Comunicação das Artes do Corpo

Bacharelado

São as técnicas usadas para entender o corpo como meio de comunicação entre o homem e a sociedade. O bacharel em comunicação das artes do corpo é, antes de tudo, um artista. Usando técnicas de dança e artes cênicas, esse profissional tem uma visão ampla e crítica da comunicação e das artes do corpo e as utiliza como meio de comunicação com a sociedade em que vive. Com suas habilidades de interpretação, ele pode atuar em peças teatrais, conceber os próprios espetáculos e ainda criar personagens baseados em pesquisas críticas feitas na sociedade. Como é um profissional do corpo, ele utiliza os movimentos corporais em espetáculos de dança, apresentações como performer e ainda na criação de novas coreografias. Sua atuação, porém, não está restrita aos palcos. Ele pode buscar trabalho em ambientes não convencionais, como na moda, na publicidade e na mídia e em centros culturais.

MERCADO DE TRABALHO
Como é um curso novo, ainda há poucos bacharéis no mercado e a maioria trabalha como free lancer. As melhores chances estão nas secretarias de cultura, nos centros de recreação e lazer, nas escolas e nos centros culturais. Nesses locais, o profissional atua em curadoria e coordenação de equipes, além de definir a programação de shows, produzir espetáculos e promover eventos. A preparação de modelos e atores no que diz respeito ao condicionamento físico e correção postural, por exemplo, é um campo em ascensão. Muitos desenvolvem trabalhos próprios de dança e expressão corporal e buscam apoio nas licitações para incentivo à cultura ou ingressam em companhias de dança. Cresce o interesse de organizações não-governamentais por esse profissional nas áreas de projetos culturais e sociais. As melhores ofertas estão no eixo Rio–São Paulo. Para expandir e garantir o mercado de trabalho, os profissionais se organizam e atuam em cooperativas, como a Cooperdança, em São Paulo, formada por comunicadores das artes do corpo.
$ Salário médio inicial: R$ 1.000

O CURSO
O curso mescla disciplinas teóricas com as práticas. O aluno estuda artes do corpo, improvisação, filosofia, humor, semiótica, mercado cultural, etologia, teoria dos sistemas, interpretação e imagem. Além disso, deve cumprir uma parte da grade curricular com matérias optativas. Dessa forma, ele pode direcionar seu curso para áreas específicas, como dança, teatro ou performance. As disciplinas mudam conforme a opção. Em dança, por exemplo, estudam-se dramaturgia para dança, dança-teatro, história do corpo na dança, entre outras. Já em teatro, há história do teatro, dramaturgia e interpretação teatral. Em performance, são objetos de estudo as mãos e o corpo, os pés e o corpo, comunicação corporal, o corpo e seus humores, entre outros. No fim do curso é preciso apresentar um trabalho de conclusão.

Duração média: quatro anos.

O QUE VOCÊ PODE FAZER
Coreografia
Definir e planejar a seqüência de movimentos que serão realizados por bailarinos em espetáculos de dança.

Criação
Criar e produzir espetáculos de teatro e de dança e ainda criar novos personagens para ser apresentados nos palcos.

Interpretação
Representar um personagem em espetáculos teatrais usando expressão corporal e facial.

Gerenciamento
Coordenar equipes de lazer e determinar a grade de programação em centros culturais, clubes e escolas.

Pesquisas
Desenvolver pesquisas críticas sobre o corpo e seus movimentos.

_EDITO_COMEFROMCursos Preparatórios Para Concursos : http://capecurso.com.br/site/modules/edito/content.php?id=147