Gerontologia

Bacharelado

É a ciência que estuda o processo de envelhecimento humano de modo a atender às necessidades físicas, emocionais e sociais do idoso. O bacharel em Gerontologia cria, planeja e organiza projetos que visam ao bem-estar do idoso em seus aspectos psicológico, físico e social. Além de prever e dimensionar os problemas, ele assiste as pessoas da terceira idade, atuando também no combate ao preconceito e a atos considerados inapropriados de famílias e organizações assistenciais. Também é habilitado para trabalhar com grupos específicos que necessitam de cuidados especiais, como os portadores de problemas mentais, moradores de rua, imigrantes e idosos que vivem sós. Com base em seus conhecimentos, esse profissional serve como elo entre os médicos especialistas em gerontologia e os que atuam na atenção básica.

MERCADO DE TRABALHO
Esse profissional ainda não existe no mercado, já que a primeira turma se formará no final de 2008 na USP Leste. Porém, o crescimento da população de idosos e o aumento da expectativa de vida dos brasileiros fazem com que esse bacharel encontre o mercado de portas abertas. Os principais empregadores são hospitais, ambulatórios, clínicas especializadas e unidades básicas de saúde. Ele também deverá ser solicitado para atuar em programas de assistência domiciliar, centros de saúde e de convivência. Há perspectiva de emprego ainda em ONGs que trabalham no atendimento a idosos. Outro campo que deve crescer é o do ensino para dar aulas para trabalhadores da área de saúde e para leigos sobre os cuidados com os idosos. As regiões Sul e Sudeste, que abrigam a maior população de pessoas com mais de 60 anos, são as que concentram as melhores oportunidades. Além dos grandes centros urbanos, como a capital paulista e Brasília, devem surgir vagas em cidades de médio porte. Em São Paulo há condomínios de alto padrão para idosos que contratam profissionais de gerontologia para prestar assistência no local.
$ Salário médio inicial: R$ 1.500

O CURSO
O currículo é dividido em áreas temáticas, como biológicas e sociais, fundamentos para atuação na área de saúde, assistência ao idoso e administração relacionada a programas e serviços de saúde. Assim, você estuda disciplinas como psicogerontologia, psicologia, epidemiologia, bioestatística e biologia do envelhecimento. Também compõem a grade curricular o cuidado gerontológico, o idoso na família e na comunidade, a assistência ao idoso hospitalizado, a alimentação e nutrição do idoso, a assistência domiciliar e políticas e programas de saúde do idoso. No último ano, é exigida a realização de estágios.
Duração média: quatro anos.

O QUE VOCÊ PODE FAZER

Apoio familiar
Atuar no aconselhamento e orientação psicológica de familiares visando a aumentar a qualidade de vida dos idosos.

Capacitação
Preparar cuidadores de idosos - ocupação reconhecida pelo Código Brasileiro de Ocupações.

Planejamento
Planejar, promover e coordenar ações para informar a população sobre os cuidados específicos com os idosos. Propor ações para solucionar os problemas da terceira idade, levando em conta as principais doenças que a acometem e fatores sociopolíticos e culturais.

_EDITO_COMEFROMCursos Preparatórios Para Concursos : http://capecurso.com.br/site/modules/edito/content.php?id=104