativo e 40 para analista administrativo (antigo técnico superior administrativo).

Enquanto o cargo de técnico administrativo requer nível médio, para disputar uma vaga de analista administrativo, o interessado deverá possuir graduação. O procurador-geral de Justiça ainda não definiu para quais carreiras o cargo será aberto, uma vez que haverá levantamento das necessidades, mas, se for mantido o mesmo formato do último concurso, promovido entre 2006 e 2007, poderão concorrer bacharéis em Ciências Contábeis, Ciências Econômicas, Administração ou Direito.

Além do status do órgão e do Plano de Cargos e Salários dos servidores, sancionado pelo governador Sérgio Cabral no último mês de janeiro, outros atrativos do MPE são a estabilidade (regime estatutário) e as remunerações iniciais, de R$3.852,08 (técnico) e R$5.969,09 (analista). Os rendimentos incluem vencimentos (R$3.302,88 para técnico e R$5.419,09 para analista) e auxílio-alimentação (R$550). Ainda haverá auxílio-transporte (R$124), auxílio-saúde (R$350, abrangendo dependentes) e possível adicional de cargo gerência (apenas para analista administrativo).

Tradição de muitas convocações - Apesar da oferta ser de 90 vagas, a expectativa é que mais chamadas ocorram durante a validade do concurso. Para se ter uma ideia, na última seleção foram abertas, no total, 131 oportunidades, mas já foram convocados 649 aprovados (104 técnicos superiores/analistas e 545 técnicos administrativos). A validade dessa seleção se encerrará no próximo dia 18 de maio.

Como o procurador-geral de Justiça afirmou que o interessado deverá tomar como base o edital da época, os candidatos devem atentar para as disciplinas que foram cobradas na prova objetiva (única etapa). Além de Língua Portuguesa, Noções de Informática e Organização do MPE, foi dada ênfase para Direito nos ramos Constitucional e Administrativo (apenas noções para técnico de nível médio).

Fonte: Folha Dirigida


Este artigo veio de Cursos Preparatórios Para Concursos
http://capecurso.com.br/site

O endereço desta história é:
http://capecurso.com.br/site/modules/news/article.php?storyid=669