Plataforma EAD
Menu
Siga-nos
Indique o Site
Destaques no Site
RSS

Notícias sobre os principais concursos públicos estaduais.
« 1 ... 7 8 9 (10) 11 12 13 »
Estaduais : Saiu edital para soldado motorista do corpo de bombeiros. Inscrições já estão abertas!
Enviado por admin em 11/07/12 (610 leituras)

Saiu o edital do concurso para soldado motorista do Corpo de Bombeiros do Rio de Janeiro. O documento traz 100 vagas inicialmente, mas ao longo da validade da seleção (de dois anos, podendo dobrar), mais aprovados poderão ser chamados. O vencimento inicial dos novos servidores, após o curso de formação, será de R$2.526,80, incluindo as gratificações e o auxílio-transporte.

As inscrições já podem ser feitas através do site da Funcefet. Para quem quer se inscrever pessoalmente, em postos instalados pela organizadora, será possível efetuar a inscrição somente a partir do próximo dia 16, seguindo até o dia 26 deste mês. Já pela internet, o atendimento segue até 10 de agosto. A taxa é de R$100 e deverá ser quitada via boleto, em qualquer agência bancária.

Haverá postos de inscrição nos municípios do Rio de Janeiro, Mangaratiba, Duque de Caxias, Nova Iguaçu, Volta Redonda, Niterói, Cabo Frio, Campos dos Goytacazes, Teresópolis, Petrópolis e Nova Friburgo. Os locais exatos estão especificados no Anexo I do edital. Para participar do concurso, é preciso ter o nível médio completo e carteira nacional de habilitação a partir da categoria C.

A primeira etapa do processo seletivo se dará por meio de prova objetiva, constando de 40 questões sobre as disciplinas de Língua Portuguesa, Matemática e uma novidade: Legislação de Trânsito. Em seguida, 400 aprovados serão submetidos ao teste de capacidade física e, depois, a um exame de direção veicular. Os aprovados em todas as etapas e nos exames de saúde passarão por um curso de formação ministrado pela própria corporação, com início em janeiro de 2013 e duração de seis meses.

Serviço
Inscrições: www.funcefetconcurso.org.br

Estaduais : Correios: Planejamento autoriza 9.904 contratações, incluindo novo concurso
Enviado por admin em 29/06/12 (450 leituras)

Os Correios informaram que o Ministério do Planejamento autorizou, na última quarta, dia 27, a contratação de 9.904 novos funcionários. Parte das vagas será utilizada para a convocação de aprovados da seleção realizada em 2011, ainda em validade, e outra parte para a abertura de um novo concurso, no segundo semestre, abrangendo localidades onde não haja mais cadastro de reserva.

Segundo os Correios, a autorização prevê que o preenchimento das vagas se dê de forma escalonada, sendo 3.302 vagas para contratação imediata (a partir de 1º de julho), 3.301 a partir de 1º de janeiro de 2013 e 3.301 a partir de 1º de abril de 2013. O número exato do quantitativo de que será utilizado para o novo concurso ainda será informado pela estatal, mas a expectativa é de que a maior tenha este destino.

Isso porque o pedido de ampliação do quadro, enviado em 2 de abril para o Miistério do Planejamento, pedia a abertura de 13.727 vagas. Na época, a estatal informou que entre 9 e 10 mil seriam para novo concurso e entre 3 e 4 mil para convocar aprovados da seleção anterior. Os Correios já informaram que o novo concurso contemplará cargos dos níveis médio (carteiro, operador de triagem e transpordo e atendente comercial, médio/técnico (técnico de operação e de atendimentos e venda) e o superior (especialidades em diversas áreas).

As remunerações são de R$1.632,75, R$2.367,13 e R$4.202,22, respectivamente, já incluindo R$550 de vale-alimentação e R$140 de cesta básica. Os Correios ainda oferecem a seus funcionários benefícios como vale-transpote, plano de saúde, plano medicamento e auxílio creche, entre outros. No ano passado, os Correios realizaram concurso para todas as áreas da empresa. Até o momento, já contrataram 10.381 novos aprovados nessa seleção, que teve sua vigência prorrogada por mais um ano.

Estaduais : Vagas e cadastro para 2º e 3º graus, com prazo aberto até dia 13 para o TRE-RJ
Enviado por admin em 29/06/12 (557 leituras)

Os interessados em participar do concurso para técnico e analista judiciários, dos níveis médio e superior, respectivamente, do Tribunal Regional Eleitoral do Rio de Janeiro (TRE-RJ) têm até o dia 13 de julho para realizar a inscrição. A seleção tem como um dos atrativos a boa remuneração inicial, de R$4.762,96 para técnico e de R$7.321,39 para analista. Os valores incluem R$710 de auxílio-alimentação.

As inscrições são feitas no site do Cespe/UnB, organizador, devendo o interessado, em seguida, imprimir o boleto relativo à taxa, cujo valor é de R$50 para técnico e de R$65 para analista. O documento pode ser quitado em qualquer agência bancária, até o dia 26 de julho. A isenção do pagamento pode ser solicitada pelos concorrentes inscritos no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico) ou que forem membros de família de baixa renda, até 13 de julho. O requerimento deverá ser preenchido no site do Cespe/UnB, devendo apresentar o Número de Identificação Social (NIS) atribuído pelo CadÚnico e uma declaração de que a pessoa atende à condição de ser membro de família de baixa renda.

Os novos servidores, que serão contratados pelo regime estatutário, garantindo a estabilidade profissional, também terão direito a auxílio pré-escolar (de R$561 por dependente menor de 6 anos) e reembolso de até R$120 mensais, por dependente, com gastos do plano de saúde. Inicialmente, o concurso é para 19 vagas imediatas, das quais dez são para técnico e nove para analista, além de formação de cadastro de reserva, para ser utilizado durante o prazo de validade, de dois anos, prorrogável por igual período.

No caso de técnico, a oferta contempla as áreas administrativa e de apoio especializado (programação de sistema e operação de computador). Já para analista, as oportunidades são para as áreas judiciária, administrativa sem especialidade, administrativa/Contabilidade e apoio especializado (Análise de Sistemas, Arquitetura, Engenharia Civil e Engenharia Elétrica). A área judiciária requer formação em Direito. Já para a administrativa, vale qualquer graduação, exceto Contabilidade, que requer formação específica. Já para apoio especializado, é necessário nível superior na respectiva área.

Direito: cuidado com as novidades

A grande novidade do concurso do Tribunal Regional Eleitoral do Rio de Janeiro (TRE-RJ) é a inclusão de alguns pontos em Direito Administrativo, o que não era esperado pelos candidatos que já estavam se preparando há algum tempo.

Os concorrentes poderão consultar os cartões de confirmação no dia 17 de agosto, contendo o local e horário em que as provas objetiva e discursiva (esta somente para alguns cargos) serão aplicadas. O exame de múltipla escolha está marcado para 26 de agosto e terá 120 questões, sendo 50 sobre Conhecimentos Básicos e, as outras 70, sobre Conhecimentos Específicos. Entre as disciplinas que serão cobradas em Conhecimentos Básicos, estão Língua Portuguesa, Noções de Legislação, Atualidades, Noções de Arquivologia, Noções de Informática e Raciocínio Lógico.

Já em Conhecimentos Específicos, estão entre elas as matérias de Contabilidade Geral, Contabilidade Governamental, Matemática Financeira, Gestão e Governança de TI, Segurança da Informação, Direito Constitucional, Direito Administrativo, Direito Eleitoral, Direito Civil, Direito Processual Civil, Direito Penal e Direito Processual Penal, entre outras.

Estaduais : TRT-RJ:Prioridade é definir organizadora. Edital em agosto
Enviado por admin em 19/06/12 (564 leituras)

O Tribunal Regional do Trabalho do Rio de Janeiro (TRT-RJ) concentra esforços para definir o mais breve possível a organizadora do concurso que vai contemplar os cargos de técnico judiciário (área administrativa) e analista judiciário (áreas administrativa,judiciária e execução de mandados).

O objetivo da direção do tribunal é de que o edital possa ser divulgado em agosto ou,no máximo,em setembro.

Embora a oferta de vagas que será especificada em edital não tenha sido definida,a presidente do TRT-RJ,desembargadora Maria de Lourdes Sallaberry,e o diretor-geral do tribunal,José Márcio da Silva Almeida,já destacaram que é grande a necessidade de pessoal e que muitas contratações serão realizadas.

A presidente do TRT-RJ informou que pretende efetuar cerca de 600 admissões por meio deste novo concurso. “Nós precisamos muito de mais servidores. Estamos com muita carência,logo este concurso vai significar uma melhoria na prestação de serviços,além de maior rapidez e efetividade na prestação jurisdicional. Temos urgência nessa seleção devido à carência de pessoal”,afirmou. No concurso realizado em 2008,para estes mesmos cargos,o TRT-RJ ofereceu 54 vagas,mas 1.261 convocações foram feitas até o momento (a validade termina em outubro). O diretor-geral do TRT-RJ acredita que nesta nova seleção o número de contratados poderá ser ainda maior do que a da anterior.

José Márcio Almeida explicou que existe um projeto de lei,em análise no Conselho Nacional de Justiça (CNJ),que prevê a criação de 590 vagas de analista. Logo em seguida,será enviado para votação no Congresso. Sendo aprovado,as oportunidades serão preenchidas pelos aprovados desta nova seleção. Além disso,há um outro projeto que foi sancionado pela presidenta da República,Dilma Roussef,na última semana,que cria 12 varas trabalhistas e 209 cargos efetivos de técnico e analista para o órgão. Segundo o diretor-geral,parte dessa vagas poderão também ser usadas neste próximo concurso.

O cargo de técnico judiciário exigirá dos candidatos apenas o nível médio,sem necessidade de curso técnico. Já para analista judiciário da área administrativa,será necessário formação superior em qualquer curso. Já as áreas judiciária e de execução de mandados requerem graduação em Direito. A remuneração inicial prevista é de R$4.762,96 para técnico judiciário,de R$7.321,39 para analista das áreas administrativa e judiciária e de R$10.195,05 para analista em execução de mandados. Em todos os valores,já estão incluídos os R$710 de auxílio-alimentação. Nos rendimentos do analista em execução de mandados,também já estão inseridos os R$1.344,97 de auxílio-transporte.

A previsão é de que o concurso siga o mesmo modelo da seleção de 2008. Na ocasião,os candidatos enfrentaram provas objetivas e discursivas,abordando as disciplinas de Língua Portuguesa,Raciocínio Lógico,Noções de Informática e Conhecimentos Específicos,além de uma redação. Em Conhecimentos Específicos,foram cobradas questões sobre Noções de Direito Administrativo,Noções de Direito do Trabalho,Noções de Direito Processual do Trabalho e Noções de Direito Constitucional. Houve,ainda,provas práticas de digitação para quem disputava a função de analista judiciário das áreas judiciária e administrativa,além de técnico judiciário da área administrativa.

Estaduais : TRE-RJ:Inscrições do concurso para 2º e 3º graus começam na sexta,dia 22
Enviado por admin em 19/06/12 (617 leituras)

Após a divulgação do edital,os interessados em participar do concurso para técnico judiciário (nível médio) e analista judiciário (superior) do Tribunal Regional Eleitoral do Rio de Janeiro (TRE-RJ) contam os dias que faltam para as inscrições:o prazo começa às 10h desta sexta-feira,22,seguindo até o dia 13 de julho.

O candidato poderá se inscrever no site do Cespe/UnB,organizador,imprimindo o boleto para quitar a taxa em qualquer agência bancária,até o dia 26 de julho. Os valores são de R$50 para técnico e R$65 para analista. Um dos atrativos desta seleção é a contratação através do regime estatutário,garantindo a estabilidade empregatícia dos novos servidores.

O vencimento inicial da função de técnico é de R$4.762,96. Já os analistas,recebem R$7.321,39,inicialmente. Em ambas as remunerações estão incluídos os R$710 do auxílio-alimentação. Os nomeados terão direito,ainda,a auxílio pré-escolar (de R$561 por dependente menor de 6 anos) e reembolso de até R$120 mensais,por dependente,com gastos do plano de saúde.

O concurso é,inicialmente,para 19 vagas imediatas,sendo dez para técnico e nove para analista,além de formação de cadastro de reserva. Os aprovados poderão ser convocados ao longo de toda a validade da seleção,que é de dois anos,podendo ser prorrogada por igual período. Apesar de o número de oportunidades imediatas não ser grande,o TRE-RJ costuma convocar muitos aprovados ao longo da validade de seus concursos.

No caso de técnico,a oferta contempla as áreas administrativa e de apoio especializado (programação de sistema e operação de computador). Já para analista,as oportunidades são para as áreas judiciária,administrativa sem especialidade,administrativa /Contabilidade e apoio especializado (Análise de Sistemas,Arquitetura,Engenharia Civil e Engenharia Elétrica). A área judiciária requer formação em Direito. Já para a área administrativa,vale qualquer graduação,exceto a de Contabilidade,que requer formação específica. Já para apoio especializado,é necessário que o interessado tenha nível superior na respectiva área.

Tradição de muitas chamadas

Apesar de ser um concurso bastante aguardado,muitos concurseiros desanimaram de participar da seleção para o Tribunal Regional Eleitoral do Rio de Janeiro (TRE-RJ) devido ao pequeno número de vagas (19),o que é um erro,como alertam professores especializados. Isso porque a probabilidade é enorme de que seja convocado um quantitativo bem maior do que o oferecido inicialmente ao longo da validade do concurso,visto que o TRE-RJ é um órgão que,tradicionalmente,convoca muitos integrantes do cadastro de reserva. Na última seleção,realizada pelo tribunal em 2006,o edital trazia 435 vagas,inicialmente.

No entanto,foram efetuadas 594 convocações,sendo 342 técnicos judiciários e 252 analistas judiciários,em várias especialidades. Na ocasião,o maior número de convocados foi para o cargo de técnico judiciário da área administrativa,em que foram chamados 328 aprovados,sendo 17 deles portadores de deficiência. Na área de apoio especializado ocorreram 12 convocações. Já na de serviços gerais,o quantitativo foi de seis. Para analista judiciário da área judiciária,houve 156 convocações. Na área administrativa,foram 84 e,na de apoio especializado,12.

Maioria só faz prova objetiva

Os futuros candidatos a técnicos e analistas judiciários do Tribunal Regional Eleitoral do Rio de Janeiro (TRE-RJ) serão submetidos a uma etapa única de processo seletivo,que constará de prova objetiva,além de avaliação discursiva,somente para alguns cargos específicos. As provas acontecerão no dia 26 de agosto,com 120 questões de múltipla escolha,sendo 50 de Conhecimentos Básicos e 70 de Conhecimentos Específicos,para todas as funções disputadas. Os candidatos a uma vaga de analista judiciário (todas as áreas) e a técnico judiciário na área de apoio especializado (programação de sistemas) terão de fazer,também,uma avaliação discursiva,nessa mesma data.

Entre as disciplinas que serão cobradas em Conhecimentos Básicos estão Língua Portuguesa,Noções de Legislação,Atualidades,Noções de Arquivologia,Noções de Informática e Raciocínio Lógico. Já em Conhecimentos Específicos,o campo é mais abrangente e inclui grande variedade de matérias. Estão entre elas as disciplinas de Contabilidade Geral,Contabilidade Governamental,Matemática Financeira,Gestão e Governança de TI,Segurança da Informação,Direito Constitucional,Direito Administrativo,Direito Eleitoral,Direito Civil,Direito Processual Civil,Direito Penal e Direito Processual Penal.

Cada item da prova objetiva valerá um ponto,totalizando 120. Será considerado reprovado o candidato que obtiver nota inferior a 20 pontos na avaliação de múltipla escolha de Conhecimentos Básicos (Parte 1),bem como o que obtiver nota inferior a 33 pontos na prova objetiva de Conhecimentos Específicos (Parte 2) ou,ainda,obtiver nota inferior a 57 pontos no conjunto das provas objetivas.

O exame discursivo valerá dez pontos e consistirá na elaboração de texto,de no máximo 30 linhas,podendo abordar qualquer uma das disciplinas contidas no edital. Nesta avaliação,diversos fatores poderão fazer com que o concorrente perca pontos:no caso de fuga do tema,de não haver texto ou de a identificação estar em local indevido,o participante receberá nota zero. Outro fator que contará bastante na hora da nota,é a apresentação e a estrutura textual,bem como o desenvolvimento do tema,erros de ortografia e o número correto pré-estabelecido de linhas,entre outras questões.

Estaduais : Bombeiros:Edital para 100 vagas poderá sair até a próxima sexta,15
Enviado por admin em 13/06/12 (473 leituras)

Embora a previsão fosse oficializar até esta sexta,dia 8,o contrato com a organizadora do concurso para o cargo de soldado motorista do Corpo de Bombeiros do Estado do Rio de Janeiro (CBMERJ),isso só oocrrerá na próxima semana,informou o diretor de Pessoal da corporação,coronel Gilvan de Castro.

“Sendo assinado no início da semana,ou seja,na segunda ou terça,há a possibilidade de o edital sair já na sexta,dia 15. O documento já está totalmente pronto,só falta a instituição que for escolhida como organizadora revisar e ver se quer modificar algum item do documento”,informou Gilvan,adiantando o valor da taxa de inscrição:R$100.

O edital trará 100 vagas na função,que tem como requisitos o ensino médio completo e a exigência de carteira nacional de habilitação (CNH) a partir da categoria C. A remuneração inicial dos futuros servidores será de R$2.736,já somados com os R$350 de gratificação e R$100 de transporte.

Um dos atrativos desta seleção é o fato de ela proporcionar estabilidade profissional,já que a contratação se dará pelo regime estatutário. Outro atrativo do concurso é que o número de contratações poderá ser maior que o vagas,segundo Gilvan.

“Já negociamos com a Secretaria de Planejamento e Gestão do Estado do Rio de Janeiro (Seplag-RJ) e eles autorizaram 400 vagas para esse ano e mais 400 para 2013. Para esse concurso de motorista que vai sair ainda este mês,teremos 100 vagas. Além dessas,convocamos 126 aprovados do último concurso para combatentes de 2008,mas apenas 54 apareceram para tomar posse. Isso significa que temos sobra de vagas e que usaremos elas ou na seleção para motorista,ou na próxima de combatente. Essa questão ainda será decidida,pois a realidade é que temos carência em ambas funções. O que é certo é que contrataremos 400 novos servidores esse ano e 400 no ano que vem”.

No segundo semestre desse ano,haverá,ainda,uma seleção para soldados combatentes. De acordo com Gilvan,pode ser que o edital saia já no final de julho,com oferta de 246 vagas imediatas mais formação de cadastro. No entanto,o número de contratados poderá chegar a 400. “Faremos este concurso para,inicialmente,246 vagas. Mas,pelo mesmo motivo que já expliquei em relação aos motoristas,poderemos convocar até 400 aprovados ao longo da validade”,disse.

O cargo de soldado combatente também requer o nível médio completo,além de carteira de habilitação na categoria B,visto que esses profissionais podem dirigir viaturas de pequeno porte a qualquer momento no exercício da profissão. O valor da remuneração inicial é o mesmo dos motoristas,e a contratação também ocorrerá pelo regime estatutário. A validade de ambos concursos será de dois anos,podendo dobrar.

A escolha da instituição organizadora do concurso para soldado combatente não tem ligação alguma com a de motorista. Haverá um outro processo licitatório para a escolha da instituição que organizará a seleção de combatentes.

Estaduais : Corpo de Bombeiros:Edital já nos próximos dias. Inicial de R$2.736 para nível médio
Enviado por admin em 13/06/12 (533 leituras)

Contagem regressiva para a assinatura do contrato com a instituição organizadora do concurso para soldado motorista do Corpo de Bombeiros do Estado do Rio de Janeiro (CBMERJ). De acordo com o diretor de Pessoal da corporação,coronel Gilvan de Castro,a organizadora será oficializada até,no máximo,esta quarta-feira,13. Ainda segundo informações do coronel,pode ser que o edital saia nesta sexta-feira,dia 15,visto que o documento já está completamente pronto.

No entanto,não está descartada a possibilidade de o documento sofrer um pequeno atraso e ficar para o início da próxima semana. “Agora só falta oficializarmos a organizadora,para que ela veja se quer modificar algum detalhe no edital ou não. Em seguida,o lançaremos”,disse Gilvan.

A princípio,o concurso vai oferecer 100 vagas na função,mas esse número poderá aumentar bastante,segundo Gilvan. “Já negociamos com a Secretaria de Planejamento e Gestão do Estado do Rio de Janeiro (Seplag-RJ) e eles autorizaram 400 vagas para esse ano e mais 400 para 2013. Para esse concurso de motorista que vai sair ainda este mês teremos 100 vagas. Além dessas,convocamos 126 aprovados do último concurso para combatentes de 2008,mas apenas 54 apareceram para tomar posse. Isso significa que temos sobra de vagas e que usaremos elas ou na seleção para motorista ou na próxima de combatente. Essa questão ainda será decidida,pois a realidade é que temos carência em ambas funções”,afirmou.

O valor da taxa de inscrição será de R$100. Para participar do concurso é preciso possuir o nível médio completo e carteira nacional de habilitação (CNH) a partir da categoria C. Os futuros servidores serão contratados pelo regime estatutário,que garante estabilidade profissional. A remuneração inicial será de R$2.736,já somados com os R$350 de gratificação e R$100 de transporte. O coronel Gilvan adiantou que o processo seletivo seguirá a mesma linha do concurso anterior,realizado em 2008. Na ocasião,foi aplicada uma prova objetiva com 40 questões sobre as disciplinas de Língua Portuguesa e Matemática. Em seguida,os aprovados foram submetidos ao exame de capacitação física,composto por corrida de meio fundo (2.400m),corrida de velocidade (100m),abdominal (40 repetições),barra (três repetições) e natação (50m).

Gilvan ressalta que algumas poucas mudanças poderão ocorrer na avaliação física. “Será introduzido o Grip,aparelho usado para medir a força da mão. Além disso,ao invés de 40 abdominais,serão cobrados 30. O restante deverá ser igual à seleção anterior.”Houve,ainda,uma prova prática de direção veicular,onde foram pontuadas as faltas graves,médias e leves. Depois,os aprovados foram submetidos a exames de saúde,social e documental,e a um curso de formação dos Bombeiros,com duração de seis meses.

Combatente –Os preparativos do concurso para soldado combatente serão acelerados após a divulgação do edital de motorista. A princípio estão confirmadas 246 vagas,além de formação de cadastro de reserva. No entanto,o número de contratados poderá chegar a 400 aprovados. A organizadora ainda será definida. O cargo de soldado combatente também requer o nível médio completo,além de carteira de habilitação na categoria B,visto que esses profissionais podem dirigir viaturas de pequeno porte a qualquer momento no exercício da profissão. O valor da remuneração inicial é o mesmo dos motoristas,e a contratação também ocorrerá pelo regime estatutário. A validade de ambos concursos será de dois anos,podendo dobrar.

Estaduais : Bombeiros: Organizador do concurso será definido em breve
Enviado por admin em 27/05/12 (708 leituras)

Ainda que o contrato com a empresa organizadora do concurso para soldado motorista do Corpo de Bombeiros do Rio de Janeiro (CBMERJ) estivesse previsto para ser assinado na última semana, devido a alguns detalhes finais, isso não aconteceu. A informação é da Assessoria de Imprensa dos Bombeiros, que também afirmou que foram chamados 54 aprovados da seleção para soldado combatente ocorrida em 2008, cuja validade expirou no último dia 10. A oferta de vagas para motoristas, a princípio, será 100, mas este número pode aumentar, chegando a 300, segundo o diretor-geral de Pessoal da corporação, coronel Gilvan de Castro. Ele explica que o CBMERJ já negociou com a Secretaria de Planejamento e Gestão do Estado do Rio de Janeiro (Seplag-RJ) e foram autorizadas 400 vagas para esse ano e mais 400 para 2013.

"Para o concurso de motorista, que está previsto para esse mês, teremos 100 vagas. Além dessas, convocamos 126 aprovados do último concurso para combatentes de 2008, mas só apareceram 54 para tomar posse. Isso significa que temos sobra de vagas e que usaremos elas na seleção para motorista ou na próxima de combatente. Essa questão ainda será decidida, pois a realidade é que temos carência em ambas as funções. O que é certo é que contrataremos 400 novos servidores esse ano e 400 no ano que vem", diz o coronel.

Para participar da seleção de motoristas, é preciso ter o nível médio completo e carteira nacional de habilitação (CNH) a partir da categoria "C". Os novos servidores receberão remuneração inicial de R$2.736, já acrescida dos R$350 de gratificação e R$100 de transporte.

O processo seletivo, de acordo com Gilvan, deverá ser bem parecido com o de 2008, que constou de prova objetiva, com 40 questões sobre Língua Portuguesa e Matemática. Em seguida, os candidatos foram submetidos ao exame de capacitação física, composto por corrida de meio fundo (2.400m), corrida de velocidade (100m), abdominal (30 repetições), barra (três repetições) e natação (50m).

Além disso, houve uma prova prática de direção veicular, onde foram pontuadas as faltas graves, médias e leves. Depois, os aprovados passaram por exames de saúde, social e documental, bem como pelo curso de formação dos Bombeiros, com duração de seis meses, onde o futuro profissional tem que demonstrar aptidão, correndo o risco de ser reprovado.

Estaduais : Soldado combatente: atenção aos requisitos
Enviado por admin em 27/05/12 (533 leituras)

Os interessados em participar do concurso para soldado combatente do Corpo de Bombeiros do Estado do Rio de Janeiro (CBMERJ) já devem ficar atentos aos requisitos, visto que a função exige, além de nível médio completo, carteira nacional de habilitação (CNH) na categoria "B", que leva certo tempo para ser providenciada, caso o candidato não a possua. O documento é obrigatório, porque os soldados combatentes poderão dirigir viaturas de pequeno porte a qualquer momento no exercício da profissão. O contrato dos profissionais será o estatutário, garantindo a estabilidade empregatícia dos mesmos. De acordo com a Assessoria de Imprensa dos Bombeiros, a remuneração inicial é a mesma dos soldados motoristas: R$2.736, já somada com os R$350 de gratificação e R$100 de transporte.

Para este concurso de combatentes, haverá um mínimo de 400 vagas, podendo chegar a 550. A seleção foi confirmada pelo comandante-geral da corporação e secretário de Defesa Civil do estado, coronel Sérgio Simões, que ressaltou que os novos servidores deverão iniciar o exercício da função apenas no ano que vem.

"Além do concurso para 100 motoristas que estamos abrindo este mês, faremos uma nova seleção para combatentes até o fim do ano, no segundo semestre, para possivelmente mais de 400 vagas. Provavelmente, esses futuros profissionais serão empossados apenas em 2013", disse o comandante-geral, que afirma que os novos concursos fazem parte de uma reposição necessária.

"É um processo natural de renovação de quadros. A gente precisa que, ano a ano, sejam incorporados novos profissionais, para que a corporação, ao longo do tempo, não fique com uma faixa etária muito alta. Na profissão de bombeiro, o vigor da juventude é sempre muito bem-vindo."

Estaduais : Bombeiros: Pelo menos 500 vagas programadas. 2º grau
Enviado por admin em 14/05/12 (598 leituras)

A ideia de trabalhar em uma instituição onde a principal tarefa a cumprir é salvar vidas diariamente vem agradando muitas pessoas, que sonham em ingressar no Corpo de Bombeiros do Estado do Rio de Janeiro (CBMERJ). Para estes interessados, as notícias recentes são boas, visto que a corporação vai contratar pelo menos 500 novos soldados entre 2012 e 2013.

Primeiramente, sairá o edital para soldado motorista, previsto para a última semana deste mês ou, no mais tardar, primeira de junho. A partir da próxima segunda, 14, o contrato com a organizadora será assinado, o que vai acelerar o desenrolar desta seleção, que tem como requisito o nível médio completo e carteira nacional de habilitação (CNH) a partir da categoria C. A princípio, serão 100 vagas para motoristas.

Outro concurso anunciado para o segundo semestre deste ano é para soldado combatente, carro-chefe da instituição. Segundo diretor-geral de Pessoal da corporação, coronel Gilvan de Castro, serão, no mínimo, 400 novas oportunidades na função, que além de também exigir o nível médio completo, requer CNH na categoria B. Segundo o diretor-geral de Pessoal da corporação, o quantitativo exato de vagas de ambas as seleções será definido após o encerramento da convocação dos aprovados do último concurso de soldado combatente, ocorrido em 2008, cuja validade expira nesta quinta, 10.

“Já negociamos com a Secretaria de Planejamento e Gestão do Estado do Rio de Janeiro (Seplag-RJ) e eles autorizaram 400 vagas para esse ano e mais 400 para 2013. Para esse concurso de motorista, que vai sair ainda este mês, teremos 100 vagas. Além dessas, convocamos 126 aprovados do último concurso para combatentes de 2008, mas quase ninguém apareceu para tomar posse. Isso significa que temos sobra de vagas e que usaremos elas ou na seleção para motorista ou na próxima de combatente. Essa questão ainda será decidida, pois a realidade é que temos carência em ambas as funções. O que é certo é que contrataremos 400 novos servidores esse ano e 400 no ano que vem”, afirma.

Vale ressaltar que, nas duas seleções, não haverá exigência de altura mínima ou idade máxima para poder participar. Além disso, o salário inicial para ambas as funções é de R$2.736, já acrescidos dos R$350 de gratificação e R$100 de transporte. De acordo com Gilvan, o processo seletivo dos concursos serão parecidos com o de 2008, que constou de prova objetiva, exame físico, de saúde e documental. “Para motorista, será inserido o Grip no teste físico, que é um aparelho utilizado para medir a força da mão. Além disso, ao invés de 40 abdominais, serão cobrados 30. Já para os soldados combatentes, a previsão é de que tudo continue igual”, adiantou o coronel.

Em 2008, a prova objetiva para motoristas e combatentes foi a mesma: 40 questões, sendo 20 de Língua Portuguesa e 20 de Matemática. Quem acertou metade das questões em cada disciplina seguiu para o exame de capacitação física, com corrida de meio fundo (2.400m), corrida de velocidade (100m), abdominal (30 repetições), barra (três repetições) e natação (50m). Para os candidatos à função de motorista, houve também uma prova prática de direção veicular, onde foram pontuadas as faltas graves, médias e leves. Depois, os aprovados passaram por exames de saúde, social e documental, bem como pelo curso de formação dos Bombeiros, com duração de seis meses, onde o futuro profissional tem que demonstrar aptidão, correndo o risco de ser reprovado.


« 1 ... 7 8 9 (10) 11 12 13 »
LOJA VIRTUAL - PAGSEGURO
Baixe o Aplicativo
Cursos Kids
Login no Site
Pesquisa no Site
Notícias e Concursos
Setembro 2019
S T Q Q S S D
            1
2 3 4 5 6 7 8
9 10 11 12 13 14 15
16 17 18 19 20 21 22
23 24 25 26 27 28 29
30            
Enquete
Qual a sua área de interesse nos concursos?
Colégios do Ensino Fundamental 16 % 16%
Escolas Técnicas 11 % 11%
Marinha 21 % 21%
Exército 17 % 17%
Aeronáutica 18 % 18%
Vestibulares 2 % 2%
Concursos Públicos 12 % 12%
Visitantes Online
1 visitantes online (1 na seção: Notícias sobre Concursos)

Usuários: 0
Visitantes: 1

mais...
Cape Cursos Preparatórios © 2006-2015 - Todos os direitos reservados - Rua Estância 25 - 2º Andar - Realengo - RJ - Cep: 21715-440
Início Cape Cursos Preparatórios Cursos Preparatórios Preços dos Cursos Preparatório - 5º Ano Apostilas Preparatórias Simulados Online Notícias Concursos Concursos Galeria de Fotos Localização Contato Plataforma Digital Área do Aluno Inscreva-se no Canal!