Plataforma EAD
Menu
Siga-nos
Indique o Site
Destaques no Site
RSS

Notícias sobre os principais concursos públicos federais.
(1) 2 3 4 ... 11 »
Federais : Concurso INSS 2019: técnico, perito e analista
Enviado por admin em 04/05/19 (57 leituras)

O concurso INSS 2019 é um dos mais aguardados para este ano e prevê a abertura de milhares de vagas, devido a grande deficit de servidores públicos apresentado pelo órgão.

A expectativa de autorização do concurso segue para o primeiro semestre, com oportunidades para os cargos de nível médio (técnico do seguro social) e nível superior (analista do seguro social e perito médico).

Agora, caberá ao Ministério da Justiça e ao INSS determinar a oferta de vagas, bem como respectivos cargos que serão autorizados. Porém, já está certo que o número não deve ser inferior ao atual déficit. Além disso, o concurso também deverá servir parar formar cadastro reserva de pessoal.

Vale lembrar que esta já é a segunda decisão judicial recente que determina a necessidade de realização de novo concurso. Liminar proferida no último dia 4 de abril pelo juiz federal Eduardo Ribeiro, titular da Vara Única da Subseção judiciária do Gurupi, no Tocantins, também determina que as agências dos municípios de Arraias e Dianópolis publiquem edital para contratações temporárias para os cargos de médicos peritos. Além disso, estabelece um prazo de seis meses para a contratação de servidores efetivos. Caso a decisão não seja cumprida deverá ser feito o pagamento de multa diária de mil reais. À decisão ainda cabe recurso.

Este certame é considerado um dos mais urgentes, isso porque a falta de trabalhadores no órgão tem afetado gravemente os serviços prestados à população. Diversos dados mostram que há milhares de brasileiros aguardando receberem seus benefícios, que ainda continuam em análise e demoram mais do que o previsto por causa do déficit de pessoal.

A Fenasps (Federação Nacional de Sindicatos de Trabalhadores em Saúde, Trabalho, Previdência e Assistência Social) tenta agilizar de diversas formas a liberação do certame, inclusive recorrendo ao Tribunal de Contas da União (TCU).

Enviado este ano ao Planejamento, o novo pedido solicitou 10.468 vagas ao seu quadro de pessoal, porém 2.580 eram para excedentes - que não foram convocados durante a validade do certame anterior, encerrada em 5 de agosto.

A Fenasps já salientou que o instituto precisa urgentemente repor 16 mil vagas, pois há uma situação calamitosa de defasagem de pessoal. A entidade ainda revelou que, se nada for feito, o atendimento prestado pelo INSS entrará em colapso.

Sobre os cargos de técnico e analista INSS
A carreira de técnico do seguro social é uma das mais visadas no concurso INSS (Instituto Nacional do Seguro Social), ainda mais que exige apenas ensino médio completo e apresenta salário inicial de R$ 5.344,87, já considerando o auxílio-alimentação de R$ 458.

O emprego de analista exige formação superior em diversas áreas de atuação (incluindo serviço social, administração, engenharia, direito, pedagogia, psicologia, comunicação, ciências sociais, arquitetura e letras, entre outras), sendo que a remuneração corresponde a R$ 7.954,09 por mês, contado o benefício alimentação.

Já a posição de perito destina-se aos profissionais com graduação em medicina e registro no respectivo conselho regional. O inicial é de R$ 8.988,41, também no auxílio.

Atribuições dos cargos de técnico e analista
Quanto às atribuições dos cargos, de acordo com o edital do último concurso INSS, o técnico do seguro social é responsável por proceder ao reconhecimento inicial, manutenção, recurso e revisão de direitos aos benefícios administrados; exercer atividades internas e externas ligadas ao suporte e apoio técnico especializado; executar as atividades de orientação e informação, de acordo com as diretrizes estabelecidas nos atos específicos e outras relacionadas aos fins institucionais, que venham ser determinadas pela autoridade superior.

Já o analista do seguro social é responsável por prestar atendimento e acompanhamento aos usuários dos serviços prestados e aos seus servidores, aposentados e pensionistas; elaborar, executar, avaliar planos, programas e projetos na área de serviço social e reabilitação profissional; realizar avaliação social quanto ao acesso aos direitos previdenciários e assistenciais; promover estudos socioeconômicos visando a emissão de parecer social para subsidiar o reconhecimento e a manutenção de direitos previdenciários, bem como a decisão médico-pericial; e executar de conformidade a sua área de formação as demais atividades de competência do INSS.

Conhecimentos básicos de técnico do INSS
ÉTICA NO SERVIÇO PÚBLICO: Código de Ética Profissional do Servidor Público Civil do Poder Executivo Federal: Decreto nº 1.171/1994 e Decreto nº 6.029/2007. REGIME JURÍDICO ÚNICO: 1 Lei 8.112/1990 e alterações, direitos e deveres do Servidor Público. 2 O servidor público como agente de desenvolvimento social. 3 Saúde e qualidade de vida no serviço público.
NOÇÕES DE DIREITO CONSTITUCIONAL: Direitos e deveres fundamentais: direitos e deveres individuais e coletivos; direito à vida, à liberdade, à igualdade, à segurança e à propriedade; direitos sociais; nacionalidade; cidadania; garantias constitucionais individuais; garantias dos direitos coletivos, sociais e políticos. 2 Administração Pública (artigos de 37 a 41, capítulo VII, Constituição Federal de 1988 e atualizações).
NOÇÕES DE DIREITO ADMINISTRATIVO: Estado, governo e Administração Pública: conceitos, elementos, poderes e organização; natureza, fins e princípios. 2 Direito Administrativo: conceito, fontes e princípios. 3 Organização administrativa da União; administração direta e indireta. 4 Agentes públicos: espécies e classificação; poderes, deveres e prerrogativas; cargo, emprego e função públicos; regime jurídico único: provimento, vacância, remoção, redistribuição e substituição; direitos e vantagens; regime disciplinar; responsabilidade civil, criminal e administrativa. 5 Poderes administrativos: poder hierárquico; poder disciplinar; poder regulamentar; poder de polícia; uso e abuso do poder. 6 Ato administrativo: validade, eficácia; atributos; extinção, desfazimento e sanatória; classificação, espécies e exteriorização; vinculação e discricionariedade. 7 Serviços Públicos: conceito, classificação, regulamentação e controle; forma, meios e requisitos; delegação: concessão, permissão, autorização. 8 Controle e responsabilização da administração: controle administrativo; controle judicial; controle legislativo; responsabilidade civil do Estado. Lei nº 23 8.429/1992 (sanções aplicáveis aos agentes públicos nos casos de enriquecimento ilícito no exercício de mandato, cargo, emprego ou função da administração pública direta, indireta ou fundacional e dá outras providências). 9 Lei n°9.784/1999 (Lei do Processo Administrativo).
LÍNGUA PORTUGUESA: Compreensão e interpretação de textos. 2 Tipologia textual. 3 Ortografia oficial. 4 Acentuação gráfica. 5 Emprego das classes de palavras. 6 Emprego do sinal indicativo de crase. 7 Sintaxe da oração e do período. 8 Pontuação. 9 Concordância nominal e verbal. 10 Regências nominal e verbal. 11 Significação das palavras. 12 Redação de correspondências oficiais (conforme Manual de Redação da Presidência da República).
RACIOCÍNIO LÓGICO: Conceitos básicos de raciocínio lógico: proposições; valores lógicos das proposições; sentenças abertas; número de linhas da tabela verdade; conectivos; proposições simples; proposições compostas. 2 Tautologia. 3 Operação com conjuntos. 4 Cálculos com porcentagens.
NOÇÕES DE INFORMÁTICA: Conceitos de Internet e intranet. 2 Conceitos básicos e modos de utilização de tecnologias, ferramentas, aplicativos e procedimentos de informática. 3 Conceitos e modos de utilização de aplicativos para edição de textos, planilhas e apresentações utilizando-se a suíte de escritório LibreOffice. 4 Conceitos e modos de utilização de sistemas operacionais Windows 7 e 10. 5 Noções básicas de ferramentas e aplicativos de navegação e correio eletrônico. 6 Noções básicas de segurança e proteção: vírus, worms e derivados.

Federais : Depen: concurso sofre avanços
Enviado por admin em 21/04/19 (53 leituras)

O pedido do concurso Depen (Departamento Penitenciário Nacional) teve cinco avanços no Ministério da Economia nos últimos dias. A última movimentação ocorreu no dia 11 de abril, quando o processo foi encaminhado para o setor de demandas de expedição da Secretaria de Gestão de Pessoas

O órgão conta com previsão de que sejam criadas 1.580 vagas para três cargos.

Vale lembrar que o caso do Depen é diferente de outros órgãos, pois ele ainda depende da criação das vagas para então poder receber o aval do certame.

Detalhes sobre a solicitação em andamento
Do total de oportunidades do pedido, 1.440 são para o cargo de agente federal de execução penal. Neste caso, para concorrer é necessário possuir ensino médio e carteira de habilitação a partir da categoria “B”. A remuneração inicial é de R$ 6.030, incluindo gratificação de desempenho e auxílio-alimentação de R$ 458. Para os servidores veteranos, a remuneração chega a R$ 10.202,50.

O requerimento para o concurso Depen também inclui 36 vagas para o cargo de técnico federal de apoio à execução penal, que pede nível médio ou médio/técnico, com inicial de R$ 4.120,28.

Por fim, as 104 chances restantes são para o cargo de especialista federal em assistência à execução penal, para quem possui formação de nível superior em áreas específicas. O inicial, neste caso, é de R$ 5.865,70.

Moro planeja fortalecer órgão
Ao assumir o Ministério da Justiça e Segurança Pública, o ministro Sérgio Moro disse que uma de suas propostas é reestruturar o sistema penitenciário.

Moro afirmou que pretende incrementar qualidade nas penitenciárias federais para que haja o controle das comunicações de organizações criminosas com o mundo exterior.

Cargo de agente
Conhecido anteriormente como agente penitenciário federal, a função de agente federal de execução penal teve sua nomenclatura alterada com a lei 13.327/2016.

Quem ocupa o posto tem o dever de fazer o exercício das atividades de atendimento, vigilância, custódia, guarda, escolta, assistência e orientação de pessoas recolhidas aos estabelecimentos penais e de internamento federais, integrantes da estrutura do Departamento Penitenciário Nacional do Ministério da Justiça e Cidadania, e das atividades de natureza técnica, administrativa e de apoio a elas relacionadas.

258 vagas para o Depen em 2014
Em 2014, o Departamento Penitenciário Nacional lançou edital com 258 vagas e cadastro reserva de pessoal. As oportunidades foram distribuídas entre as carreiras de agente, técnico e especialista. A lotação ocorreu na sede (localizada em Brasília/DF) ou em uma das cinco penitenciárias federais situadas nas cidades de Brasília/DF, Campo Grande/MS, Catanduvas/PR, Mossoró/RN e Porto Velho/RO. Sob a organização do Cespe/UnB, a triagem do concurso Depen constou de provas objetivas, testes discursivos, aptidão física, avaliação psicológica, exame médico e investigação social. Os exames objetivos apresentaram 120 questões sobre conhecimentos básicos (língua portuguesa, atualidades, noções de ética no serviço público, noções de direitos humanos e participação social), complementares e específicos. Já os testes discursivos foram compostos por um texto dissertativo de até 30 linhas acerca de tema baseado em conhecimentos básicos de atualidades. As provas foram realizadas em todas as capitais brasileiras, mais o Distrito Federal e as cidades de Catanduvas/PR e de Mossoró/RN.

Federais : Banco do Brasil: concurso de escriturário em pauta
Enviado por admin em 21/04/19 (63 leituras)

Em audiência pública realizada no plenário do Supremo Tribunal Federal (STF), no último dia 28 de setembro, foi discutida uma ação direta de inconstitucionalidade contra a privatização de estatais por parte do governo federal, assunto de interesse direto para a realização do concurso Banco do Brasil 2019 (BB), em particular os bancos públicos. Na ocasião, a presidente da Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf-CUT), Juvandia Moreira, apresentou dados no sentido de refutar afirmações de que as empresas apresentem gestão ineficiente, além de reforçar a importância dos bancos públicos.

A audiência foi convocada pelo ministro Ricardo Lewandowski, antes de tomar decisão sobre a Ação Direta de Inconstitucionalidade 5624. Antes de conceder parecer definitivo, o ministro concedeu liminar proibindo a venda de estatais sem autorização do poder legislativo.

Expectativa por Concurso
Após o concurso realizado no início deste ano para o preenchimento de 60 vagas (sendo 30 imediatas) em São Paulo, Rio de Janeiro e Brasília, cresce a expectativa pelo início de novos concursos públicos para o cargo de escriturário do Banco do Brasil em diversos outros estados. Embora ainda não exista uma confirmação de quando um novo edital possa ser publicado, a carência de servidores é grande, inclusive nos estados contemplados na última seleção, como São Paulo.

Há pelo menos dois anos é aguardada a realização de novo concurso não só para São Paulo, Rio de Janeiro e Distrito Federal, como também para os estados de Minas Gerais, Amazonas, Espírito Santo, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Alagoas, Bahia, Goiás, Mato Grosso do Sul, Pará e Tocantins.

O Cargo
Destinada a profissionais de nível médio, a carreira conta com vencimentos de R$ 4.036,56, já considerando os valores do salário-base (R$ 2.718,73), da ajuda alimentação/refeição (R$ 737) e da cesta alimentação (R$ 580,83).

O BB concede ainda outros benefícios, entre eles: participação nos lucros ou resultados; vale-transporte; auxílio-creche; auxílio a filho com deficiência; previdência privada; e possibilidade de ascensão e desenvolvimento profissional.

Conteúdo Programático
Língua portuguesa – Emprego do acento indicativo de crase; Concordância verbal e nominal; Regência verbal e nominal; Colocação pronominal dos pronomes oblíquos átonos (próclise, mesóclise e ênclise); Emprego dos sinais indicativos de pontuação: vírgula, ponto, ponto e vírgula, dois-pontos, reticências, aspas, travessão e parênteses.

Língua inglesa – Conhecimento de um vocabulário fundamental e dos aspectos gramaticais básicos para a interpretação de textos técnicos.

Matemática – Lógica proposicional; Noções de conjuntos; Relações e funções; Funções polinomiais; Funções exponenciais e logarítmicas; Matrizes; Determinantes; Sistemas lineares; Sequências; Progressões aritméticas e progressões geométricas; Matemática financeira.

Atualidades do mercado financeiro – Sistema Financeiro Nacional. Dinâmica do mercado. Mercado bancário.

Probabilidade e estatística – Análise combinatória; Noções de probabilidade; Teorema de Bayes; Probabilidade condicional; Noções de estatística; População e amostra; Análise e interpretação de tabelas e gráficos; Regressão, tendências, extrapolações e interpolações; Tabelas de distribuição empírica de variáveis e histogramas; Estatística descritiva (média, mediana, variância, desvio padrão, percentis, quartis, outliers, covariância).

Conhecimentos bancários – Estrutura do Sistema Financeiro Nacional: Conselho Monetário Nacional; COPOM –Comitê de Política Monetária. Banco Central do Brasil; Comissão de Valores Mobiliários. Produtos Bancários: Noções de cartões de crédito e débito, crédito direto ao consumidor, crédito rural, caderneta de poupança, capitalização, previdência, investimentos e seguros. Noções de Mercado de capitais. Noções de Mercado Câmbio: Instituições autorizadas a operar e operações básicas. Garantias do Sistema Financeiro Nacional: aval; fiança; penhor mercantil; alienação fiduciária; hipoteca; fianças bancárias. Crime de lavagem de dinheiro: conceito e etapas. Prevenção e combate ao crime de lavagem de dinheiro: Lei nº 9.613/98 e suas alterações, Circular Bacen 3.461/2009 e suas alterações e Carta-Circular Bacen 3.542/12. Autorregulação Bancária.

Informática – Linguagens de programação: Java (SE 8 e EE 7), Phyton 3.6, JavaScript/EcmaScript 6, Scala 2.12 e Pig 0.16; Estruturas de dados e algoritmos: busca sequencial e busca binária sobre arrays, ordenação (métodos da bolha, ordenação por seleção, ordenação por inserção, lista encadeada, pilha, fila, noções sobre árvore binária), noções de algoritmos de aprendizado supervisionados e não supervisionados; Banco de dados: conceitos de banco de dados e sistemas gerenciadores de bancos de dados (SGBD), modelagem conceitual de dados (a abordagem entidade-relacionamento), modelo relacional de dados (conceitos básicos, normalização), banco de dados SQL (linguagem SQL (SQL2008), linguagem HiveQL (Hive 2.2.0)), banco de dados NoSQL (conceitos básicos, bancos orientados a grafos, colunas, chave/valor e documentos), data Warehouse (modelagem conceitual para data warehouses, dados multidimensionais); Tecnologias web: HTML 5, CSS 3, XML 1.1, Json (ECMA-404), Angular.js 1.6.x, Node.js 6.11.3, REST; Manipulação e visualização de dados: linguagem R 3.4.2 e R Studio 5.1, OLAP, MS Excel 2013; Sistema de arquivos e ingestão de dados: conceitos de MapReduce, HDFS/Hadoop/YARN 2.7.4, Ferramentas de ingestão de dados (Sqoop 1.4.6, Flume 1.7.0, NiFi 1.3.0 e Kafka 0.11.0).

Federais : Bolsonaro assina projeto que facilita concurso no Bacen
Enviado por admin em 21/04/19 (42 leituras)

O Bacen (Banco Central do Brasil, também conhecido BC ou BCB) pode não precisar mais de autorização por parte do Ministério da Economia para a realização de seus concursos públicos. Acontece que o presidente Jair Bolsonaro assinou, nesta quinta-feira, 11 de abril, um conjunto de 18 atos para celebrar a marca de 100 dias de governo. Entre as medidas está um projeto de lei complementar que trata de maior autonomia na instituição.

A proposta, que está sendo encaminhada ao Congresso Nacional, cumpre uma das promessas de campanha do presidente. Ressalta que "é necessário consagrar em lei a situação de fato hoje existente, na qual a autoridade monetária goza de autonomia operacional e técnica para cumprir as metas de inflação definidas pelo Conselho Monetário Nacional (CMN).

Como a proposta ainda deve tramitar no congresso, nada impede que a instituição siga a previsão inicial de encaminhar ao Ministério da Economia, até 31 de maio, o pedido de autorização para a realização de novo concurso, que é um dos mais aguardados para 2019.

Um das metas do governo Bolsonaro, segundo o ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, é a “independência do Banco Central“. Se isso ocorrer, significa que a instituição não dependerá de autorização por parte do Ministério da Economia.

O banco passa por uma grande defasagem de pessoal e é imprescíndivel a realização de novo concurso. No momento, existem mais de 2.000 postos vagos, sem contar com as futuras aposentadorias, ou seja, cerca de 36% do quadro de pessoal do Banco Central não está preenchido. O déficit total é de 2.356 servidores, sendo 1.944 analistas, 289 técnicos e 123 procuradores - vale ressaltar que o número pode sofrer alterações a qualquer momento.

Pedido anterior do concurso Bacen
A última solicitação era para o preenchimento de 220 vagas, sendo 200 para a carreira de analista e 20 de procurador. Ela não contemplou o cargo de técnico, como a sua antecessora.

Os postos de analista e procurador aceitam candidatos com formação superior em diversas áreas de atuação - neste caso, os vencimentos correspondem a R$ 16.286,90 e a R$ 17.788,33, respectivamente.

Vale ressaltar que as remunerações já incluem o valor do benefício-alimentação, que equivale a R$ 458 mensais.

Requisitos para técnico
A função de técnico, não contemplada mais no pedido, continua exigindo apenas certificado de ensino médio emitido por instituição reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC) e oferece salário inicial de R$ 6.463,44.

A a lei 13.464 em julho de 2017, sancionada pelo então presidente Michel Temer, vetou a modificação no requisito para nível superior desta função. A justificativa foi uma “inconstitucionalidade formal, por configurar situação de impertinência temática ao objeto inicial da Medida Provisória, vedada segundo decisão proferida pelo Supremo Tribunal Federal em julgamento de Ação Direta de Inconstitucionalidade”.

Edital anterior para técnico e analista
Em 2013, o Banco Central promoveu seleção com 500 vagas destinadas aos cargos de técnico e analista. Na ocasião, a banca organizadora foi o Cespe/UnB e a remuneração inicial oscilou entre R$ 5.158,23 e R$ 14.289,24.

A carreira de técnico apresentou 100 oportunidades e estava dividida entre as áreas de suporte técnico-administrativo e segurança institucional. A exigência era de ensino médio completo.

Destinado a profissionais de nível superior, o cargo de analista (400) estava distribuído em seis áreas de conhecimentos: análise e desenvolvimento de sistemas, suporte à infraestrutura de tecnologia da informação, política econômica e monetária, contabilidade e finanças, infraestrutura e logística, e gestão e análise processual.

O processo seletivo do concurso Bacen constou de prova objetiva, teste discursivo e análise de títulos – este último apenas para analista. Depois, houve um programa de capacitação aos candidatos aprovados.

Todos os profissionais contratados pelo concurso foram lotados em Brasília (DF), Belém (PA), São Paulo (SP), Salvador (BA) e Porto Alegre (RS).

Seleção anterior para procurador
O concurso Bacen publicado em agosto de 2013 contemplou 15 oportunidades na função de procurador. Do total de ofertas, 14 foram para Brasília e uma para Belém.

Também sob a organização do Cespe/UnB, o processo seletivo avaliou os concursandos por meio de teste objetivo, inscrição definitiva, provas discursivas, exame oral e análise de títulos.

Federais : Concurso IBGE 2019. Agente e recenseador
Enviado por admin em 21/04/19 (60 leituras)

O edital do novo concurso IBGE 2019 (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) para provimento temporário de 209 vagas temporárias, autorizadas em 25 de março, pode ser liberado ainda em abril, de acordo com informações do órgão. Para isto, o instituto depende apenas da contratação da banca organizadora. O prazo para divulgação do edital de abertura de inscrições é de até seis meses, ou seja, até setembro.

As 209 oportunidades autorizadas são para os cargos de agente censitário municipal (4 postos), agente censitário supervisor (25) e recenseador (180).

Os contratados atuarão no Censo Experimental, uma prévia para o Censo Demográfico 2020, que deverá abrir cerca de 250 mil oportunidades (leia mais sobre a previsão de novas vagas abaixo).

Para concorrer ao cargo de recenseador é necessário apenas possuir ensino fundamental, com remuneração mínima de R$ 1.100. Para agente censitário e supervisor, a necessidade é de ensino médio, com iniciais, respectivamente, R$ 2.400 e R$ 2.000.

Mais vagas
Vale lembrar que, além da autorização divulgada, o órgão tem expectativa de liberação de mais 2.250 postos, garantindo um total de 2.459 postos, necessários para a realização do Censo Experimental. As demais oportunidades já estão contempladas no projeto básico do certame, utilizado como base para a elaboração do edital.

Além das 209, a expectativa é de que sejam autorizados mais 1.450 postos para coordenador censitário de subárea e 800 de agente censitário operacional.

No caso de coordenador e agente,que ainda dependem de nova autorização, a exigência é de ensino médio, com iniciais, respectivamente, de R$ 4.000 e R$ 1.800

Novo concurso do IBGE
A nova presidente do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, Susana Cordeiro Guerra, declarou, em 22 de fevereiro, durante seu discurso de posse, que pretende reorganizar o quadro de servidores do órgão, com a realização de concurso público, também cresce a expectativa pela autorização do processo seletivo para a contratação de temporários para a realização do Censo Demográfico 2020. O órgão já havia antecipado que pretende oferecer aproximadamente 250 mil vagas temporárias, com a estimativa de um orçamento equivalente a R$ 3,4 bilhões.

Curso de Agentes
Várias vezes, ao longo do ano passado, o então presidente do órgão, Roberto Olinto, ressaltou a importância do censo e a necessidade da abertura do concurso para a contratação de pessoal. Com isto, as declarações da nova presidente revelam a intenção de priorizar a contratação de pessoal.

Federais : Caixa Econômica Federal anuncia concurso para estagiários
Enviado por admin em 21/04/19 (50 leituras)

A Caixa Econômica Federal em parceria com o Centro de Integração de Empresa-Escola (CIEE) torna público o Processo Seletivo que tem como intuito formar cadastro reserva e contratar estudantes de nível Médio/ Técnico para atuarem na função de Estagiário.

Podem participar da seleção estudantes que estejam cursando do 1º ao penúltimo semestre, para cursos Técnicos e do 1º ao 2º ano do Ensino Médio e EJA, com no mínimo 16 anos no momento da contratação.

Quando contratados, os estagiários atuarão em carga horária que varia de 20h a 25h semanais e receberão bolsa-auxílio que vai de R$ 400,00 a R$ 500,00, além de auxílio-transporte no valor de R$ 130,00.

Inscrições devem ser feitas até o dia 04 de outubro de 2019, via internet, no site do CIEE portal.ciee.org.br. Para mais informações consulte o edital disponível em nosso site.

Federais : Justiça determina novo concurso para o INSS
Enviado por admin em 21/04/19 (33 leituras)

A realização de um novo concurso INSS 2019 (Instituto Nacional do Seguro Social) agora é questão de justiça. Decisão liminar proferida no último dia 4 de abril pelo juiz federal Eduardo Ribeiro, titular da Vara Única da Subseção judiciária do Gurupi determina que as agências dos municípios de Arraias e Dianópolis publiquem edital para contratações temporárias para os cargos de médicos peritos. Além disso, determina um prazo de seis meses para a contratação de servidores efetivos. Caso a decisão não seja cumprida deverá ser feito o pagamento de multa diária de mil reais. À decisão ainda cabe recurso.

Enquanto isso, continua a expectativa de autorização para a contratação de pessoal efetivo. Embora o superintendente do órgão, Ney Ferraz, tenha declarado, recentemente, em entrevista ao Piauí TV, que o concurso já estaria autorizado, para o preenchimento de 17 mil vagas em todo o país, número superior ao esperado de 7.888 oportunidades, a autorização não chegou a ser publicada em diário oficial. Confira a entrevista aqui. Por outro lado, o secretário de Desburocratização, Gestão e Governo Digital do Ministério da Economia, Paulo Uebel, em entrevista ao Jornal Estado de Minas, informou que a prioridade para 2019 é reduzir os gastos dos cofres públicos. "A ideia é fazer um trabalho antes de autorizar qualquer concurso de melhoria e eficiência operacional", disse.

Este certame é considerado um dos mais urgentes, isso porque a falta de trabalhadores no órgão tem afetado gravemente os serviços prestados à população. Diversos dados mostram que há milhares de brasileiros aguardando receberem seus benefícios, que ainda continuam em análise e demoram mais do que o previsto por causa do déficit de pessoal.

A Fenasps (Federação Nacional de Sindicatos de Trabalhadores em Saúde, Trabalho, Previdência e Assistência Social) tenta agilizar de diversas formas a liberação do certame, inclusive recorrendo ao Tribunal de Contas da União (TCU).

Enviado este ano ao Planejamento, o novo pedido solicitou 10.468 vagas ao seu quadro de pessoal, porém 2.580 eram para excedentes - que não foram convocados durante a validade do certame anterior, encerrada em 5 de agosto.

Das oportunidades destinadas à nova seleção, 3.984 são referentes ao cargo de técnico (área meio), 1.692 a analista (diversas formações) e 2.212 a perito.

A Fenasps já salientou que o instituto precisa urgentemente repor 16 mil vagas, pois há uma situação calamitosa de defasagem de pessoal. A entidade ainda revelou que, se nada for feito, o atendimento prestado pelo INSS entrará em colapso.

Vale ressaltar que a situação tem ficado cada vez mais caótica porque cresce o número de servidores que podem se aposentar.

Conheça os cargos
A carreira de técnico do seguro social é uma das mais visadas no concurso INSS(Instituto Nacional do Seguro Social), ainda mais que exige apenas ensino médio completo e apresenta salário inicial de R$ 5.344,87, já considerando o auxílio-alimentação de R$ 458.

O emprego de analista exige formação superior em diversas áreas de atuação (incluindo serviço social, administração, engenharia, direito, pedagogia, psicologia, comunicação, ciências sociais, arquitetura e letras, entre outras), sendo que a remuneração corresponde a R$ 7.954,09 por mês, contado o benefício alimentação.

Já a posição de perito destina-se aos profissionais com graduação em medicina e registro no respectivo conselho regional. O inicial é de R$ 8.988,41, também no auxílio.

Concurso INSS anterior 2015/2016
No final de 2015, foi lançado o edital do concurso INSS com o objetivo de preencher 950 vagas. Um total de 800 oportunidades era na função de técnico e as outras 150 para analista - serviço social.

A banca organizadora do concurso IBSS foi o Cespe/UnB e os participantes passaram por uma prova com questões no estilo certo ou errado.

O último certame, cujo resultado foi publicado no dia 4 de agosto, foi um dos mais concorridos da história. Ao todo, a seleção registrou nada menos que 1.087.789 inscrições, sendo 1.043.807 somente para técnico do seguro social - em número de inscritos, perdeu apenas para duas outras seleções: a da Caixa Econômica Federal (CEF) realizada 2014, com 1.156.744 candidatos; e a da Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (ECT) promovida em 2011, com 1.120.393 participantes.

Considerando foram oferecidas 800 oportunidades para técnico, é possível concluir que a concorrência foi de aproximadamente 1.304 candidatos por vaga.

Federais : PRF: Abrirá concurso ainda este ano.
Enviado por admin em 27/03/18 (175 leituras)

O concurso para a Polícia Rodoviária Federal (PRF) está confirmado segundo o Ministro Raul Jungman.

Oferecerá 500 vagas em sua totalidade de acordo com o edital ainda a ser publicado este ano.

Quem pode fazer o concurso para PRF?
Para fazer o concurso é necessário ter no mínimo 18 ans (não há limite máximo de idade),carteira de motorista B e nível superior completo em qualquer graduação.

Quando será divulgado o edital da PRF?
Segue abaixo a estrutura do concurso conforme o ano de 2013:

Provas objetivas (conhecimentos gerais e específicos) + Redação (processo classificatório e eliminatório);

-Exame de capacidade física (eliminatório) ;
-Exame de saúde (eliminatório);
-Avaliação psicológica (eliminatório);
-Investigação social e ou funcional (eliminatório);
-Avaliação de títulos (classificatório);
-Curso de formação profissional.
-O que cai na prova da PRF?

Na prova de 2013 foram abordadas 120 questões pela Cespe divididas em diversas disciplinas. Foram abordadas questões de Português, Matemática, Noções de Direito Constitucional, Ética no Serviço Público, Noções de Informática, Noções de Direito Administrativo, Noções de Direito Processual Penal, Legislação Especial, Direitos Humanos e Cidadânia, Legislação da DPRF e Físcia aplica aos incidentes rodoviários.

Onde trabalharão os aprovados?
A Polícia Rodoviária Federal tem sua sede em Brasilia, possuindo também 27 superintendências regionais, mais 150 delegacias e mais 413 unidades que trabalham de forma operacional. O policial rodoviário federal permanecerá por 3 anos no seu primeiro local onde estiver locado, podendo ser remanejado de acordo com o interesse da administração.

Federais : Assistente técnico: inicial de R$3.418 na Fiocruz
Enviado por admin em 22/06/16 (316 leituras)

A Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) abrirá, em 4 de julho, as inscrições em dois concursos. Um deles é para uma carreira com exigência de ensino médio: assistente técnico, que propicia, atualmente, remuneração de R$3.418,81, incluindo os R$458 do auxílio-alimentação. O regime de contratação é o estatutário, que assegura a estabilidade no emprego. O ingresso nessa função pede ainda experiência mínima de um ano em alguma atividade da área administrativa, em uma das atribuições da carreira, segundo indica o item III do Artigo 25 da Lei n° 11.355/2006. Mas esse requisito só precisará ser comprovado na posse dos aprovados, e não no ato da inscrição.

A autarquia admitirá, inicialmente, 21 assistentes (16 vagas para ampla concorrência, quatro para negros e uma para deficientes). Desses, serão contratados 14 na sede, no Rio de Janeiro, dois no Amazonas, um em Salvador, um em Belo Horizonte, um em Curitiba, um em Recife e outro em Brasília. Só que o número de convocados pode aumentar 50%, já que, como permite a lei, a fundação pretende solicitar o acréscimo ao Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão, tão logo o certame seja homologado. Sendo assim, mais oportunidades deverão surgir ao longo do prazo de validade da seleção pública, que é de um ano, podendo ser estendido por igual período.

A remuneração do assistente é dividida da seguinte maneira: R$2.313,61 de salário-base, R$647,20 de gratificação de desempenho, que todos ganham, e R$458 de auxílio-alimentação, totalizando R$3.418,81. Mas o rendimento não para por aí, caso o servidor tenha alguma titulação acadêmica superior ao antigo 2º grau. Quem tem curso profissionalizante de 180 horas ganha R$452 a mais; para curso de 250 horas, mais R$497; para médio/técnico, graduação ou pós-graduação, mais R$542.

Para quem tem mestrado, os ganhos são somados a mais R$881, enquanto que para doutorado, mais R$1.762. Assim, os valores podem chegar a R$3.870,81, R$3.915,81, R$3.960,81, R$4.299,81 e R$5.180,81, respectivamente. A Fiotec, organizadora, abrirá as inscrições no site a partir das 10h do dia 4 de julho, até 8 de agosto. Feito o cadastro, será preciso pagar R$70 de taxa ou pedir isenção desse valor, até o dia 7 do próximo mês.

Em 25 de setembro, os participantes terão seus conhecimentos testados na única etapa do certame, as provas objetivas. Os exames estão marcados para o período das 9h às 13h, nas cidades do Rio de Janeiro, Curitiba, Belo Horizonte, Brasília, Salvador, Recife e Manaus. Das 60 questões, serão cobradas 20 de Língua Portuguesa, dez de Raciocínio Lógico e 30 de Conhecimentos Específicos. Cada uma delas valerá um ponto, e a aprovação será mediante ao acerto mínimo de dez pontos em Português, cinco em Raciocínio Lógico e 15 de Conhecimentos Específicos.

Federais : Mantida previsão de início de convocações no INSS
Enviado por admin em 22/06/16 (416 leituras)

O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) informou nesta terça-feira, dia 21, por meio de sua Assessoria de Imprensa, que "a previsão (de início de convocação dos aprovados do concurso para 950 vagas) permanece para agosto, após a homologação dos aprovados, mas depende de autorização do Ministério do Planejamento". Essa informação havia sido passada pelo diretor de Gestão de Pessoas do INSS, José Nunes Filho, em entrevista realizada em fevereiro. Contudo, isso aconteceu na época da gestão da presidente afastada Dilma Rousseff. Com a mudança do governo e o anúncio da suspensão de concursos e nomeações em 2017, não se tinha certeza se as chamadas aconteceriam ainda este ano.

Os 813.706 candidatos, que fizeram as provas objetivas do concurso, já podem consultar os gabaritos definitivos das provas objetivas. Após análise dos recursos, foram anuladas cinco questões da avaliação dos técnicos (três de Conhecimentos Básicos, e duas de Específicos) e duas da prova de analista (ambas na parte de Conhecimentos Específicos). Os pontos referentes a essas questões serão concedidos a todos os candidatos. Também a consulta às notas finais já foi liberada, na página do CEBRASPE (antigo Cespe/UnB), organizador.

Foi aprovado quem conseguiu, pelo menos, dez pontos em Conhecimentos Básicos, 21 em Conhecimentos Específicos e 36 na soma do exame. As avaliações contaram com 120 questões, sendo 50 de Conhecimentos Básicos e 70 de Conhecimentos Específicos. A expectativa agora é pela homologação do resultado final, o que deverá acontecer nos próximos dias. Após homologar o resultado, o INSS irá avaliar se fará o pedido do adicional de 50% das vagas ao Planejamento. Isso, como de costume de autarquia, deverá acontecer. Contudo, a dúvida é se o Planejamento autorizará para agora, no atual cenário, a chamada de excedentes. Isso porque a medida de suspensão de concursos públicos federais leva em consideração essa chamada. Das 950 vagas oferecidas pelo INSS, 800 são de técnico (nível médio e R$5.344,87) e 150 de analista (graduados em Serviço Social e R$7.954,09). O concurso tem validade de um ano, prorrogável por igual período. Os selecionados serão contratados pelo regime estatutário.

Serviço
www.cespe.unb.br/concursos/INSS_2015/

(1) 2 3 4 ... 11 »
LOJA VIRTUAL - PAGSEGURO
Baixe o Aplicativo
Cursos Kids
Login no Site
Pesquisa no Site
Notícias e Concursos
Junho 2019
S T Q Q S S D
          1 2
3 4 5 6 7 8 9
10 11 12 13 14 15 16
17 18 19 20 21 22 23
24 25 26 27 28 29 30
Enquete
Qual a sua área de interesse nos concursos?
Colégios do Ensino Fundamental 16 % 16%
Escolas Técnicas 11 % 11%
Marinha 21 % 21%
Exército 17 % 17%
Aeronáutica 18 % 18%
Vestibulares 2 % 2%
Concursos Públicos 12 % 12%
Visitantes Online
1 visitantes online (1 na seção: Notícias sobre Concursos)

Usuários: 0
Visitantes: 1

mais...
Cape Cursos Preparatórios © 2006-2015 - Todos os direitos reservados - Rua Estância 25 - 2º Andar - Realengo - RJ - Cep: 21715-440
Início Cape Cursos Preparatórios Cursos Preparatórios Preços dos Cursos Preparatório - 5º Ano Apostilas Preparatórias Simulados Online Notícias Concursos Concursos Galeria de Fotos Localização Contato Plataforma Digital Área do Aluno Inscreva-se no Canal!