O Instituto Tecnológico da Aeronáutica (ITA) divulgou o Programa de Isenção de Pagamento da Taxa de Inscrição (PIPTI) para o próximo concurso de admissão. O programa oferece no máximo 360 solicitações, visando proporcionar a inscrição de candidatos com carência econômica e alunos oriundos da rede pública de ensino.

O prazo para os candidatos solicitarem a isenção termina em 14 de junho. Para pleitear a isenção, o candidato deve ser brasileiro nato, ter concluído ou estar cursando o ensino médio na rede pública – possuindo histórico escolar com média 7 nas disciplinas de Física, Matemática, Química e Português – e possuir média de um salário mínimo por morador no domicílio no qual reside.

A isenção deve ser solicitada através do preenchimento do Formulário de Inscrição disponível no site da ITA. O Comprovante de Inscrição, disponível após a finalização do requerimento de inscrição, deve ser impresso e enviado pelos Correios ao ITA até o dia 5 de julho com o restante da documentação exigida.

Os documentos a serem enviados são: cópia do documento de identidade e do histórico escolar do candidato; cópia do documento de identidade e CPF dos moradores maiores de 18 anos da mesma residência do candidato e certidão de nascimento dos moradores menores de 18 anos na mesma situação; cópia dos comprovantes de renda de todos os moradores (como última declaração do Imposto de Renda, contracheque, carteira profissional, entre outros); cópia dos comprovantes de despesa relativos ao mês de março ou abril de habitação (prestação da casa ou aluguel), contas de consumo de água, luz, telefone e celular, e outras despesas (IPVA, IPTU, plano de saúde).

A lista do contemplados com a isenção será divulgada no dia 20 de julho, no site do ITA. A isenção não garante automaticamente a inscrição do candidato, que deve se inscrever no concurso de admissão até o dia 15 de setembro. A data de início das inscrições deve ser divulgada em breve. No ano passado, foram oferecidas 130 vagas. Deste total, 80 são ordinárias, ou seja, não dão acesso à carreira militar. O restante é de vagas privativas, a partir das quais o classificado passa a fazer parte dos quadros oficiais da Aeronáutica. As provas, no último vestibular, ocorreram em dezembro de 2011. os candidatos resolveram questões de Física, Português e Inglês, Matemática e Química.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...