Plataforma EAD
Menu
Siga-nos
Indique o Site
Destaques no Site
RSS

« 1 2 3 (4) 5 6 7 8 »
Fuzileiro Naval : atenção às exigências do concurso
Enviado por admin em 28/02/13 (489 leituras)




A Marinha começa, no próximo dia 18, o período de inscrições no concurso de admissão ao curso de formação de soldados fuzileiros navais. No entanto, não é qualquer jovem que pode participar. É preciso ter atenção às exigências do processo seletivo.

Uma das principais é a escolaridade: é preciso ter o ensino fundamental completo. Só homens podem disputar as 1.620 vagas oferecidas. Além disso, os interessados devem ter no mínimo 18 anos e no máximo 21 anos referentes ao dia 1º de janeiro de 2014, serem brasileiros. Os demais pré-requisitos podem ser consultados no edital.

Os selecionados serão alunos do curso de formação que terá duração de 17 semanas. Durante a formação, os rapazes receberão um bolsa semanal de R$590 reais, além de benefícios como alimentação, fardamento e assistência médica e psicológica. Após a aprovação no curso, a remuneração inicial será de R$1.250.

As inscrições começam no dia 18 de março e terminam em 18 de abril. Os interessados devem acessar o site do Comando Geral do Corpo de Fuzileiros Navais, preencher um formulário e imprimir o boleto bancário referente a taxa, de R$20. O valor pode ser pago em conta-corrente ou em qualquer agência bancária. As inscrições também podem ser feitas nos postos de atendimento.

Os classificados farão o curso de formação ou no Rio de Janeiro ou Brasília. Após o curso, os alunos passarão por um período de Estágio Inicial. Na inscrição, os candidatos devem definir uma das seguintes cidades onde desejam fazer esta parte da formação. Rio de Janeiro, Porto Alegre, Brasília, Belém, Ladário, Manaus, Salvador e Natal. A unidade que receberá a maior quantidade de jovens é no Rio de Janeiro: 950 vagas. Na fase de inscrição, os candidatos escolhem o local onde preferirão fazer os testes e o curso. A distribuição terá também como critério as colocações no concurso.

As etapas do concurso abrangem seis testes: prova escrita múltipla escolha com 50 questões de conhecimentos em Matemática e Português, verificação de dados biográficos (onde a vida do candidato é analisada quanto a infrações penais), inspeção de saúde, exame psicológico, teste de suficiência física e ,por fim, verificação de documentos.

Serviço

http://www.mar.mil.br/cgcfn/













Fuzileiro Naval : uma carreira que tem como objetivo a defesa da pátria
Enviado por admin em 24/02/13 (874 leituras)







Na última sexta, dia 15, a Marinha divulgou o edital de mais um concurso de admissão ao Corpo de Fuzileiros Navais. A partir daí, milhares de jovens em todo o Brasil buscarão alcançar o sonho de ingressar na corporação e iniciar uma carreira que, entre seus atrativos, tem a estabilidade e a ascensão profissional, o que não é fácil conseguir fora do serviço público atualmente.

O Corpo de Fuzileiros é estratégico para a Marinha. Ele confere à corporação a capacidade de projetar poder em terra. Uma das funções deste grupo de militares é atuar na defesa das instalações navais e portuárias, dos arquipélagos e das ilhas oceânicas nas águas jurisdicionais brasileiras. E esta atuação tornou-se ainda mais importante nos últimos tempos, em especial, por causa das possibilidades trazidas pela exploração de petróleo na chamada camada pré-sal.

A atuação dos fuzileiros navais, porém, não está limitada ao Brasil. Eles têm desempenhado papel importante em missões de paz e humanitárias, realizadas em outros países. Este grupamento da Marinha Brasileira faz parte, por exemplo, da Missão das Nações Unidas para Estabilização no Haiti. “Há quase oito anos no Haiti, a contribuição dos Fuzileiros Navais já pôde ser percebida pela população e pelos contingentes dos demais países participantes desta Missão de Paz, por seu acentuado profissionalismo e pela grande eficiência em suas ações”, salientou o primeiro tenente, fuzileiro naval, Diego Luiz dos Reis, que é comandante de Pelotão.

A atuação dos fuzileiros navais brasileiros no exterior vai além da missão que está no Haiti. Eles vêm participando como observadores militares de missões da Organização das Nações Unidas (ONU), tendo atuado em áreas de conflito, como El Salvador, Bósnia, Moçambique, Costa do Marfim, Ruanda, Angola, entre outros países. Em território angolano, o Corpo de Fuzileiros Navais atuou de forma decisiva para a manutenção da paz naquele país.

Os militares brasileiros também contribuíram como monitores e supervisores de desminagem humanitária em países como a Costa Rica, Nicarágua, Honduras, Guatemala, Peru, Equador e Colômbia, em apoio à Junta Interamericana de Defesa da Organização dos Estados Americanos (OEA). Hoje, os fuzileiros navais participam de uma missão de paz no Líbano, país localizado no Oriente Médio. Para estarem aptos a atuarem em ações militares em diversos países, este contingente da Marinha passa por constante treinamento.

“Para estarem sempre prontos, os fuzileiros navais desempenham atividades de treinamento, cursos de especialização e aperfeiçoamento, instrução, além de diversas atividades logísticas e administrativas necessárias a dar todo suporte à Força”, destacou o primeiro tenente.

Atuação diversificada na estrutura da Marinha
Os fuzileiros atuam em diversas funções na Marinha. Eles podem ser deslocados para as áreas de infantaria, engenharia, comunicações, motores e máquinas, música, eletrônica, entre outras. “Os militares escolhem a área em que irão atuar antes da promoção a cabos. Os critérios utilizados para a escolha são perfil para carreira (proficiência física, no tiro e conceito) e nota na prova do concurso para cabo”, explicou o primeiro tenente Diego Luiz dos Reis.

Assim como ocorre em diferentes patentes militares, os que ingressam no Corpo de Fuzileiros Navais também têm possibilidades de ascensão profissional. Em geral, a evolução na hierarquia militar ocorre por meio de provas e tempo de serviço. A carreira começa após o curso de formação, onde os alunos habilitados são nomeados soldados fuzileiros navais.

O passo seguinte na evolução profissional é participar de um concurso para cabos. Após a aprovação neste processo seletivo interno, o passo seguinte é a graduação de sargento, para a qual também é feito um concurso, após um número mínimo de anos como cabo. É possível ascender terceiro, segundo e primeiro sargento. O fim da carreira para quem ingressa como fuzileiro naval é o posto de suboficial.

Mas, há possibilidade também de quem ingressa como fuzileiro chegar a patentes superiores, no corpo de oficiais. Existem duas formas de isto acontecer. Uma é por meio de concursos externos, realizados anualmente pela Marinha e dos quais os fuzileiros também podem participar, desde que atendam aos requisitos do edital.

Outra possibilidade é a realização de processos seletivos internos pela Marinha para ingresso no Corpo de Oficiais Auxiliares do Corpo de Fuzileiros Navais. Neste caso, é preciso que o candidato tenha, pelo menos, quatro anos na graduação de sargento. Assim como nos concursos externos, os candidatos precisam ser aprovados nos exames e cumprir os requisitos determinados para serem oficiais.

“Atualmente, muitos oficiais são oriundos do Corpo de Praças e começaram sua vida militar como recrutas. A carreira militar dentro da Marinha do Brasil possibilita o crescimento profissional e, consequentemente, pessoal”, destacou o Diego Luiz dos Reis, salientando um aspecto que considera fundamental para o sucesso na carreira militar.

“Para alguém tornar-se um bom militar, é preciso cultuar a saúde do corpo e da mente, valorizar o trabalho em equipe, as amizades sinceras e a união. É preciso ser perseverante e mostrar-se capaz de superar desafios. É necessário, ainda, desenvolver a confiança em si mesmo e em sua equipe. Além disso, é essencial ser moderado em suas necessidades materiais e de pleno caráter, honestidade, e ter vontade de aprender e se capacitar”, concluiu o comandante de pelotão.

Corpo de Fuzileiros Navais chegou ao território brasileiro no início do século XIX
A Brigada Real da Marinha Foi a Origem do Corpo de Fuzileiros Navais do Brasil. Criada em Portugal em 1797, pela rainha D. Maria I, chegou ao Rio de Janeiro em 7 de março de 1808, acompanhado da Família Real Portuguesa, que veio para o Brasil, resguardando-se das ameaças dos exércitos invasores de Napoleão Bonaparte.

O batismo de fogo dos fuzileiros navais ocorreu na expedição à Guiana Francesa, entre os anos de 1808 e 1809, com a tomada de Caiena, cooperando ativamente nos combates travados. A vitória garantiu, para o Brasil, a posse do território onde está situado, hoje, o estado do Amapá.

Após o retorno de Dom João VI para Portugal, um batalhão da Brigada Real da Marinha permaneceu no Rio de Janeiro. Desde então, os soldados-marinheiros estiveram presentes em todos os episódios importantes da história do Brasil, como nas lutas pela Independência, nas campanhas do Prata e em outros conflitos armados em que o Brasil se envolveu.

O Corpo de Fuzileiros Navais só passou a ser conhecido por esta denominação a partir de 1932. Até então, o grupamento já foi chamado de Batalhão de Artilharia da Marinha do Rio de Janeiro, Corpo de Artilharia da Marinha, Batalhão Naval, Corpo de Infantaria da Marinha e Regimento Naval.

Os fuzileiros atuaram em um dos mais importantes conflitos internacionais. Durante a Segunda Guerra Mundial, foi instalado um destacamento de Fuzileiros Navais na Ilha da Trindade. O objetivo era impedir o estabelecimento de bases inimigas para utilização de submarinos. Para proteger o país, foram criadas, ao longo da costa brasileira, Companhias Regionais, que mais tarde foram transformadas em Grupamentos de Fuzileiros Navais.

Após a Segunda Guerra, na década de 50, o Corpo de Fuzileiros Navais estruturou-se para emprego operativo, como Força de Desembarque, passando a constituir parcela da Marinha destinada às ações e operações terrestres necessárias a uma campanha naval. Nos últimos anos, além de atuarem na proteção do território brasileiro, no céu, no ar e na terra, os fuzileiros contribuem com diversas missões de paz e de ajuda humanitária, em diversos países do planeta.













Fuzileiro Naval : saiu edital. Oferta é de 1.620 vagas
Enviado por admin em 15/02/13 (735 leituras)






A Marinha divulgou o edital do concurso de admissão ao curso de Formação de Soldados Fuzileiros Navais de 2013. A oferta, este ano, é de 1.620 vagas, distribuídas por oito estados. Os vencimentos iniciais, após o curso de formação, ficam em torno de R$1.250. O edital foi divulgado na manhã desta sexta, dia 15, no Diário Oficial da União. A escolaridade mínima para ocupação das vagas é o ensino fundamental completo. Só candidatos do sexo masculino podem participar.

O edital prevê uma distribuição das vagas pelos locais onde os classificados farão o curso. Do total, 1.380 são para o Centro de Instrução Almirante Milcíades Portela Alves, onde estudarão, preferencialmente, os candidatos das regiões Sul e Sudeste. As 240 restantes são, preferencialmente, para o Centro de Instrução e Adestramento de Brasília. Na inscrição, o candidato precisará informar também onde fará o Estágio Inicial, que começa após um ano de curso de formação. As vagas estão distribuídas da seguinte forma, pelos estados de realização deste estágio: 950 no Rio de Janeiro, 180 em Brasília, 70 no Rio Grande do Sul, 80 no Pará, 70 no Mato Grosso do Sul, 190 no Amazonas, 40 no Rio Grande do Norte e 40 na Bahia.

Poderão participar do processo seletivo candidatos que tiverem entre 18 e 21 anos de idade referenciados em 1° de janeiro de 2014; que estiverem em dia com suas obrigações militares e eleitorais; tiverem altura mínima de 1,54m e máxima de 2,00m, entre outros requisitos, que podem ser consultados no edital, disponível nesta página. A inscrição deverá ser feita apenas pela internet, de 18 de março a 18 de abril. A taxa é R$20 e o pagamento poderá ser feito em qualquer agência bancária, até 19 de abril. Quem deseja solicitar isenção de taxa precisará fazer o pedido entre 18 e 28 de março.

Quem fizer o pedido de isenção deverá preencher um requerimento dentro do modelo disponibilizado pela Marinha, onde será preciso informar o número de identificação social do Cadastro Único de Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico) e entregar uma declaração informando que é membro de família de baixa renda, de acordo com os termos da legislação. O processo seletivo não passou por alterações. A primeira etapa da seleção é o exame de escolaridade, que envolverá 50 questões de múltipla escolha, sendo 25 de Português e 25 de Matemática. As etapas seguintes envolverão verificação de dados biográficos, inspeção de saúde, exame psicológico, teste de suficiência física e verificação da documentação. Nesta etapa, será preciso apresentar, entre outros documentos, o diploma de conclusão do ensino fundamental.













Fuzileiro Naval : Publicado edital do concurso para Soldado Fuzileiro Naval
Enviado por admin em 14/02/13 (691 leituras)






O Comando do Pessoal de Fuzileiros Navais publicou edital do concurso para o curso de formação de soldados Fuzileiros Navais, turmas I e II de 2013. Podem participar homens com idade entre 18 anos e 21 anos referenciados em 1º de janeiro de 2013, com altura entre 1,54 m e 2 m. É preciso ter nível fundamental completo para concorrer às 1.720 vagas. A bolsa durante o curso é de R$ 550. Após conclusão do curso, o aluno é nomeado soldado Fuzileiro Naval, com remuneração inicial de aproximadamente R$ 1,1 mil. O edital foi publicado no Diário Oficial da União de 8 de dezembro.

As inscrições deverão ser feitas pelo site www.mar.mil.br/cgcfn de 12 de março a 12 de abril. A taxa de inscrição é de R$ 20. Os candidatos passarão por exame de escolaridade, verificação de dados biográficos, verificação de documentos, inspeção de saúde, teste de suficiência física e exame psicológico.

O exame de escolaridade será realizado às 10h do dia 29 de maio.

Veja o edital do concurso.













Fuzileiro Naval : Marinha divulga gabaritos das provas
Enviado por admin em 26/09/12 (1739 leituras)






O comando do Corpo de Fuzileiros Navais divulgou o gabarito das provas realizadas no dia 25 de setembro 2012.

COMANDO DO PESSOAL DE FUZILEIROS NAVAIS

Concurso ao Curso de Formação de Soldados Fuzileiros Navais, Turmas I e II/2013 – O Comando do Pessoal de Fuzileiros Navais divulga os gabaritos das Provas, realizadas em 25SET2012.

Clique aqui para ver os gabaritos oficiais do concurso para Fuzileiros Navais

Serviço
www.mar.mil.br/cgcfn

Serviço
www.mar.mil.br/cgcfn

Apostilas preparatórias para FUZILEIROS NAVAIS? Compre Aqui!













Fuzileiro Naval : divulgação do gabarito em breve
Enviado por admin em 26/09/12 (931 leituras)






Está prevista para ocorrer no próximo dia 26 a divulgação do gabarito oficial da prova objetiva do concurso de admissão ao Corpo de Fuzileiros Navais.
O candidato que desejar interpor recurso contra o gabarito oficial ou enunciado de alguma questão, por entender que indicou a uma resolução equivocada, terá até três dias úteis para fazer o pedido. O prazo começa a contar a partir do primeiro dia útil subsequente ao da divulgação das respostas. Para entrar com recurso, será necessário preencher um modelo disponível no edital do concurso, contendo a identidade do requerente, seu número de inscrição, endereço completo e assinatura.

O resultado final do exame de escolaridade, inclusive com o resultado da análise de eventuais recursos, será divulgado dia 5 de novembro. Serão aprovados na primeira etapa do processo seletivo os candidatos que obtiverem nota superior ou igual a 40% das questões em cada uma das partes da avaliação: Matemática e Português.

Entre os aprovados, os que ficarem com as maiores notas até um limite de três vezes o número total de vagas, serão convocados para as próximas etapas da seleção. A verificação de dados biográficos será realizada logo após a divulgação da lista dos aprovados, ou seja, a partir do dia 6 de novembro. Esta etapa terá como propósito analisar a vida pregressa dos candidatos quanto às infrações penais.

Os participantes ainda passarão por inspeção de saúde, exame psicológico, verificação de documentos e teste de suficiência física. Todas estas etapas têm caráter eliminatório.

O teste de suficiência física cobrará dos candidatos provas de corrida, natação, flexão de barra e abdominais. Os participantes terão que nadar 50 metros em até dois minutos, sem parar e sem apoiar nas bordas; e deverão correr 3.200 metros em até 19 minutos. Os candidatos deverão ainda realizar três repetições de flexão de barra e 38 abdominais em um minuto.

Os classificados em todas as etapas farão o curso de formação de Soldados Fuzileiros Navais no Centro de Instrução Almirante Milcíades Alves (Ciampa), no Rio. O curso terá a duração de 17 semanas.

Serviço
www.mar.mil.br/cgcfn

Apostilas preparatórias para FUZILEIROS NAVAIS? Compre Aqui!







Fuzileiro Naval : Fuzileiros Navais: 11.432 inscritos
Enviado por admin em 02/09/12 (562 leituras)






Os inscritos no concurso para ingresso ao Corpo de Fuzileiros Navais já podem começar a se preparar para as próximas etapas do processo de admissão. As inscrições já foram encerradas e o quantitativo final de inscritos ficou em 11.432.

A primeira fase será o exame de escolaridade marcado para o dia 25 de setembro. A prova terá 25 questões de Português mais 25 de Matemática. A avaliação começará às 10h e terá 4 horas de duração. Os portões serão fechados às 9h.

A lista dos classificados no exame de escolaridade será divulgada no site do Comando Geral do Corpo de Fuzileiros Navais (CGCFN) a partir do dia 5 de novembro. Os classificados passarão por inspeção de saúde para certificar- se de que atendem aos padrões psicofísicos exigidos.

Os habilitados enfrentarão exame psicológico, que irá verificar as características motivacionais da personalidade de cada candidato e suas aptidões gerais e específicas em relação às exigências das atividades.

O teste de aptidão física exigirá do candidato: natação, corrida, flexão de barra e abdominais. Os participantes terão que nadar 50 metros e correr 3 mil e duzentos metros em até 19 minutos; farão ainda três repetições de flexão de barra e mais 38 abdominais no tempo de um minuto.

A última etapa antes da matrícula é a verificação de documentos, que ocorrerá em março. O curso de formação será realizado no Centro de Instrução Almirante Milcíades Portela Alves (Ciampa), localizado no Rio de Janeiro com duração aproximada de 17 semanas.

Serviço
www.mar.mil.br/cgcfn

Apostilas preparatórias para FUZILEIROS NAVAIS? Compre Aqui!







Fuzileiro Naval : Fuzileiros Navais: 11.432 inscritos
Enviado por admin em 28/08/12 (497 leituras)








Os inscritos no concurso para ingresso ao Corpo de Fuzileiros Navais já podem começar a se preparar para as próximas etapas do processo de admissão. As inscrições já foram encerradas e o quantitativo final de inscritos ficou em 11.432.

A primeira fase será o exame de escolaridade marcado para o dia 25 de setembro. A prova terá 25 questões de Português mais 25 de Matemática. A avaliação começará às 10h e terá 4 horas de duração. Os portões serão fechados às 9h.

A lista dos classificados no exame de escolaridade será divulgada no site do Comando Geral do Corpo de Fuzileiros Navais (CGCFN) a partir do dia 5 de novembro. Os classificados passarão por inspeção de saúde para certificar- se de que atendem aos padrões psicofísicos exigidos.

Os habilitados enfrentarão exame psicológico, que irá verificar as características motivacionais da personalidade de cada candidato e suas aptidões gerais e específicas em relação às exigências das atividades.

O teste de aptidão física exigirá do candidato: natação, corrida, flexão de barra e abdominais. Os participantes terão que nadar 50 metros e correr 3 mil e duzentos metros em até 19 minutos; farão ainda três repetições de flexão de barra e mais 38 abdominais no tempo de um minuto.

A última etapa antes da matrícula é a verificação de documentos, que ocorrerá em março. O curso de formação será realizado no Centro de Instrução Almirante Milcíades Portela Alves (Ciampa), localizado no Rio de Janeiro com duração aproximada de 17 semanas.

Serviço
www.mar.mil.br/cgcfn

Apostilas preparatórias para FUZILEIROS NAVAIS? Compre Aqui!







Fuzileiro Naval : Fuzileiros Navais: 8.194 inscritos
Enviado por admin em 23/08/12 (559 leituras)






Os inscritos no concurso para ingresso ao Corpo de Fuzileiros Navais já podem começar a se preparar para as próximas etapas do processo de admissão. As inscrições já foram encerradas e até o momento foram confirmados 8.194 candidatos.

A primeira fase será o exame de escolaridade marcado para o dia 25 de setembro. A prova terá 25 questões de Português mais 25 de Matemática. A avaliação começará às 10h e terá 4 horas de duração. Os portões serão fechados às 9h.

A lista dos classificados no exame de escolaridade será divulgada no site do Comando Geral do Corpo de Fuzileiros Navais (CGCFN) a partir do dia 5 de novembro. Os classificados passarão por inspeção de saúde para certificar- se de que atendem aos padrões psicofísicos exigidos.

Os habilitados enfrentarão exame psicológico, que irá verificar as características motivacionais da personalidade de cada candidato e suas aptidões gerais e específicas em relação às exigências das atividades.

O teste de aptidão física exigirá do candidato: natação, corrida, flexão de barra e abdominais. Os participantes terão que nadar 50 metros e correr 3 mil e duzentos metros em até 19 minutos; farão ainda três repetições de flexão de barra e mais 38 abdominais no tempo de um minuto.

A última etapa antes da matrícula é a verificação de documentos, que ocorrerá em março. O curso de formação será realizado no Centro de Instrução Almirante Milcíades Portela Alves (Ciampa), localizado no Rio de Janeiro com duração aproximada de 17 semanas.

Serviço
www.mar.mil.br/cgcfn

Apostilas preparatórias para FUZILEIROS NAVAIS? Compre Aqui!







Fuzileiro Naval : Fuzileiros navais: inscrições só até esta quinta-feira, 16
Enviado por admin em 15/08/12 (541 leituras)






O prazo de inscrições para concurso de admissão às turmas de 2013 do curso de formação de soldados do Corpo de Fuzileiros Navais será encerrado nesta quinta-feira, dia 16. O processo seletivo é realizado pelo Comando do Pessoal do Corpo de Fuzileiros Navais e é destinado exclusivamente a candidatos do sexo masculino. Ao todo são 1.620 que exigem apenas a conclusão do ensino fundamental. Após a formação no curso, os vencimentos iniciais são de R$1.100.

Pela internet, no site oficial do Corpo de Fuzileiros Navais, os candidatos têm até as 23h59 do dia 16 para a inscrição. Já no caso da inscrição em postos credenciados, o atendimento ocorre das 8h às 16h. A taxa de inscrição via boleto bancário é de R$20. O valor pode ser pago em qualquer agência do Banco do Brasil até o dia 17 de agosto.

Para se candidatar o interessado deve ter entre 18 e 21 anos, completados até 1º de janeiro de 2013, estar em dias com obrigações militares e eleitorais. Além disso, é necessário ter altura mínima de 1,54m e máxima de 2,00m, entre outros requisitos.

A primeira etapa do processo seletivo será o Exame de Escolaridade, previsto para o dia 25 de setembro. A prova será formada por 50 questões objetivas divididas entre Língua Portuguesa e Matemática. Os aprovados nesta fase serão posteriormente avaliados na verificação de dados biográficos, inspeção de saúde, exame psicológico, teste de suficiência física e verificação de documentos.

No ato da inscrição, os candidatos deverão optar entre as turmas I ou II. A composição das turmas será feita conforme a classificação, na ordem decrescente da pontuação obtida nas provas escritas. A formação será realizada no Centro de Instrução Almirante Milcíades Portela (Ciampa), no Rio de Janeiro ou no Centro de Instrução e Adestramento de Brasília (Ciab), em Brasília. O curso terá duração de 17 semanas e as atividades das turmas de 2013 começarão no dia 15 de abril (Turma I) e 19 de agosto (Turma II). No último concurso realizado, foram registradas 23 mil inscrições.

Serviço

http://www.mar.mil.br/cgcfn

Apostilas preparatórias para FUZILEIROS NAVAIS? Compre Aqui!







« 1 2 3 (4) 5 6 7 8 »
LOJA VIRTUAL - PAGSEGURO
Baixe o Aplicativo
Cursos Kids
Login no Site
Pesquisa no Site
Notícias e Concursos
Setembro 2019
S T Q Q S S D
            1
2 3 4 5 6 7 8
9 10 11 12 13 14 15
16 17 18 19 20 21 22
23 24 25 26 27 28 29
30            
Enquete
Qual a sua área de interesse nos concursos?
Colégios do Ensino Fundamental 16 % 16%
Escolas Técnicas 11 % 11%
Marinha 21 % 21%
Exército 17 % 17%
Aeronáutica 18 % 18%
Vestibulares 2 % 2%
Concursos Públicos 12 % 12%
Visitantes Online
1 visitantes online (1 na seção: Notícias sobre Concursos)

Usuários: 0
Visitantes: 1

mais...
Cape Cursos Preparatórios © 2006-2015 - Todos os direitos reservados - Rua Estância 25 - 2º Andar - Realengo - RJ - Cep: 21715-440
Início Cape Cursos Preparatórios Cursos Preparatórios Preços dos Cursos Preparatório - 5º Ano Apostilas Preparatórias Simulados Online Notícias Concursos Concursos Galeria de Fotos Localização Contato Plataforma Digital Área do Aluno Inscreva-se no Canal!