Fale Conosco
Plataforma EAD
Menu
Siga-nos
Indique o Site
Destaques no Site
RSS

Notícias sobre o Exame Nacional do Ensino Médio. (Enem)
(1) 2 3 4 ... 7 »
ENEM : ENEM 2017: inscrições já encerradas
Enviado por admin em 19/06/17 (16 leituras)

As inscrições para o Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) encontram-se abertas, sendo a principal porta de ingresso para as principais universidades públicas do país.

O prazo foi até o dia 19 de maio e o cadastro foi feito no site do INEP. A taxa de inscrição poderá ser paga até o dia 24 de maio em qualquer agência bancária.

A taxa de inscrição é de R$ 82,00.

Algumas mudanças foram feitas em relação ao exame do ENEM, e a principal delas foi que antes todas as provas foram feitas em único final de semana, e , a partir deste ano acorrerão em dois finais de semana consecutivos, e estão marcadas para os dias 5 e 12 de novembro.

A aplicação das provas também sofreram alterações. No primeiro dia serão feitas questões de Linguagens, Códigos e suas Tecnologias, Redação e Ciências Humanas.

Já no segundo dia , os estudantes farão questões de Ciências da Natureza e suas Tecnologias e Matemática e suas Tecnologias.

Outra alteração também ocorrida é em relação ao pedido de isenção da taxa. Os estudantes que forem isentos e não comparecerem ao exame, perderão o direito de isenção automaticamente, se nada for justificado quanto a sua ausência.

Site do INEP

ENEM : Enem 2016: primeiro dia para alunos que não fizeram o primeiro exame
Enviado por admin em 04/12/16 (63 leituras)

O primeiro dia de provas da segunda aplicação do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem 2016) transcorreu tranquilamente na Universidade Unigranrio, em Nova Iguaçu.
Os candidatos tiveram quatro horas e meia para responder questões das provas de Ciências Humanas e suas Tecnologias e Ciências da Natureza e suas Tecnologias.
Amanhã, no segundo dia de prova, os estudantes terão cinco horas e meia para as questões de Linguagens, Códigos e suas Tecnologias, Matemática e suas Tecnologias e Redação.
A reaplicação do vestibular foi motivada pelo adiamento das provas dos alunos que fariam em locais que, nos dias 5 e 6 de novembro, data da primeira aplicação, estavam ocupados como forma de protesto à PEC 55 e outras medidas governamentais, como por exemplo, a reforma do ensino médio.

ENEM : Enem registra 8,4 milhões de inscritos. 10% a menos que ano passado
Enviado por admin em 14/06/15 (236 leituras)

FAÇA O PREPARATÓRIO PARA O ENEM NO CAPE!

Pela primeira vez, desde 2008, o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) não superou a quantidade de inscrições da edição anterior. Em 2015, a avaliação alcançou 8.478.096 de estudantes pré-inscritos, segundo balanço divulgado pelo Ministério da Educação (MEC), na terça-feira, dia 9. O número representa 10,6% a menos que 2014, quando foram feitas 9,5 milhões de pré-inscrições.

A pasta ainda investiga o motivo da diminuição. Para o ministro Renato Janine Ribeiro, o aumento da taxa de inscrição de R$35 para R$63 não interferiu na queda. Uma das hipóteses levantadas por ele é que caiu o número daqueles que não têm certeza se prestariam o exame, uma vez que foi estabelecido que os isentos que não fizerem o exame este ano e não justificarem, não terão direto ao benefício no ano que vem.

O aumento do número de pagantes, de 3,1 milhões (32,4%) em 2014 para 3,4 milhões (40,2%) neste ano, “mostra que não houve exclusão devido ao preço da taxa”, disse Janine, ressaltando que, para ele, quem não se inscreveu, tomou essa decisão por outra razão. O número de candidatos que solicitaram isenção por carência representa 43,9% dos inscritos (3,7 milhões), uma redução em relação aos 52,5% do ano passado.

De acordo com os dados do MEC, o ritmo de inscrições dobrou na reta final dos 12 dias do prazo. Nos dez primeiros dias, foram registradas 5,8 milhões de pré-inscrições, uma média de 24 mil por hora. Já nos últimos dois dias, a média subiu para 54 mil novas inscrições por hora. Foram contabilizados 1,7 milhões de novos candidatos. A região que mais teve pré-inscritos nesta edição do Enem foi a Nordeste, com 36,67% do total. Em seguida vem a Norte com 31,50%, Sudeste com 12,04%, Sul com 10,51% e Centro-Oeste com 9,29%.

ENEM : Sisu recebe inscrições até o dia 10
Enviado por admin em 09/06/15 (230 leituras)

Muitos estudantes possuem o sonho de ingressar no ensino superior em uma universidade pública. Este sonho está próximo de realizar-se para 55.576 candidatos de todo o Brasil.

Estão abertas as inscrições para a segunda edição deste ano do Sistema de Seleção Unificada (Sisu). É uma ótima oportunidade para quem pretende estudar no Rio de Janeiro, já que estão sendo oferecidas 12.296 vagas em instituições públicas.

O prazo vai até as 23 h 59 min de quarta-feira, do dia 10. Poderão fazer a inscrição, pela internet, os candidatos que participaram do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) em 2014, menos quem tirou nota zero na prova de redação. A inscrição no Sisu é realizada, necessariamente, com o número de inscrição e a senha no Enem do ano de 2014.. Se o candidato não lembra destas informações, deverá buscá-las na página onde participou do exame em 2014.

Ao acessar o site do Sisu , o candidato verá as vagas ofertadas por município, por instituição e por curso. Algumas instituições adotam notas mínimas em determinados cursos. O candidato também deverá ficar atento à exigência dos documentos para inscrição, caso seja aprovado.

Exite também a opção através do aplicativo do Sisu para Android e Windows Phone, que mostra as vagas disponíveis por curso e instituição e simula o resultado baseado nas notas obtidas no Enem.

Saiba Mais em
www.sisu.mec.gov.br

ENEM : Em três dias, Enem registra cerca de 1,2 milhão de inscrições
Enviado por admin em 29/05/15 (316 leituras)

Até as 19h da última quarta-feira, dia 27, o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) já tinha recebido um total de 1 milhão e 216 mil inscrições. O prazo termina às 23h59 do dia 5 de junho e todo o procedimento é feito pela internet. O Enem é a principal forma de ingresso nas principais universidades do país. O Exame propicia acesso a cursos técnicos e bolsas de estudos e financiamento em faculdades particulares.

Como nas edições anteriores, é recomendável buscar horários com menor fluxo de acessos na internet, de forma que fique mais fácil a navegação. É importante também ficar atento se o número de CPF e data de nascimento informados durante a inscrição estão de acordo com os dados na base da Receita Federal.

Entre as orientações do MEC para o momento da inscrição, está a de informar um número de telefone, celular ou fixo, válido, bem como cadastrar um endereço eletrônico. O sistema pedirá ainda que o candidato crie uma pergunta e uma resposta de segurança.
A edição de 2015 tem algumas novidades. A taxa de inscrição foi reajustada. Além disso, houve mudanças em relação às regras de isenção. A forma de divulgação do local de prova e o horário de início do exame também mudaram em relação a 2014. Além disso, quem está no 2º ano do ensino médio não poderá usar a nota para ingresso em universidade.
A prova será realizada nos dias 24 e 25 de outubro. No primeiro dia os alunos resolverão questões de Ciências Humanas e suas Tecnologias e de Ciências da Natureza e suas Tecnologias, em duração de 4 horas e 30 minutos. No segundo dia, as questões serão de Linguagens, Códigos e suas Tecnologias, Redação e Matemática e suas Tecnologias, com duração de 5 horas e 30 minutos. Neste dia, serão cinco horas e meia. Veja, abaixo, a que o candidato precisa estar atento em relação ao Enem:
Inscrição – As inscrições são feitas somente pela internet. O aluno deve criar um login e uma senha, que servirão para realizar a inscrição e acompanhar o processo, e serão indispensáveis para outras etapas do processo. É preciso ter CPF próprio e o candidato não pode esquecer de informar telefone e email. Outra recomendação do MEC é verificar se o número de CPF e a data de nascimento estão de acordo com a base de dados da Receita Federal.
Pagamento da taxa – A taxa esse ano é de R$63 e deve ser paga até o dia 10 de junho. Houve um aumento de 80%, em relação ao ano passado. Porém o valor estava congelado desde 2009. Estudantes que cursaram o último ano do ensino médio na rede pública ou declararem carência estarão isentos deste pagamento. Os candidatos que conseguirem a isenção e faltarem a, pelo menos, um dia de prova, não terão o benefício no próximo Enem.
Condições especiais – O Inep assegura atendimento especializado e específico para pessoas com baixa visão, cegueira, visão monocular, deficiência física, deficiência auditiva, surdez, deficiência intelectual (mental), surdocegueira, dislexia, déficit de atenção, autismo, discalculia ou com outra condição especial, em todos os casos, com comprovação. Estes candidatos, dependendo da deficiência, poderão fazer prova em braile, prova com letra ampliada, ter auxílio de tradutor-intérprete de Língua Brasileira de Sinais (Libras), leitura labial e prorrogação do tempo de prova. Há também atendimento específico para gestantes, lactantes, idosos, estudantes em classe hospitalar e sabatistas (pessoas que, por convicção religiosa, guardam o sábado). Participantes travestis ou transsexuais poderão fazer a prova utilizando o seu nome social.
Mudanças – As provas serão realizadas nos dias 24 e 25 de outubro. Os horários alteraram, agora os estudantes vão entrar às 13h, mas só começarão a prova às 13h30. Outra mudança é no Cartão de Confirmação, que não será mais enviado no e-mail, o candidato deverá baixá-lo da internet pelo seu login e senha.
Uso da Nota - O Enem é a principal forma de ingresso nas principais universidades do país. Pelo Sistema de Seleção Unificada, o aluno disputa vagas em instituições públicas. Outra opção é usar a nota para conseguir uma bolsa de estudos em instituições privada, por meio do Programa Universidade para Todos (ProUni). A nota no Enem também é requisito para ter acesso ao Fundo de Financiamento Estudantil (Fies). e ao programa Ciências sem Fronteiras, que possibilita acesso a bolsa de estudos no exterior. Pela nota no Enem, o candidato também pode ingressar em um curso técnico, pelo Sistema de Seleção Unificada do Ensino Técnico e Profissionalizante (Sisutec). O resultado na prova permite, ainda, que pessoas com mais de de 18 anos possam conseguir a certificação do ensino médio.

ENEM : MEC divulga edital do Sisu 2015 para o segundo semestre
Enviado por admin em 29/05/15 (216 leituras)

O Ministério da Educação divulgou o edital com as regras da edição do segundo semestre do Sistema de Seleção Unificada (Sisu). As inscrições serão realizadas entre os dias 8 e 10 de junho, pelo site do Sisu.

O Sisu funciona como um grande banco de vagas, a partir do qual instituições públicas de ensino superior de todo o país selecionam seus calouros. A maioria das que participam são universidades federais e institutos federais de educação.
Podem disputar as vagas candidatos que fizeram o Exame Nacional do Ensino Médio de 2014. O MEC ainda divulgará as instituições participantes e a oferta em cada uma delas.

Serviço
www.sisu.mec.gov.br

ENEM : Enem 2015 será realizado nos dias 24 e 25 de outubro
Enviado por admin em 19/05/15 (384 leituras)

O Ministério da Educação (MEC) divulgou nesta quinta, dia 14 de maio, as datas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2015. As inscrições começam no próximo dia 25 de maio e terminam em 5 de junho. A prova, por sua vez, será aplicada nos dias 24 e 25 de outubro. O edital com todas as informações será divulgado na próxima segunda, dia 18.

O anúncio foi feito pelo ministro da Educação, Renato Janine Ribeiro, em entrevista coletiva da qual também participaram o secretário-executivo do MEC, Luiz Cláudio Costa, e do presidente do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), Francisco Soares. As inscrições deverão ser feitas no site do Enem, que é mantido pelo Inep, órgão que também é responsável pela elaboração da prova. Nesta edição não será possível usar o mesmo e-mail para fazer mais de uma inscrição.

O valor da taxa de inscrição aumentou de R$35 para R$63. Segundo o ministro Renato Janine Ribeiro, a diferença corresponde à atualização do valor pelo índice oficial de inflação desde 2009. O pagamento deve ser feito até dia 10 de junho. Além disso, candidatos que forem beneficiados com a isenção de taxa mas faltarem à prova e não apresentarem justificativa não poderão ter o benefício na edição seguinte do Enem.

“Uma pessoa não pode ter isenção graças a recursos que a sociedade está pagando, e jogar isso fora. Há uma responsabilidade moral que é preciso assumir,” justificou o ministro Janine Ribeiro. Estudantes que cursaram o último ano do ensino médio na rede pública ou declararem carência, segundo as regras do edital, estarão isentos deste pagamento.

No dia 24 de outubro, os estudantes realizarão as provas de Ciências Humanas e de Ciências da Natureza, com quatro horas e meia de duração. E no dia seguinte serão aplicadas as de Linguagens, Matemática e Redação, com cinco horas e meia de duração. O fechamento dos portões ocorrerá às 13h, horário de Brasília, como nas edições anteriores, mas a prova só começará 30 minutos depois.

Outra mudança deste ano é o fato de que o cartão de confirmação, que traz, entre outras informações, o local de prova, não será mais enviado pelos Correios. O candidato deve baixar o documento no site do Inep. De acordo com o ministro Renato Janine Ribeiro, só esta medida vai representar uma economia de R$18 milhões. No total, a meta é alcançar
uma economia de 20% em relação às edições anteriores. “Nossa meta principal é fazer o Enem, não fazer economia. Mas, se for possível, vamos fazer economia,” esclareceu Renato Janine Ribeiro. Estima-se que 850 mil pessoas trabalhem na aplicação da prova nesta edição, contando quem atua nos locais de prova e quem as distribui.

Pelo segundo ano consecutivo serão aceitos os nomes sociais de travestis e transsexuais que realizarem o exame. Para isso, o estudante terá entre os dias 15 e 26 de junho para enviar a cópia do documento de identidade e preencher um formulário específico, incluindo uma foto recente, no sistema de inscrição. “Será considerado errado qualquer monitor ou
qualquer pessoa participando do processo chamar a pessoa pelo nome que ela não quiser. Elas poderão utilizar o banheiro do seu nome social,” salientou o ministro.

No sábado, os sabatistas (pessoas que reservam o dia de sábado por razões de natureza religiosas) terão o direito de realizar a prova após às 19h. No caso dos estados do Acre, Amazonas, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Rondônia e Roraima, vale o horário local. Nos demais, a referência é o horário de Brasília.

ENEM : Candidatos já podem acessar resultado do Sisu 2015
Enviado por admin em 26/01/15 (246 leituras)

O Ministério da Educação divulgou o resultado do Sistema de Seleção Unificada (Sisu) para as vagas do primeiro semestre de 2015 (Acesse aqui). Os classificados devem fazer a matrícula nas instituições nas quais conquistaram vaga nesta sexta-feira, dia 30 de janeiro, e nos dias 2 e 3 de fevereiro. Ao acessarem o resultado, os convocados poderão saber os documentos que devem ser levados nas instituições.

Se após a primeira chamada, o participante não tiver conseguido a classificação, deverá manifestar interesse em integrar a lista de espera, entre os dias 26 de janeiro e 6 de fevereiro. Nesse caso, só poderá continuar na concorrência pela primeira opção de curso.

O Sistema de Seleção Unificada (Sisu) teve novo recorde de procura. Segundo balanço divulgado pelo MEC na manhã desta segunda, dia 26, o sistema registrou um total de 2.791.334 inscritos e 5.431.904 inscrições, já que o candidato pode fazer até duas opções de curso. Na primeira edição de 2014, foram 2.559.987 inscritos e 4.988.206 inscrições.

Do total de inscritos nesta edição do Sisu, 53% (1.475.217 inscritos) têm idade entre 18 e 24 anos. Somente na faixa etária de 18 a 20 anos foram registrados 35% dos candidatos inscritos (985.941). As mulheres foram a maioria dos inscritos, 57%.

Minas Gerais foi o estado com o maior número de inscritos, com 327.601. Em seguida, São Paulo, com 306.956 e Rio de Janeiro, com 249.252 inscritos. As instituições de educação superior com o maior número de inscrições foram as universidades federais do Ceará (187.563 registros), de Minas Gerais (186.881) e de Pernambuco (177.235). Os cursos com mais inscrições foram os de administração (312.991), direito (262.255), pedagogia (249.348) e medicina (237.267).

Pela edição do primeiro semestre do Sisu 2015, candidatos que fizeram o Enem de 2014 e não tiraram nota zero na redação podem disputar 205.514 vagas em todo o país. Elas estão distribuídas por 5.631 cursos de 128 instituições públicas, que incluem 63 universidades federais, dois centros federais de educação tecnológica e todos os institutos federais de educação, além de algumas instituições estaduais.

Serviço
sisu.mec.gov.br/

ENEM : MEC abre consulta às vagas ofertadas pelo Sisu 2015
Enviado por admin em 16/01/15 (246 leituras)

Já está disponível, na internet, a consulta pública às vagas da primeira edição de 2015 do Sistema de Seleção Unificada (Sisu). Serão ofertadas 205.514 vagas, em 5.631 cursos de 128 instituições públicas de educação superior. Do total de 63 universidades federais, 59 participam do Sisu neste primeiro semestre. Além disso, todos os 38 institutos federais de educação, ciência e tecnologia e os dois centros federais de educação tecnológica (Cefet) oferecem vagas pelo sistema.

As inscrições começam na próxima segunda-feira, dia 19, com o prazo até quinta-feira, dia 22. A consulta prévia às vagas ofertadas é permitida para que os candidatos possam verificar seus cursos e instituições de ensino preferidas e, assim, gastar menos tempo com a inscrição. Isto contribui, por exemplo, para desafogar o sistema, que receberá milhões de acessos, já que podem participar todos os que fizeram o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2014.

O número de oportunidades aumentou em 20% em relação à primeira edição de 2014. O total de cursos também cresceu: é 19% maior. O mesmo aconteceu com a quantidade de instituições participantes, que subiu 11%. Um dos cursos mais concorridos pelos estudantes teve um aumento significativo, são 3.758 vagas para medicina na edição de 2015, 28% a mais do que no ano anterior.

Além de ter feito o Enem 2014, outra exigência básica, para concorrer às vagas, é que o estudante não tenha tirado nota zero na redação. Cada estudante pode fazer até duas opções de curso, especificando, em ordem de preferência, suas escolhas de vaga em instituição de ensino, local de oferta, curso e turno. Também deverão optar pelas vagas das ações afirmativas da Lei de Cotas ou da instituição desejada ou pela ampla concorrência. Durante o período de inscrições, a classificação parcial e a nota de corte serão divulgadas diariamente para consulta.

Os resultados estarão disponíveis no dia 26 de janeiro, em uma única chamada. Em caso de notas iguais, o resultado da redação servirá como primeiro critério de desempate. Se a igualdade persistir, as serão consideradas as notas na prova de Linguagens, Matemática, Ciências da Natureza e Ciências Humanas, nesta ordem. Quem não conseguir a classificação, ainda poderá manifestar interesse em participar da lista de esperta, o que precisará ser feito entre os dias 26 de janeiro e 6 de fevereiro. No entanto, só poderão continuar na disputa pela primeira opção de curso.

ENEM : MEC libera acesso às notas do Enem 2014
Enviado por admin em 14/01/15 (288 leituras)

Os candidatos que fizeram o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2014 já podem acessar os resultados individuais da prova. No site do Enem (Acesse Aqui), basta o participante informar seu CPF e a senha que cadastrou no sistema, que foi a mesma feita para a inscrição.

O espelho da redação, segundo o MEC, estará disponível em um prazo de 60 dias. O acesso só será permitido para o que o ministério chama de vista pedagógica, ou seja, para que o candidato possa identificar os erros cometidos na elaboração do texto. O Inep, organizador do exame, não estabelece prazo para recursos. Os que desejarem contestar a nota da redação só podem fazer isso pela via judicial.

Um dos dados que chamaram a atenção foi o fato de mais de 500 mil candidatos terem ficado com nota zero na redação. Esse pode ser um dos fatores que causaram a queda no desempenho médio dos alunos nessa parte do Enem, cuja pontuação média diminuiu em 9,7% em comparação com o ano passado. Em Matemática também houve queda: 7,3%. Um total de 250 participantes conseguiram nota 1.000, a maior possível, no texto.

Em entrevista coletiva realizada na tarde desta terça, dia 13, quando foram divulgados os resultados gerais do exame, o presidente do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep), Francisco Soares, informou que ainda não se sabe a causa que levou a essa queda, mas que esse deve ser um tema a ser pesquisado não só pelo próprio instituto, mas também pelas universidades.

Segundo o MEC, cerca de 8,7 milhões inscreveram-se no Enem, dos quais 6,2 milhões fizeram a prova, sendo aproximadamente 1,5 milhão de concluintes, ou seja, pessoas que estavam no último ano do ensino médio. Segundo o ministro Cid Gomes, é importante que os pesquisadores brasileiros pesquisem sobre as causas do problema. "A meu juízo, quem deve fazer isso (análise da queda no desempenho) é a comunidade acadêmica. E o MEC disponibilizará, por meio do Inep, todos os dados."

Os participantes resolveram, em novembro do ano passado, questões de Linguagens, Matemática, Ciências Humanas e Ciências da Natureza. Todos fizeram ainda uma redação. A nota do Enem pode ser usada para disputa de vagas a partir do Sistema de Seleção Unificada (Sisu), um cadastro nacional de vagas ofertadas por instituições públicas de ensino superior de todo o país. As inscrições para a edição do primeiro semestre começam na próxima segunda-feira, dia 19.

O candidato também pode usar a pontuação do Enem para concorrer a bolsas de estudos integrais ou de 50% em instituições particulares de ensino superior que participam do Programa Universidade para Todos. As inscrições para esse programa começam no próximo dia 26.

A nota do Enem também serve para certificação do ensino médio, para ingresso no Programa Ciência sem Fronteiras (que distribui bolsas de estudos em instituições internacionais) e para o Sisutec, sistema federal que possibilita ingresso em cursos gratuitos de educação profissional em todo o país.

(1) 2 3 4 ... 7 »
LOJA VIRTUAL - PAGSEGURO
Baixe o Aplicativo
Cursos Kids
Login no Site
Pesquisa no Site
Notícias e Concursos
Julho 2017
S T Q Q S S D
          1 2
3 4 5 6 7 8 9
10 11 12 13 14 15 16
17 18 19 20 21 22 23
24 25 26 27 28 29 30
31            
Enquete
Qual a sua área de interesse nos concursos?
Colégios do Ensino Fundamental 16 % 16%
Escolas Técnicas 11 % 11%
Marinha 21 % 21%
Exército 17 % 17%
Aeronáutica 18 % 18%
Vestibulares 2 % 2%
Concursos Públicos 12 % 12%
Visitantes Online
1 visitantes online (1 na seção: Notícias sobre Concursos)

Usuários: 0
Visitantes: 1

mais...
Cape Cursos Preparatórios © 2006-2015 - Todos os direitos reservados - Rua Estância 25 - 2º Andar - Realengo - RJ - Cep: 21715-440
Início Cape Cursos Preparatórios Cursos Preparatórios Preços dos Cursos Preparatório - 5º Ano Apostilas Preparatórias Simulados Online Notícias Concursos Concursos Galeria de Fotos Localização Contato Plataforma Digital Área do Aluno Inscreva-se no Canal!