Bioenergia

Tecnólogo

Esse tecnólogo detém conhecimento dos processos de obtenção de bioenergia, ou seja, a energia proveniente de produtos de origem animal e vegetal, como cana-de-açúcar, carvão vegetal, gordura vegetal e grãos, que é transformada. Ele pode atuar no desenvolvimento de novos produtos bioenergéticos – como o álcool combustível e o biodiesel – e no controle da produção e da qualidade das fontes alternativas de energias. Também cuida de gerenciamento, logística, vendas, segurança do trabalho e gestão de recursos humanos de empresas do setor. Outra responsabilidade desse profissional é analisar se a produção afeta o meio ambiente. Pode atuar em usinas, destilarias, na agroindústria ou como consultor, com a prestação de serviços às empresas do setor.

MERCADO DE TRABALHO
Ainda não existe esse profissional no mercado. A primeira turma se forma em 2009 na Faculdade Orígenes Lessa (Facol), de Lençóis Paulista (SP). Há boa expectativa, já que o Brasil é líder mundial na produção de álcool etílico e pioneiro no estudo do biocombustível. Só o estado de São Paulo possui 168 usinas, demandando muitos profissionais especializados. Há procura também no sul de Minas Gerais e nos estados das regiões Norte e Centro-Oeste, onde estão sendo instaladas novas usinas.
$ Salário médio inicial: R$ 2.000

O CURSO
O curso mescla disciplinas da área de administração com aquelas ligadas à bioenergia. Assim o aluno estuda contabilidade, logística, desenvolvimento de mercado, sociologia e filosofia. Além disso, aprende química, biologia, física e preservação ambiental, processos de biodiesel e álcool e gestão da produção. Há muitas aulas práticas. Em química, por exemplo, faz análise do teor de sacarose da cana e verifica a acidez numa amostra de óleo. Já na usina-piloto ele acompanha a produção do biodiesel ou do álcool e monitora o andamento do tratamento de efluentes.

Duração média: 3 anos.

_EDITO_COMEFROMCursos Preparatórios Para Concursos : http://capecurso.com.br/site/modules/edito/content.php?id=118