IBGE

Concurso do IBGE

Vagas para o ensino médio e superior

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) informou que já encaminhou ao Ministério do Planejamento pedido de concurso para 1.564 vagas em cargos dos níveis médio e superior. O anúncio da seleção foi feito pelo diretor-executivo da entidade, Fernando Abrantes, no último dia 13, data em que assinou acordo com a Associação e Sindicato Nacional dos Servidores do IBGE (ASSIBGE-SN), após o fim da paralisação de 78 dias da categoria. O objetivo do IBGE é abrir a seleção ainda este ano. A diretora da ASSIBGE-SN, Susana Drumond, foi informada pelo órgão que a intenção é oferecer 1.044 vagas de técnico em informações geográficas e estatísticas, cargo de nível médio, e 520 de analista de planejamento, gestão e infraestrutura em informações geográficas e estatísticas e tecnologista em informações geográficas e estatísticas, que exigem nível superior.
De acordo ainda com a diretora do sindicato, das chances de nível superior, 300 seriam para lotação no Rio de Janeiro e o restante para as demais unidades estaduais do país. Além disso, o Estado do Rio pode esperar uma grande oferta de vagas de nível médio. “A unidade estadual do Rio é muito carente de técnicos, o que torna provável que haja um grande número de oportunidades para a região, caso o Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão (MPOG) autorize a realização da seleção”, disse Susana Drumond. FOLHA DIRIGIDA procurou o IBGE para confirmar as informações, mas a instituição limitou-se a dizer que a solicitação de realização do concurso já foi protocolada para cerca de 1.500 vagas, cabendo ao MPOG autorizá-la, e que o pedido foi feito com base no alto número de aposentadorias que ocorrerão nos próximos anos. Dados do IBGE indicam que 49% dos funcionários de seu quadro efetivo possuem mais de 31 anos de serviço.
Os últimos concursos, organizados pela Fundação Cesgranrio em 2013, visaram ao preenchimento de 420 vagas em cargos dos níveis médio e superior, nas funções de técnico (300), analista e tecnologista (120). No total, inscreveram-se 132.278 candidatos, sendo 119.207 para o cargo de técnico, cuja remuneração inicial atual é de R$3.323,91, 8.254 para analista e 4.817 para tecnologista, cujas remunerações começam em R$7.039,83, podendo aumentar para R$7.414,04, R$7.788,25 ou R$8.691,63, caso o profissional tenha aperfeiçoamento, título de mestrado ou de doutorado, respectivamente. Todos os valores já incluem o auxílio-alimentação, de R$373. Em entrevista , que pode ser conferida na última página desta edição, diretores do ASSIBGE-SN comentaram sobre o pedido de concurso ao Planejamento, as conquistas da categoria após a greve e o que ainda reivindicam do IBGE.
O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) informou que já encaminhou ao Ministério do Planejamento pedido de concurso para 1.564 vagas em cargos dos níveis médio e superior. O anúncio da seleção foi feito pelo diretor-executivo da entidade, Fernando Abrantes, no último dia 13, data em que assinou acordo com a Associação e Sindicato Nacional dos Servidores do IBGE (ASSIBGE-SN), após o fim da paralisação de 78 dias da categoria. O objetivo do IBGE é abrir a seleção ainda este ano. A diretora da ASSIBGE-SN, Susana Drumond, foi informada pelo órgão que a intenção é oferecer 1.044 vagas de técnico em informações geográficas e estatísticas, cargo de nível médio, e 520 de analista de planejamento, gestão e infraestrutura em informações geográficas e estatísticas e tecnologista em informações geográficas e estatísticas, que exigem nível superior.
De acordo ainda com a diretora do sindicato, das chances de nível superior, 300 seriam para lotação no Rio de Janeiro e o restante para as demais unidades estaduais do país. Além disso, o Estado do Rio pode esperar uma grande oferta de vagas de nível médio. “A unidade estadual do Rio é muito carente de técnicos, o que torna provável que haja um grande número de oportunidades para a região, caso o Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão (MPOG) autorize a realização da seleção”, disse Susana Drumond.
Os últimos concursos, organizados pela Fundação Cesgranrio em 2013, visaram ao preenchimento de 420 vagas em cargos dos níveis médio e superior, nas funções de técnico (300), analista e tecnologista (120). No total, inscreveram-se 132.278 candidatos, sendo 119.207 para o cargo de técnico, cuja remuneração inicial atual é de R$3.323,91, 8.254 para analista e 4.817 para tecnologista, cujas remunerações começam em R$7.039,83, podendo aumentar para R$7.414,04, R$7.788,25 ou R$8.691,63, caso o profissional tenha aperfeiçoamento, título de mestrado ou de doutorado, respectivamente. Todos os valores já incluem o auxílio-alimentação, de R$373. Em entrevista à FOLHA DIRIGIDA, que pode ser conferida na última página desta edição, diretores do ASSIBGE-SN comentaram sobre o pedido de concurso ao Planejamento, as conquistas da categoria após a greve e o que ainda reivindicam do IBGE.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...