Plataforma EAD
Menu
Siga-nos
Indique o Site
Destaques no Site
Guia das Profissões

Guia das Profissões > Ciências Biológicas

Ciências Biológicas
Bacharelado

O estudo da vida é apenas o ponto de partida para o biólogo. Daí em diante, quem segue essa carreira tem um mercado de trabalho muito amplo. Pode, por exemplo, dedicar-se a temas atuais, como as pesquisas de célula-tronco, optar pelo mundo acadêmico ou ainda estudar o meio ambiente. O profissional pesquisa a origem, a evolução, a estrutura e o funcionamento dos seres vivos. Analisa as relações entre os diversos seres e entre eles e o meio ambiente. É fundamental na descoberta de aplicações de organismos na indústria e na medicina, na fabricação de medicamentos, bebidas e alimentos.

“O desenvolvimento econômico muitas vezes é colocado como algo a ser alcançado a qualquer custo, e às vezes trabalhar em conflito com isso é um desafio. Assim, o biólogo que escolher a docência precisa, além de gostar de pedagogia, perceber sua importância na formação básica dos jovens, tratando de assuntos como saúde pública, tratamento do lixo, escassez da água, qualidade do ar e o uso de combustíveis fósseis”, explica Rodrigo Leão de Moura, 36 anos, biólogo da Conservação Internacional, em Caravelas (BA). Em tempos de crise ambiental, em que a degradação dos recursos naturais do planeta dá sinais de que estamos à beira do colapso, a figura do biólogo faz-se fundamental. “Trabalho em um programa de conservação marinha, no qual delineamos redes de áreas protegidas para preservar as espécies e para garantir a manutenção do potencial pesqueiro de forma sustentável. Em boa parte do tempo as atividades são em campo, com coleta de dados, estudo da biodiversidade dos recifes e monitoramento das áreas para avaliar os efeitos da proteção e da ausência dela”, diz Moura.

MERCADO DE TRABALHO
Genoma, biologia molecular e bioinformática (desenvolvimento de programas para estudos do genoma) são as áreas que mais crescem para o biólogo, com as melhores ofertas no sudeste e sul do país. As regiões Norte e Nordeste têm especial demanda pelos profissionais dedicados à área ambiental, principalmente em órgãos públicos, elaborando relatórios de impacto ambiental. Os investimentos em pesquisa de biocombustíveis também geram emprego, especialmente no Sudeste e Centro-Oeste. Uma área que desponta é a de biologia agrícola, na qual o profissional realiza o manejo da fauna e da flora e a recuperação de locais degradados, especialmente no Norte e Nordeste. “No país, a procura ainda é maior por um profi ssional muito especializado. Por isso, vários alunos ingressam diretamente no mestrado ou no doutorado antes de entrar para o mercado de trabalho”, conta Marcílio de Almeida, coordenador do curso de Ciências Biológicas da Universidade de São Paulo (USP), campus Piracicaba.
$ Salário médio inicial: R$ 2.400

O CURSO
Que ninguém se iluda: o currículo de Ciências Biológicas é carregado de matemática. Aulas de física e estatística dividem a grade com as disciplinas específicas, como zoologia, genética e botânica. Durante os quatro anos de curso há também práticas de laboratório e pesquisa em campo. Ainda que não seja remunerado, um estágio vale muito na hora de procurar uma colocação no mercado. Algumas escolas exigem trabalho de conclusão de curso. Para dar aulas no ensino fundamental ou médio é preciso cursar a licenciatura que, em algumas instituições, são oferecidas com diferentes denominações, como Ciências (biologia), Ciências Naturais (biologia) e Educação (ciências biológicas). Como em qualquer área, para lecionar no ensino superior é necessário ter pós-graduação.

Outros nomes: Biol.; Biol. e Quím.; Ciên.; Ciên. (biol. e quím.); Ciên. (biol.); Ciên. da Natureza; Ciên. da Natureza (biol.); Ciên. da Natureza para o Ens. Fundam., Ciên. Naturais; Ciên. Naturais (biol.); Educ. (ciên. biol.); Educ. (ciên.: biol.).

O QUE VOCÊ PODE FAZER
Bioinformática
Desenvolver programas de computação para uso em pesquisas genéticas.

Biologia marinha
Pesquisar o cultivo, a reprodução e o beneficiamento de animais e organismos no mar ou em água doce.

Controle de pragas e vetores
Planejar e aplicar técnicas para controlar a transmissão de doenças entre animais e diminuir o impacto de pragas em lavouras.

Ensino
Lecionar em escolas do ensino fundamental, médio ou em faculdades.

Genética e biotecnologia
Criar, manipular, reproduzir e estudar organismos em laboratório, buscando a melhoria de espécies animais e vegetais. Pesquisar a utilização de microrganismos na produção de medicamentos e alimentos. Realizar exames para o diagnóstico de doenças genéticas ou a determinação da paternidade, com base na análise de DNA.

Gerenciamento costeiro
Administrar o uso do mar e do solo em regiões costeiras, com o objetivo de minimizar o impacto na biodiversidade e preservar a qualidade de vida na região.

Meio ambiente
Promover programas de preservação de animais e vegetais, em órgãos públicos, ONGs, parques e reservas ecológicas. Elaborar relatórios de impacto ambiental.

Microbiologia
Investigar bactérias, fungos e vírus para a produção de alimentos e remédios.

_EDITO_PRINT
 
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.
Edito is developed by The WolFactory (http://www.wolfpackclan.com/wolfactory), a Xoops division of the Wolf Pack Clan (http://www.wolfpackclan.com)
LOJA VIRTUAL - PAGSEGURO
Baixe o Aplicativo
Cursos Kids
Login no Site
Pesquisa no Site
Notícias e Concursos
Outubro 2019
S T Q Q S S D
  1 2 3 4 5 6
7 8 9 10 11 12 13
14 15 16 17 18 19 20
21 22 23 24 25 26 27
28 29 30 31      
Enquete
Qual a sua área de interesse nos concursos?
Colégios do Ensino Fundamental 16 % 16%
Escolas Técnicas 11 % 11%
Marinha 21 % 21%
Exército 17 % 17%
Aeronáutica 18 % 18%
Vestibulares 2 % 2%
Concursos Públicos 12 % 12%
Visitantes Online
1 visitantes online (1 na seção: Guia das Profissões)

Usuários: 0
Visitantes: 1

mais...
Cape Cursos Preparatórios © 2006-2015 - Todos os direitos reservados - Rua Estância 25 - 2º Andar - Realengo - RJ - Cep: 21715-440
Início