Marinha oferta 36 vagas para Sargento músico

Além da seleção para Fuzileiros Navais, a Marinha do Brasil realiza este ano concurso de admissão ao Curso de Formação de Sargentos Músicos 2017. As inscrições começam no próximo dia 22 e seguem até 22 de março. Caso concluam com aproveitamento o curso, os aprovados passarão ao cargo de terceiro-sargento, cuja remuneração inicial é de R$3.890 mensais.

Tanto homens quanto mulheres, com mínimo de 18 e máximo de 24 anos de idade, e que possuam como nível de escolaridade o ensino médio completo podem concorrer às 36 vagas ofertadas. Não é preciso ter formação na área de Música. No entanto, os inscritos vão ser testados através de prova prática na habilidade desejada.

Há oportunidades nos seguintes naipes: Clarinete em Sib (01), Clarinete Alto em Mib (01), Clarinete Contrabaixo em Sib (01), Clarone em Sib (01), Flauta Transversal em Dó (02), Oboé em Dó (01) e Tuba em Sib (06). O restante das vagas destina-se aos instrumentos de Saxofone Alto em Mib (02), Saxofone Tenor em Sib (03), Saxofone Barítono em Mib (01), Trompete em Sib (04), Trompa em Fá (03), Trombone Tenor em Dó (04), Tímpanos (01), Euphonium em Dó (01) e Percussão/Bateria Completa (06).

Para se inscrever, o candidato acessa a página da Marinha e cadastra os dados no formulário de pré-inscrição. Depois, imprime o boleto bancário para pagamento da, que é de R$44. Há possibilidade de solicitar isenção da quantia no mesmo período de inscrições. Mas, os interessados precisam atender duas exigências: ser membro de família de baixa renda e ser inscrito no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (Cad-Único). O resultado dos pedidos deferidos sai no dia 14 de março.

A primeira etapa do concurso é o exame de escolaridade. Na provável data de 21 de maio, os inscritos responderão 40 questões objetivas e farão uma Redação. Quem for classificado faz, ainda, a prova prática de Música entre os dias 4 e 22 de julho. O processo seletivo abarca mais quatro fases: exame psicológico, inspeção de saúde, teste de suficiência física e verificação de documentos.

Ministrado no Centro de Instrução Almirante Sylvio de Camargo (Ciac), no Rio de Janeiro, o curso de formação tem a duração de aproximadamente 18 meses. Durante o período, os nomeados para o posto de praça especial recebem como ajuda de custo uma bolsa no valor de R$858.

Serviço
www.ensino.mar.mil.br
www.mar.mil.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *