A Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro (PM-RJ) programa a realização de um novo concurso público para soldado já para o início próximo ano. Segundo o chefe do Centro de Recrutamento e Seleção de Praças (CRSP), o tenente-coronel Roberto Vianna, o pedido para o preenchimento de 6 mil vagas será encaminhado até o final de junho à Secretaria de Planejamento e Gestão, que vai avaliar a possibilidade de incluir a seleção no orçamento de 2013. “O nosso objetivo é abrir o concurso em janeiro de 2013″, afirmou.

A remuneração do soldado da Polícia Militar é de R$1.769,33, já incluído o auxílio-transporte de R$100. Também são pagas gratificações para quem fizer cursos de qualificação (R$350) ou trabalhar numa Unidade de Polícia Pacificadora (R$500 para os praças, podendo chegar a mil reais para os comandantes), por exemplo. O último concurso para soldado da PM-RJ foi aberto em 2010, para 3.600 vagas, com exigência de nível médio. A organização do concurso foi feita pelo CRSP, da própria PM.

Para concorrer ao cargo, os interessados deveriam ter de 18 a 30 anos, altura mínima de 1,60 (sexo feminino) ou de 1,65m (masculino) e carteira de habilitação de motorista tipo “B”. Era necessário também estar em dia com as obrigações eleitorais e militares – ser reservista das Forças Armadas ou Auxiliares, possuir certificado de dispensa de incorporação por excesso de contigente (candidato civil), ou, se licenciado, ter comportamento bom, sem ter sido punido por falta considerada grave onde serviu (homens).

Candidatos que tivessem tatuagens poderiam participar, desde que o desenho não fosse ofensivo à corporação ou discriminatório, nem visível nos uniformes da corporação, incluindo o de Educação Física (camisa de manga e bermuda). Os candidatos foram avaliados por meio de provas objetivas, sobre Direitos Humanos, Legislação de Trânsito, Informática, Noções de Sociologia, História do Brasil, Geografia do Rio de Janeiro e Língua Portuguesa. Os aprovados na prova objetiva foram submetidos a uma redação.Ainda houve exame antropométrico, exames médicos, testes físicos, investigação social e documental e o curso de formação, com duração de seis meses. Roberto Vianna salientou que os candidatos devem estudar com base nos programas dos concursos realizados em 2010.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...