Agronegócios e Administração Rural

Bacharelado

É o conjunto de conhecimentos usados para planejar e gerenciar as atividades de uma propriedade rural. O bacharel em Agronegócios e Administração Rural coordena, planeja e organiza propriedades rurais e agroindustriais visando ao desenvolvimento rural sustentável. Com suas habilidades, define as estratégias que serão usadas durante toda a safra. Planeja a produção determinando os serviços necessários para a criação dos rebanhos ou para a produção agrícola. Define ainda quantos funcionários serão contratados a cada safra. Também é de sua responsabilidade verificar os custos da produção e determinar o valor final do produto, buscando a rentabilidade do negócio. Pode atuar em fazendas, propriedades rurais de médio e pequeno portes e ainda em empresas e indústrias que comercializam insumos para a área rural. Em órgãos públicos, o profissional pode atuar assessorando secretarias de Agricultura, Administração, Planejamento e a de Meio Ambiente nos cuidados com o solo, com a produtividade, com a orientação a pequenos produtores e com o meio ambiente.

MERCADO DE TRABALHO
O mercado está favorável para o agronegócio. Segundo o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, o Brasil é o principal produtor e exportador mundial de café, açúcar, álcool e frutas. Também lidera o ranking de vendas de soja, carne bovina, carne de frango e couro. A expectativa é tão boa que, de acordo com a Conferência das Nações Unidas para o Comércio e Desenvolvimento (Unctad), o país será o maior produtor de alimentos na próxima década. Além disso, aumenta a procura por esse profissional no que hoje tem sido chamado de agroenergia, cultivo de matérias-primas como a mamona para geração de bioenergia. Com o objetivo de profissionalizar-se, cresce a solicitação por administradores rurais, principalmente nas médias e pequenas propriedades em todas as regiões do país. Outro setor em ascensão é o de consultoria. Nesse caso, eles são contratados por indústrias e fazendas para fazer estudos que objetivem maior produtividade e rentabilidade. A área comercial também demanda muitos bacharéis, já que para vender os produtos é preciso conhecer as características da produção agropecuária.
$ Salário médio inicial: R$ 1.800

O CURSO
Nos dois primeiros anos, o aluno estuda as matérias mais específicas da área de administração, como contabilidade, finanças, administração de agronegócio, administração de recursos humanos, economia, análise de custos e direito. Já nos últimos anos entram as matérias mais relacionadas ao agronegócio, como mercado do agronegócio, cadeias agroindustriais, mercado internacional, política agropecuária, marketing do agronegócio. Em algumas escolas ainda há aulas de inglês e espanhol. No último ano é necessário fazer um estágio supervisionado. Na hora de prestar o vestibular é preciso ficar atento. Em algumas escolas, como a UFF e a UTFPR, o curso forma engenheiros de agronegócios e de produção agroindustrial.
Duração média: quatro anos.
Outros nomes: Adm. de Empr. Rurais e Coop.; Adm. em Agroneg.; Agroind.; Agroneg.; Desenv. Rural e Gestão Agroind.; Eng. de Agroneg.; Eng. de Prod. Agroind.; Gestão de Agroneg.; Gestão do Agroneg.

O QUE VOCÊ PODE FAZER
Administração rural
Coordenar, planejar e organizar propriedades rurais de pequeno, médio e grande portes, cuidando da gestão de pessoas, dos custos da produção e do contato com fornecedores e clientes.

Consultoria
Prestar assessorias a órgãos públicos e privados na área de gestão do agronegócio, definindo estratégias de produção e estudos de aproveitamento do solo.

Desenvolvimento de produtos
Desenvolver defensivos agrícolas e outros produtos que visem a otimizar a produção.

Planejamento de produção
Definir com o agrônomo os tipos e como será feita a plantação em cada safra, os custos e o preço final do produto.

Vendas
Atuar em grandes indústrias vendendo equipamentos e insumos ao setor agrícola.

_EDITO_COMEFROMCursos Preparatórios Para Concursos : http://capecurso.com.br/site/modules/edito/content.php?id=134