A partir desta sexta-feira, dia 29, os classificados no Sistema de Seleção Unificada (Sisu), do MEC, deverão efetuar a matrícula na instituição de ensino escolhida. O prazo para os estudantes se matricularem segue até o dia 9 de julho.

Os candidatos que não tiverem obtido classificação em uma das duas opções selecionadas poderão ser incluídos na lista de espera. Entretanto, o concorrente só poderá disputar vagas na lista de espera para a primeira opção de curso selecionado durante a inscrição no Sisu. Para isso deve-se acessar Boletim de Acompanhamento no cronograma de inscrição e efetuar o requerimento. A adesão do nome do candidato na lista de espera deve ser realizada pelo mesmo entre os dias 13 e 19 de julho.

O sistema do Ministério da Educação (MEC) registrou um total de mais de 640 mil candidatos disputando as 30.458 vagas oferecidas. Foram realizadas 1.245.437 inscrições no Sisu, com cada candidato podendo se inscrever em dois cursos.

A universidade com maior procura em todo o país foi a UFRJ, com 152.196 mil inscritos. O Rio de Janeiro também foi recorde no total de registros para o estado, com 245.716 candidatos. Em seguida no ranking estão os estados de Minas Gerais, com 166.162 inscritos, Ceará, com 156.343, Maranhão, com 105.782 e Bahia, com 92.120 candidaturas.

A ação civil pública para anulação da seleção das vagas para o segundo semestre, impetrada pelo Ministério Público Federal do Ceará (MPF-CE) continua em trâmite. A ação civil pública foi apresentada pelo procurador da República Oscar Costa Filho.

A alegação é baseada na afirmação de Costa Filho de que o processo de seleção não possui isonomia dos candidatos e que há grande chance de manipulação de vagas. O MEC, em nota oficial, informou estar seguro do procedimento efetuado pelo Sisu e confia na Justiça para garantir o acesso democrático.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...