07/01/2013

A Secretaria do Tesouro Nacional (STN), vinculada ao Ministério da Fazenda, abre no próximo dia 14 as inscrições do concurso para 255 vagas de analista de finanças e controle (AFC), que exige nível superior em qualquer área. Embora as vagas sejam para Brasília, o concurso atrai também o interesse de candidatos de outros estados, em virtude, principalmente da boa remuneração, de R$13.334 (incluindo o auxílio-alimentação, de R$373), e pela possibilidade de conquistar um emprego com estabilidade, já que a contratação ocorrerá pelo regime estatutário.

As inscrições deverão ser feitas a partir das 10h da data de abertura, prosseguindo até as 23h59 do dia 28 de janeiro, somente na página eletrônica da Escola de Administração Fazendária (Esaf), organizadora da seleção. Para quem não tem acesso à internet, a organizadora disponibiliza diversos postos de inscrição onde há computadores disponíveis para os candidatos.

Após preencher o pedido de inscrição, o candidato deverá imprimir a Guia de Recolhimento da União (GRU), para pagamento da taxa, de R$120, em qualquer agência bancária, até o dia 13 de fevereiro. A isenção poderá ser solicitada pelos inscritos no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico), assim como por membros de família de baixa renda, por meio de formulário disponível no site da organizadora, no mesmo período das inscrições. O prazo de validade do concurso é de um ano, prorrogável por igual período.

Além do Distrito Federal, as provas objetivas serão aplicadas em todas as capitais estaduais, no dia 24 de março. Elas serão compostas por questões de de Conhecimentos Gerais – Língua Portuguesa, Língua Estrangeira (Espanhol ou Inglês), Direito Administrativo e Constitucional, Raciocínio Lógico-Quantitativo, Estatística, Finanças Públicas e Administração Pública – e Conhecimentos Específicos, que variam de acordo com a área de atuação.

Os participantes devem ficar atentos à liberação, no site da Esaf, do cartão de confirmação de inscrição, que indicará a data, horário e local da prova objetiva. Isso deverá ocorrer durante os três dias que antecedem a avaliação. Os aprovados no exame objetiva serão convocados para a prova discursiva (em data a ser definida), que versará versará sobre o desenvolvimento de uma dissertação utilizando o mínimo de 40 linhas e o máximo de 60 linhas, além de três questões, em um mínimo de 15 linhas e máximo de 30 linhas.

O tema da dissertação e das questões da prova poderão versar sobre Contabilidade Geral e Avançada e/ou Contabilidade de Custos e Gerencial, Administração e/ou Gestão de Pessoas nas organizações, Economia do Setor Público e/ou Macroeconomia e/ou Microeconomia, Análise de Negócio e/ou Governança de TI e Segurança da Informação e/ou Banco de Dados, de acordo com a área. A última etapa é o curso de formação.

Serviço
Inscrições: www.esaf.fazenda.gov.br

Obs:
1 - As notícias sobre concursos apresentadas neste blog são meramente informativas aos usuários da internet, não significando com isso que estamos ministrando todos os cursos preparatórios vinculados a estas notícias. Para saber informações sobre os cursos preparatórios ministrados acesse TURMAS PREPARATÓRIAS no nosso portal.

2 - Informamos que o curso preparatório Cape não possui qualquer tipo de vínculo com colégios, instituições públicas ou militares, não fornecendo qualquer tipo de informação relativa ao concurso acima para alunos ou responsáveis que não estejam matriculados no curso preparatório.



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...