Plataforma EAD
Menu
Siga-nos
Indique o Site
Destaques no Site
RSS

Notícias sobre o concurso para a Polícia Militar do Rio de Janeiro.
« 1 2 3 4 (5) 6 7 8 »
Polícia Militar : PMERJ: 6 mil vagas para soldados. Organizador sai nos próximos dias
Enviado por admin em 28/02/13 (660 leituras)

A expectativa é que o Centro de Recrutamento e Seleção de Praças (CRSP) da Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro (PM-RJ) anuncie nos próximos dias o nome do organizador do concurso para 6 mil vagas de soldado, já que o objetivo da corporação é divulgar o edital na segunda quinzena de março. Para que isso ocorra, resta apenas a aprovação da Diretoria de Logística da corporação, responsável pela elaboração do contrato. A definição da organizadora foi feita por dispensa de licitação, sendo escolhida a que ofereceu o menor preço e que atende com qualidade às necessidades da PM-RJ. De acordo com o chefe do CRSP, tenente-coronel Roberto Vianna, a organizadora será responsável, além do exame intelectual, pelo médico e psicológico.

Para soldado, além do nível médio, é exigida carteira de habilitação, no mínimo, na categoria “B”. O salário inicial é de R$2.382,89. Além disso, são pagas gratificações a quem faz curso de qualificação (R$350) ou trabalha em Unidade de Polícia Pacificadora (R$500 para os praças). O CRSP informou, na última quarta-feira, dia 27, que já iniciou também o processo de escolha da organizadora do concurso para 60 vagas de oficial combatente, cujo edital deverá ser publicado em abril. De acordo com o setor, já foi encaminhada a solicitação de orçamento para o Cespe/UnB, Fundação Dom Cintra, Fundação Getulio Vargas, Funcab, Funcefet e IBFC. Para oficial combatente, a escolaridade é o nível médio. O 2º tenente da PM ganha R$4.296,25.

A PM-RJ também planeja a realização de concursos para outras 905 vagas, sendo 690 para cabo auxiliar de saúde, 135 para sargento músico e 80 para oficial de saúde. De acordo com o CRSP, as 690 vagas para cabo auxiliar de saúde deverão contemplar os cargos de técnico de enfermagem (maior parte das vagas), massoterapeuta, auxiliar de saúde bucal, técnico de prótese dentária, técnico de radiologia, técnico de farmácia, técnico de laboratório de análises clínicas e auxiliar de saúde veterinário. A distribuição das vagas só deverá ser informada após a aprovação da seleção por parte da Seplag.

Para as vagas de cabo auxiliar de saúde, o requisito é nível médio/técnico completo. O salário atual é de R$2.744,65. A PM-RJ informou que o valor é o mesmo para os demais cargos que compõem a carreira de cabo auxiliar de saúde. Para concorrer às vagas do 3º sargento músico, é necessário ter o ensino médio, mais formação na área musical. O salário é de R$3.626,94. Já para os oficiais do quadro de Saúde, a exigência será o ensino superior específico. O salário do 1º tenente médico é de R$6.057,60.

Além da escolaridade exigida, para todas as funções, os candidatos devem ter idade entre 18 e 30 anos, exceto os médicos, cujo limite é 35 anos. A altura mínima exigida é de 1,60m, para mulheres, e de 1,65m, para homens. O pedido de concursos para preencher 6.965 vagas está em análise na Secretaria de Estado de Planejamento e Gestão (Seplag), que vai verificar se existem recursos no orçamento para atender à demanda, segundo informou a Assessoria de Imprensa da pasta.










Polícia Militar : Seplag já analisa o concurso para 6.965 vagas
Enviado por admin em 25/02/13 (626 leituras)

A Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro (PM-RJ) encaminhou à Secretaria de Estado de Planejamento e Gestão (Seplag) o pedido de concursos para preencher 6.965 vagas nos cargos de soldado (6 mil), cabo auxiliar de saúde (690), sargento músico (135), oficial combatente (60) e oficial médico (80), informou a Assessoria de Imprensa da pasta. A solicitação já está sendo analisada pela Secretaria de Planejamento, que vai verificar se existem recursos no orçamento para atender à demanda. A PM-RJ aguarda a análise da Seplag o mais rápido possível, já que o objetivo da corporação é divulgar o edital do concurso para soldado em março. Caberá ao governador Sérgio Cabral autorizar as seleções.

Com o objetivo de reforçar o efetivo, principalmente para garantir a segurança nos grandes eventos, como a Copa do Mundo de 2014 e as Olimpíadas de 2016, além de apoiar a pacificação no Rio de Janeiro, o governador já confirmou, em várias ocasiões, a abertura do concurso para 6 mil vagas de soldado, tendo em vista que a área de segurança pública é uma das prioridades do governo. O Centro de Recrutamento e Seleção de Praças (CRSP) da PM-RJ já escolheu o organizador da seleção para soldado, porém, o seu nome só será anunciado após a aprovação da Diretoria de Logística da corporação, responsável pela elaboração do contrato. “Esta semana mandaremos a proposta à Diretoria Logística”, afirmou o chefe do CRSP, tenente-coronel Roberto Vianna.

De acordo com ele, a instituição definida será responsável, além do exame intelectual, pelo médico e psicológico. Dessa forma, a definição da organizadora foi feita por dispensa de licitação, sendo escolhida a que ofereceu o menor preço e que atende com qualidade às necessidades da PM-RJ. Para soldado, além do nível médio, é exigida carteira de habilitação, no mínimo na categoria “B”. O salário inicial é de R$2.382,89. Além disso, são pagas gratificações a quem faz curso de qualificação (R$350) ou trabalha em Unidade de Polícia Pacificadora (R$500 para os praças). “Hoje, o soldado policial militar que quiser se voluntariar para trabalhar no sistema de RAS (Regime Adicional de Serviço), por exemplo, se voluntaria para trabalhar na folga, e ao trabalhar 12 horas, recebe R$225. Então, ele pode tirar até oito serviços por mês, e aumentar consideravelmente os seus ganhos”, explicou o chefe do CRSP.

De acordo com o Centro de Recrutamento e Seleção de Praças (CRSP) da PM-RJ, as 690 vagas para cabo auxiliar de saúde deverão contemplar os cargos de técnico de enfermagem (maior parte das vagas), massoterapeuta, auxiliar de saúde bucal, técnico de prótese dentária, técnico de radiologia, técnico de farmácia, técnico de laboratório de análises clínicas e auxiliar de saúde veterinário. A distribuição só deverá ser informada após a aprovação da seleção por parte da Seplag. Para as vagas de cabo auxiliar de saúde o requisito é nível médio/técnico completo. O salário atual é de R$2.744,65. A PM-RJ ainda não informou se o valor é o mesmo para os demais cargos que compõe a carreira de cabo auxiliar de saúde.

O 3º sargento músico precisa ter o ensino médio, mais formação na área musical. O salário é de R$3.626,94. Para o oficial combatente, a escolaridade é o nível médio. O 2º tenente da PM ganha R$4.296,25. Já para os oficiais do quadro de Saúde, a exigência será o ensino superior específico. O salário do 1º tenente médico é de R$6.057,60. Além da escolaridade exigida, para todas as funções os candidatos devem ter idade entre 18 e 30 anos, exceto os médicos, cujo limite é 35 anos. A altura mínima exigida é de 1,60m, para mulheres, e de 1,65m, para homens.










Polícia Militar : PMERJ: corporação mantém previsão de edital para soldado em março
Enviado por admin em 24/02/13 (681 leituras)



O Centro de Recrutamento e Seleção de Praças (CRSP) da Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro (PM-RJ) mantém a previsão de divulgar na segunda quinzena de março o edital do concurso para soldado, com oferta de 6 mil vagas para quem cursou o ensino médio. Porém, como falta definir a distribuição das vagas pelos gêneros, existe a possibilidade de o edital sofrer um pequeno atraso, embora a corporação não confirme. O CRSP já escolheu o organizador da seleção, porém, o seu nome só será anunciado após a aprovação da Diretoria de Logística da corporação, responsável pela elaboração do contrato. “A instituição definida será responsável, além do exame intelectual, pelo médico e psicológico”, adiantou o chefe do CRSP, tenente-coronel Roberto Vianna.

Para soldado, além do nível médio, é exigida carteira de habilitação, no mínimo na categoria “B”, assim como idade entre 18 e 30 anos. A altura mínima exigida é de 1,60m, para mulheres, e de 1,65m, para homens. O salário inicial é de R$2.382,89. Além disso, são pagas gratificações a quem faz curso de qualificação (R$350) ou trabalha em Unidade de Polícia Pacificadora (R$500 para os praças). “Hoje, o soldado policial militar que quiser se voluntariar para trabalhar no sistema de RAS (Regime Adicional de Serviço), por exemplo, se voluntaria para trabalhar na folga, e ao trabalhar 12 horas, recebe R$225. Então, ele pode tirar até oito serviços por mês, e aumentar consideravelmente os seus ganhos”, esclareceu o chefe do CRSP.

De acordo com o CRSP, considerando os últimos editais, cujas normas devem ser mantidas, o candidato deve ter idade de 18 anos na data da matrícula e no máximo 30 até o último dia de inscrição. Não haverá limite de idade para os candidatos policiais militares. A seleção será uma das mais concorridas, uma vez que melhorias salariais e benefícios, pacificação e modernização estão transformando a carreira de policial militar em uma das mais atrativas do Rio de Janeiro. Os selecionados terão direito a assistência médico-hospitalar para si e seus dependentes, alimentação, fardamento, promoção, pensão policial militar, transferência a pedido para a reserva remunerada, férias, afastamento temporário, licenças, porte de armas e Regime Adicional de Serviço (RAS).

Área de saúde dispõe de 770 vagas

Profissionais da área de saúde que desejam ingressar na carreira militar devem intensificar os estudos. Isso porque a Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro (PM-RJ) planeja a realização de concursos para 770 vagas, sendo 690 de cabo auxiliar de saúde e 80 de oficial de saúde. De acordo com o Centro de Recrutamento e Seleção de Praças (CRSP) da PM-RJ, as oportunidades na primeira função serão para técnico de enfermagem, massoterapeuta, auxiliar de saúde bucal, técnico de prótese dentária, técnico de radiologia, técnico de farmácia, técnico de laboratório de análises clínicas e auxiliar de saúde veterinário, faltando definir a distribuição das vagas.

Para cabo auxiliar de enfermagem, o salário atual é de R$2.744,65. O valor do auxílio-moradia é o mesmo para todos, independentemente do número de dependentes, como as demais gratificações. Os candidatos devem ter idade entre 18 e 30 anos. A altura mínima exigida é de 1,60m, para mulheres, e de 1,65m, para homens. Já para os oficiais do quadro de saúde, a exigência será o ensino superior específico. O salário do 1º tenente médico é de R$6.057,60. Os candidatos devem ter idade entre 18 e 30 anos, exceto os médicos, cujo limite é 35 anos. A altura mínima exigida é de 1,60m, para mulheres, e de 1,65m, para homens.

A previsão do CRSP é que a idade mínima seja considerada no dia da matrícula, e a máxima, no primeiro dia de inscrição, para ambas as funções. Não haverá limite de idade para os candidatos policiais militares. Além das vagas da área de saúde, a PM pretende abrir outras 195, sendo 135 de sargento músico e 60 de oficial combatente. O comandante-geral, coronel Erir Ribeiro Costa Filho, já aprovou a oferta de vagas para oficial combatente. A expectativa é que o edital para oficial combatente seja publicado em abril, segundo o chefe do CRSP, tenente-coronel Roberto Vianna. Porém, os quantitativos das outras seleções deverão passar por um novo estudo da corporação.

Para o 3º sargento músico, a escolaridade é o ensino médio, mais formação na área musical. O salário é de R$3.626,94. Para o oficial combatente, a escolaridade é o ensino médio. O 2º tenente da PM ganha R$4.296,25. Além da escolaridade exigida, os candidatos devem ter idade entre 18 e 30 anos. A altura mínima exigida é de 1,60m, para mulheres, e de 1,65m, para homens.










Polícia Militar : PM-RJ: Definido organizador para 6 mil vagas de soldado
Enviado por admin em 20/02/13 (585 leituras)



O Centro de Recrutamento e Seleção de Praças (CRSP) da Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro (PM-RJ) informou na última segunda,dia 18, que já escolheu o organizador do concurso para 6 mil vagas de soldado, cujo edital deverá ser divulgado em março. Porém, o nome da instituição só será anunciado após a aprovação da Diretoria de Logística da corporação, responsável pela elaboração do contrato.

A instituição definida será responsável, além do exame intelectual, pelo médico e psicológico, conforme havia informado o chefe do CRSP, tenente-coronel Roberto Vianna. Dessa forma, a definição da organizadora foi feita por dispensa de licitação, sendo escolhida a que ofereceu o menor preço e que atende com qualidade às necessidades da PM-RJ.

De acordo com o chefe do CRSP, o pedido do concurso será enviado para aprovação da Secretaria de Estado de Planejamento e Gestão (Seplag) assim que for definida a distribuição das vagas pelos gêneros. Para soldado, além do nível médio, é exigida carteira de habilitação, no mínimo na categoria “B”. Os candidatos devem ter idade entre 18 e 30 anos. A altura mínima exigida é de 1,60m, para mulheres, e de 1,65m, para homens.

A PM-RJ também pretende realizar concursos para o preenchimento de outras 965 vagas, sendo 690 para cabo auxiliar de saúde, 135 para sargento músico, 80 para oficial de saúde e 60 para oficial combatente. O comandante-geral da PM-RJ, coronel Erir Ribeiro Costa Filho, já aprovou a oferta de vagas para oficial combatente, cujo edital deverá ser publicado em abril. Porém, os quantitativos das outras seleções deverão passar por um novo estudo da corporação.

Para as vagas de cabo auxiliar de saúde o requisito é nível médio/técnico completo. Para cabo auxiliar de enfermagem, o salário atual é de R$2.744,65. Para o 3º sargento músico, a escolaridade é o ensino médio, mais formação na área musical. O salário é de R$3.626,94. Para o oficial combatente, a escolaridade é o ensino médio. O 2º tenente da PM ganha R$4.296,25. Já para os oficiais do quadro de Saúde, a exigência será o ensino superior específico. O salário do 1º tenente médico é de R$6.057,60. Além da escolaridade exigida, para todas as funções os candidatos devem ter idade entre 18 e 30 anos, exceto os médicos, cujo limite é 35 anos. A altura mínima exigida é de 1,60m, para mulheres, e de 1,65m, para homens.










Polícia Militar : Soldado da PM-RJ: organizadora do concurso sai nos próximos dias
Enviado por admin em 04/02/13 (587 leituras)



O Centro de Recrutamento e Seleção de Praças (CRSP) da Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro (PM-RJ) adiou a escolha da organizadora do concurso para 6 mil vagas de soldado. O CRSP pretendia escolher até a última quinta-feira, dia 31, mas devido a problemas burocráticos, a definição deverá ocorrer até o final da próxima semana. Porém, o nome da instituição será anunciada após a aprovação da Diretoria Logística da corporação, que é a responsável pela elaboração do contrato.

De acordo com o chefe do CRSP, tenente-coronel Roberto Vianna, já foi encaminhada a solicitação de orçamento para seis instituições organizadoras. Dessa forma, a definição da organizadora seria feita por dispensa de licitação, sendo escolhida a instituição que oferecer o menor preço e que atenda com qualidade às necessidades da PM-RJ. Para soldado, além do nível médio, é exigida carteira de habilitação, no mínimo na categoria “B”. Os candidatos devem ter idade entre 18 e 30 anos. A altura mínima exigida é de 1,60m, para mulheres, e de 1,65m, para homens.

“A idade obedece à Lei nº4.381, que trata do estatuto do policial militar. Ele ingressa para servir por 30 anos. A lei determina que ao atingir 60 anos, será transferido obrigatoriamente para a reserva remunerada. Então, 60 anos, menos 30 de serviço, teríamos a idade de ingresso, que seria 30 anos”, afirmou o chefe do CRSP. A partir de sexta, 1º de fevereiro, o salário será de R$2.382,89. Além disso, são pagas gratificações a quem faz curso de qualificação (R$350) ou trabalha em Unidade de Polícia Pacificadora (R$500 para os praças).










Polícia Militar : Concurso da Polícia Militar: Organizadora pode sair até quinta, 31
Enviado por admin em 28/01/13 (586 leituras)



A Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro (PM-RJ) está intensificando os preparativos do concurso para 6 mil vagas de soldado. O Centro de Recrutamento e Seleção de Praças (CRSP) da PM-RJ encaminhará nos próximos dias o pedido de abertura da seleção para aprovação da Secretaria de Estado de Planejamento e Gestão (Seplag), cujo edital deverá ser publicado em março. O governador Sérgio Cabral ressaltou diversas vezes a importância dos novos agentes da lei no processo de paz, implantado desde o início do seu primeiro mandato, em 2007. Com o objetivo de reforçar o efetivo, principalmente para garantir a segurança de grandes eventos, como a Copa do Mundo de 2014 e as Olimpíadas de 2016, além de apoiar a pacificação no Rio de Janeiro, o governador já confirmou, em inúmeras ocasiões, a abertura do concurso para 6 mil vagas de soldado, tendo em vista que a área de Segurança Pública é uma das prioridades do governo.

O CRSP pretende definir a organizadora da seleção para soldado até esta quinta-feira, dia 31. De acordo com o chefe do CRSP, tenente-coronel Roberto Vianna, já foi encaminhada a solicitação de orçamento para seis instituições organizadoras. Dessa forma, a escolha da organizadora seria feita por dispensa de licitação, com a empresa que oferecer o menor preço e que atenda com qualidade às necessidades da PM-RJ. “A instituição escolhida será responsável, além do exame intelectual, pelo médico e psicológico”, afirmou. Para soldado, além do nível médio, é exigida carteira de habilitação, no mínimo, na categoria “B”. O salário atual, de R$1.919,74, passará, em fevereiro de 2013, para R$2.382,89. Além disso, são pagas gratificações a quem faz curso de qualificação (R$350) ou trabalha em Unidade de Polícia Pacificadora (R$500 para os praças). Além da escolaridade exigida para todas as funções, os candidatos devem ter idade entre 18 e 30 anos, exceto os médicos, cujo limite é 35 anos. A altura mínima exigida para as funções é de 1,60m, para mulheres, e de 1,65m, para homens.

Mais oportunidades – Além das vagas para soldado, a PM-RJ pretende abrir outras 965 vagas, sendo 690 para cabo auxiliar de saúde, 135 para sargento músico, 80 para oficial de saúde e 60 para oficial combatente. Para as vagas de cabo auxiliar de saúde, o requisito é nível médio/técnico completo. Para cabo auxiliar de enfermagem, o salário atual é de R$2.211,19, e em fevereiro, passará para R$2.744,65. Para o 3º sargento músico, a escolaridade é o ensino médio, mais formação na área musical. O salário em fevereiro será de R$3.626,94. Para o oficial combatente, a escolaridade é o ensino médio. Em fevereiro, o 2º tenente da PM ganhará R$4.296,25. Já para os oficiais do quadro de Saúde, a exigência será o ensino superior na área de formação. O salário do 1º tenente médico é de R$4.880,22, e em fevereiro, passará para R$6.057,60. O comandante-geral da PM-RJ, coronel Erir Ribeiro Costa Filho, aprovou a oferta de vagas para oficial combatente, cujo edital deverá ser publicado no primeiro semestre deste ano. Porém, os quantitativos das outras seleções deverão passar por um novo estudo da corporação.











Polícia Militar : 6 mil vagas para soldado. 2º grau. Edital previsto para março
Enviado por admin em 22/01/13 (570 leituras)



O comandante-geral da Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro (PM-RJ), coronel Erir Ribeiro Costa Filho, aprovou a oferta de 6 mil vagas para soldado, cuja reavaliação havia sido solicitada pela Diretoria Geral de Pessoal da PM-RJ para o Centro de Recrutamento e Seleção de Praças (CRSP). Agora, o pedido será enviado para aprovação da Secretaria de Estado de Planejamento e Gestão (Seplag). A oferta já era a prevista inicialmente pela corporação. Agora, faltando apenas definir quantas vagas serão para homens e mulheres. “A PM-RJ deverá publicar o edital do concurso para soldado em março de 2013”, enfatizou o coronel Erir Filho.

O coronel Erir Ribeiro Costa Filho também aprovou 60 vagas para oficial combatente, cujo edital deverá ser publicado no primeiro semestre deste ano. Além disso, confirmou a realização das outras seleções da corporação programadas para 2013: cabo auxiliar de saúde (690), sargento músico (135), oficial de saúde (80). Porém, os quantitativos deverão passar por um novo estudo da PM-RJ. Após a aprovação do quantitativo exato, a PM-RJ pretende enviar, ainda este mês, novo ofício à Seplag, para que sejam autorizados os concursos, de acordo com o chefe do CRSP, tenente-coronel Roberto Vianna.

Ainda segundo ele, todos os esforços estão sendo feitos pela corporação no sentido de definir a organizadora da seleção para soldado, cujo concurso é prioridade da PM-RJ. Segundo ele, já foi encaminhada a solicitação de orçamento para seis instituições organizadoras. Dessa forma, a escolha da organizadora seria feita por dispensa de licitação, com a empresa que oferecer o menor preço e que atenda com qualidade às necessidades da PM-RJ. “A instituição escolhida será responsável, além do exame intelectual, pelo médico e psicológico”, afirmou o tenente-coronel Roberto Vianna.

Para soldado, além do nível médio, é exigida carteira de habilitação, no mínimo na categoria “B”. O salário atual, de R$1.919,74, passará, em fevereiro de 2013, para R$2.382,89. Além disso, são pagas gratificações a quem faz curso de qualificação (R$350) ou trabalha em Unidade de Polícia Pacificadora (R$500 para os praças). Para as vagas de cabo auxiliar de saúde, o requisito é nível médio/técnico completo. Para cabo auxiliar de enfermagem, o salário atual é de R$2.211,19, e em fevereiro passará para R$2.744,65. Para o 3º sargento músico, a escolaridade é o ensino médio, mais formação na área musical. O salário em fevereiro será de R$3.626,94. Para o oficial combatente, a escolaridade é o ensino médio. Em fevereiro, o 2º tenente da PM ganhará R$4.296,25.

Para os oficiais do quadro de saúde, a exigência será o ensino superior na área de formação. O salário do 1º tenente médico é de R$4.880,22, e em fevereiro passará para R$6.057,60. Além da escolaridade exigida para todas as funções, os candidatos devem ter idade entre 18 e 30 anos, exceto os médicos, cujo limite é 35 anos. A altura mínima exigida para as funções é de 1,60m, para mulheres, e de 1,65m, para homens.´











Polícia Militar : PMERJ 2013: Governador volta a garantir abertura de concurso para soldado
Enviado por admin em 03/01/13 (677 leituras)



O governador Sérgio Cabral voltou a garantir na última quinta-feira, dia 28, que o concurso para soldado da Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro (PM-RJ) será realizado já no primeiro trimestre de 2013. “Nós continuaremos a promover concursos para contratação de pessoal, pois as Unidades de Polícia Pacificadora (UPPs) e os batalhões carecem de efetivo, apesar de termos avançado nos batalhões com o Regime Adicional de Serviço (RAS)”, enfatizou. O governador confirmou a oferta de 6 mil vagas, e ainda afirmou que o quantitativo poderá ser ampliado. “Como certamente teremos um banco de aprovados superior a esse número, como no último concurso, poderemos também até utilizar a mais”, afirmou.

De acordo com o chefe do Centro de Recrutamento de Seleção de Praças (CRSP) da PM-RJ, tenente-coronel Roberto Vianna, o estudo que apontou a necessidade de abertura de concursos para 6.965 vagas em diversos cargos será reavaliado nos próximos dias, conforme solicitou a Diretoria Geral de Pessoal da corporação. Em virtude disso, apesar de o governador ter garantido 6 mil vagas para soldado, é possível que a oferta de seja alterada para mais ou para menos. A PM-RJ pretende enviar até este mês novo ofício à Secretaria Estadual de Planejamento (Seplag), para autorizar os concursos com o quantitativo que será definido.

Para soldado, além do nível médio, é exigida carteira de habilitação, no mínimo na categoria “B”. O salário atual, de R$1.919,74, passará, em fevereiro de 2013, para R$2.382,89. Além disso, são pagas gratificações a quem faz curso de qualificação (R$350) ou trabalha em Unidade de Polícia Pacificadora (R$500 para os praças). Além da escolaridade exigida, os candidatos devem ter idade entre 18 e 30 anos. A altura mínima exigida é de 1,60m, para mulheres, e de 1,65m, para homens.

O último concurso para soldado da PM-RJ foi aberto em 2010, para 3.600 vagas, mas foram convocados 13 mil aprovados. A organização foi feita pelo CRSP, da própria PM. Na ocasião, os candidatos foram avaliados por meio de provas objetivas, sobre Direitos Humanos, Legislação de Trânsito, Informática, Noções de Sociologia, História do Brasil, Geografia do Rio de Janeiro e Língua Portuguesa. Os aprovados no exame objetivo foram submetidos a uma redação. Ainda houve exame antropométrico, exames médicos, testes físicos, investigação social e documental e o curso de formação, com duração de seis meses.

Programação de mais quatro concursos

Além das vagas para soldado, a Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro (PM-RJ) pretende abrir outras 965 vagas, sendo 690 para cabo auxiliar de saúde, 135 para sargento músico, 80 para oficial de saúde e 60 para oficial combatente. O comandante-geral da PM-RJ, coronel Erir Ribeiro da Costa Silva, confirmou , no último dia 20, a realização das seleções em 2013. Para as vagas de cabo auxiliar de saúde, o requisito é nível médio/técnico completo. As oportunidades serão para auxiliares de enfermagem e de odontologia, mas outras carreiras podem ser incluídas, como técnicos em Veterinária, Massoterapia e Prótese Dentária, entre outras. A distribuição das vagas também ainda não foi definida. Para cabo auxiliar de enfermagem, o salário atual é de R$2.211,19, e em fevereiro passsará para R$2.744,65.

Para o 3º sargento músico, a escolaridade é o ensino médio, mais formação na área musical. O salário em fevereiro será de R$3.626,94. Para o oficial combatente, a escolaridade é o ensino médio. Em fevereiro, o 2º tenente da PM ganhará R$4.296,25. Para os oficiais do quadro de saúde, a exigência será o ensino superior na área de formação. Serão abertas vagas de médico, psicólogo, nutricionista, enfermeiro e veterinário, e outras funções poderão ser incluídas. As vagas da Saúde serão para o Rio, Niterói e policlínica de São João de Meriti, na Baixada Fluminense. O salário do 1º tenente médico é de R$4.880,22, e em fevereiro passará para R$6.057,60. Além da escolaridade exigida, os candidatos devem ter idade entre 18 e 30 anos, exceto os médicos, cujo limite é 35 anos. A altura mínima exigida para as funções é de 1,60m, para mulheres, e de 1,65m, para homens.













Polícia Militar : PMERJ: Comandante confirma os novos concursos em 2013
Enviado por admin em 27/12/12 (787 leituras)



O comandante-geral da Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro (PM-RJ), coronel Erir Ribeiro Costa Filho, garantiu na última quinta-feira, dia 20, que o concurso para 6 mil vagas de soldado será mesmo realizado no próximo ano. O anúncio foi feito durante a solenidade de entrega da Medalha de Mérito Eleitoral, no TRE-RJ, que contemplou com a comenda as autoridades que integraram o Centro de Comando e Controle das Eleições 2012.

Além disso, confirmou a realização das outras seleções da corporação programadas para 2013: cabo auxiliar de saúde (690), sargento músico (135), oficial de saúde (80) e oficial combatente (60 oportunidades). “Os candidatos devem estudar, e não se prepararem única e exclusivamente para o exame intelectual, dando atenção aos testes físicos”, enfatizou. Com o veto parcial da presidente Dilma Rousseff ao Projeto de Lei nº 2.565, que redistribuia os royalties do petróleo, a abertura dos concursos ganhou mais força, uma vez que o Estado do Rio precisa estar preparado para instalar novas Unidades de Polícia Pacificadora (UPPs), assim como para os megaeventos internacionais que vão acontecer até 2016.

De acordo com o chefe do Centro de Recrutamento de Seleção de Praças (CRSP) da PM-RJ, tenente-coronel Roberto Vianna, o estudo que apontou a necessidade de abertura de concursos para 6.965 vagas em diversos cargos será reavaliado, conforme solicitou a Diretoria Geral de Pessoal da corporação. Em virtude disso, é possível que a oferta de vagas seja alterada para mais ou para menos. A PM-RJ pretende enviar em janeiro novo ofício à Secretaria Estadual de Planejamento (Seplag), para autorizar os concursos com o quantitativo que será definido.

Após o sinal verde formal da Seplag para a abertura das seleções, o CRSP pretende iniciar junto à Diretoria Logística da PM a elaboração do edital de licitação para a escolha da organizadora. Ainda segundo o tenente-coronel Roberto Vianna, a intenção é contratar uma única instituição para realizar os cinco concursos, sendo de responsabilidade dela, além do exame intelectual, o médico e o psicológico. Para soldado, que requer nível médio, também é exigida carteira de habilitação, no mínimo, na categoria “B”. Para as vagas de cabo auxiliar de saúde, o requisito é o nível médio/técnico completo. Já para oficial de saúde é preciso ter o nível superior. E para sargento músico, o médio. Além da escolaridade exigida, os candidatos devem ter idade entre 18 e 30 anos, exceto os médicos, cujo limite é 35 anos.













Polícia Militar : Concurso da PMERJ: Intenção é liberar edital para soldado até março
Enviado por admin em 23/12/12 (751 leituras)






O edital do concurso para soldado da Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro (PM-RJ), anteriormente previsto para janeiro, deverá ser liberado até março, pois a Diretoria Geral de Pessoal da corporação solicitou uma reavaliação dos números de todas seleções da corporação programadas para 2013. Em princípio, as oportunidades são para soldado (6 mil), cabo auxiliar de saúde (690), sargento músico (135), oficial de saúde (80) e oficial combatente (60).

De acordo com o chefe do Centro de Recrutamento de Seleção de Praças (CRSP) da PM-RJ, tenente-coronel Roberto Vianna, o estudo que apontava a necessidade de abertura de concursos para 6.965 vagas em diversos cargos foi elaborado em maio e, por isso, já está defasado. Em virtude disso, é possível que a oferta de vagas seja alterada para mais ou para menos. A PM-RJ pretende enviar em janeiro novo ofício à Secretaria Estadual de Planejamento (Seplag), para autorizar os concursos com o quantitativo que será definido.

Acredita-se que o número de vagas para soldado deverá ter aumento, devido à necessidade de reforçar o efetivo, considerando, principalmente, a programação de instalação de Unidades de Polícia Pacificadora (UPPs), assim como os megaeventos internacionais, programados até 2016. A organizadora dos concursos não foi definida ainda, mas como o IBFC aplicou a prova para oficial, são grandes as chances dele também ser responsável pela seleção para soldado.

O cargo de soldado exige nível médio e carteira de habilitação, no mínimo na categoria “B”. Para as vagas de cabo auxiliar de saúde o requisito é nível médio/técnico completo. Já para oficial combatente, pede-se nível médio. No caso de oficial de saúde, é preciso ter feito curso superior, e para sargento músico é exigido o nível médio. Para todas as funções, os candidatos devem ter idade entre 18 e 30 anos, exceto os médicos, cujo limite é 35 anos.













« 1 2 3 4 (5) 6 7 8 »
LOJA VIRTUAL - PAGSEGURO
Baixe o Aplicativo
Cursos Kids
Login no Site
Pesquisa no Site
Notícias e Concursos
Julho 2019
S T Q Q S S D
1 2 3 4 5 6 7
8 9 10 11 12 13 14
15 16 17 18 19 20 21
22 23 24 25 26 27 28
29 30 31        
Enquete
Qual a sua área de interesse nos concursos?
Colégios do Ensino Fundamental 16 % 16%
Escolas Técnicas 11 % 11%
Marinha 21 % 21%
Exército 17 % 17%
Aeronáutica 18 % 18%
Vestibulares 2 % 2%
Concursos Públicos 12 % 12%
Visitantes Online
1 visitantes online (1 na seção: Notícias sobre Concursos)

Usuários: 0
Visitantes: 1

mais...
Cape Cursos Preparatórios © 2006-2015 - Todos os direitos reservados - Rua Estância 25 - 2º Andar - Realengo - RJ - Cep: 21715-440
Início Cape Cursos Preparatórios Cursos Preparatórios Preços dos Cursos Preparatório - 5º Ano Apostilas Preparatórias Simulados Online Notícias Concursos Concursos Galeria de Fotos Localização Contato Plataforma Digital Área do Aluno Inscreva-se no Canal!