Fotografia

Tecnólogo

Esse tecnólogo atua em jornais, revistas, estúdios fotográficos, emissoras de TV, no cinema e em agências de publicidade e de notícias, captando e reproduzindo imagens de pessoas, paisagens e objetos ou de acontecimentos políticos, culturais ou históricos. Para exercer a profissão é necessário dominar técnicas de iluminação, enquadramento e composição de cena. Cabe a ele também ajustar uma foto ao contexto do momento.

MERCADO DE TRABALHO
O mercado para o tecnólogo em fotografia está em expansão. Ele encontra trabalho em jornais, revistas, sites, assessorias de imprensa e agências de publicidade, sobretudo nos grandes centros como São Paulo (SP), Rio de Janeiro (RJ), Porto Alegre (RS), Curitiba (PR), Belo Horizonte (MG) e Brasília (DF).

Esses setores necessitam de profissionais qualificados e com conhecimentos de produção, pós-produção e tratamento de imagens, além de edição e direção de fotografia. Outro mercado aberto é a cobertura de eventos, principalmente desfiles de moda e acontecimentos sociais e corporativos. Geralmente, ele atua como autônomo, cobrando por “saída” ou por serviço. No entanto, algumas agências de publicidade e editoras de livros, jornais e revistas, mantêm esses profissionais nos quadros fixos de colaboradores.
$ Salário médio inicial: R$ 1.500 ou R$ 400 por uma saída de três horas

O CURSO
Disciplinas como ética, história da arte, história da fotografia no Brasil, teoria da comunicação, forma e composição e filosofia da imagem formam a base teórica do curso. Entre as específicas estão fotografia publicitária, digital, de eventos, direção fotográfica e fotojornalismo. Na prática, você aprende as técnicas para retratar vários tipos de cena. Há aulas em laboratórios de revelação.

Duração média: dois anos.

_EDITO_COMEFROMCursos Preparatórios Para Concursos : http://capecurso.com.br/site/modules/edito/content.php?id=198