O diretor de Pessoal do Corpo de Bombeiros do Estado do Rio de Janeiro, coronel Gilvan de Castro, informou na manhã desta segunda-feira, 9, que o edital do concurso para soldado motorista sairá nesta terça, 10. O documento estava previsto para sair no dia 9, mas devido aos últimos ajustes no cronograma, a previsão não pôde ser concretizada.

Saindo o documento, as inscrições serão abertas no mesmo dia, prosseguindo até 8 de agosto. “Na última sexta, dia 29, oficializamos a Funcefet como organizadora do concurso. Agora, estamos fechando o últimos detalhes do cronograma, para lançarmos o edital já nesta terça-feira, dia 10. As provas objetivas já aconteceriam em setembro”, adiantou. A taxa de inscrição será de R$100.

A princípio, o concurso vai preencher 100 vagas, mas esse número poderá aumentar bastante, segundo o Gilvan de Castro, já que o Corpo de Bombeiros já tem autorização da Secretaria de Planejamento para preencher 800 vagas até o ano que vem. Para participar do concurso é preciso possuir o nível médio completo e carteira nacional de habilitação (CNH) a partir da categoria C. Os futuros servidores serão contratados pelo regime estatutário, que garante estabilidade profissional. A remuneração inicial será de R$2.736, já somados com os R$350 de gratificação e R$100 de transporte.

O coronel Gilvan adiantou que o processo seletivo seguirá a mesma linha do concurso anterior, realizado em 2008. Na ocasião, foi aplicada uma prova objetiva com 40 questões, abrangendo as disciplinas de Língua Portuguesa e Matemática. Em seguida, os aprovados foram submetidos ao exame de capacitação física, composto por corrida de meio fundo (2.400m), corrida de velocidade (100m), abdominal (40 repetições), barra (três repetições) e natação (50m).

Gilvan ressalta que algumas poucas mudanças poderão ocorrer na avaliação física. “Será introduzido o Grip, aparelho usado para medir a força da mão. Além disso, ao invés de 40 abdominais, serão cobrados 30. O restante deverá ser igual à seleção anterior”. Houve, ainda, uma prova prática de direção veicular, onde foram pontuadas as faltas graves, médias e leves. Depois, os aprovados foram submetidos a exames de saúde, social e documental, além de um curso de formação, com duração de seis meses.

Combatentes – O diretor de Pessoal da corporação de contou, ainda, que os preparativos para o concurso de soldado combatente, que ocorrerá no segundo semestre desse ano, já iniciaram. “Talvez coloquemos para esta seleção até a mesma instituição organizadora, a Funcefet, mas isso ainda será analisado”, disse. Até o momento, estão confirmadas 246 vagas para a função, cuja remuneração inicial, segundo a assessoria de imprensa da corporação, também é de R$2.736. O cargo requer o nível médio completo e carteira nacional de habilitação na categoria B.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...