Gari da Comlurb
A Companhia de Limpeza Urbana do Rio de Janeiro (Comlurb) abriu concurso para gari. O edital foi publicado na última sexta, dia 5, Podem concorrer candidatos de ambos os sexos que tenham atual 5º ano do nível fundamental (antiga 4ª série do primário), além de 18 anos até o último dia de inscrição. A remuneração pode chegar a R$2.140, para 44 horas semanais. As inscrições estão abertas até o dia 14 de janeiro. Conforme havia sido antecipado  pela diretora de Gestão de Pessoas da companhia, Suzana Nogueira, o concurso visa ao provimento inicial de 100 vagas para o cargo.
No entanto, será formado um cadastro de reserva, para ser utilizado durante o prazo de validade do concurso, que é de um ano, podendo dobrar. Vale destacar que a Comlurb tem tradição de realizar muitas contratações e esgotar o banco de cadastro. Das 100 vagas iniciais oferecidas pela Comlurb, 20 delas são destinadas a negros e índios e outras cinco para deficientes. A companhia paga aos seus garis remuneração inicial de R$1.700, considerando o vencimento-básico de R$1.100 e o auxílio-alimentação de R$600. Esse valor, todavia, pode se tornar maior graças ao adicional por insalubridade, de R$440, que é uma gratificação concedida a quem pratica atividades classificadas como perigosas, tais como varrição e coleta seletiva. Sendo assim, os rendimento iniciais podem chegar até a R$2.140.
Além da remuneração e do auxílio-transporte, previsto em lei, os futuros empregados da Comlurb terão direito ainda aos seguintes benefícios: plano de saúde e odontológico, seguro de vida, auxílio-creche de R$259,90 e auxílio ao filho com deficiência de R$476,48, além de cesta natalina. A companhia contratará os aprovados pelo regime celetista. Os garis desempenharão as seguintes atribuições: coleta de resíduos sólidos domiciliares; serviços de capina e roçada manual ou mecânica; efetuar a limpeza de praias, proceder à remoção de entulhos, entre outros. Quem quiser concorrer já pode se inscrever, até 14 de janeiro, no site do organizador, o Instituto Brasileiro de Formação e Capacitação (IBFC).
A banca disponibiliza ainda quatro postos com computadores para quem não tem acesso à internet, nos bairros do Centro, Madureira, Santa Cruz e Taquara. O atendimento, neste caso, será realizado somente de segunda a sexta-feira, das 10h às 16h. Feito preencher a ficha de inscrição, os candidatos terão de pagar, em qualquer agência bancária, a taxa de R$25. Os inscritos noCadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico) poderão solicitar a isenção desse valor. Neste caso, a solicitação deverá ser feita até a próxima sexta-feira, dia 19, no site do IBFC.
Serviço
Inscrições e isenção: www.ibfc.org.br
Postos de inscrição: Unidades Microlins: Av. Rio Branco, 173, Centro; Rua Carvalho de Souza, 257, Madureira; Avenida Isabel, 58 Santa Cruz; Av. Nelson Cardoso, 1012, Taquara.
Tradição de convocar todos os aprovados
Além de todos os benefícios que a Companhia de Limpeza Urbana do Rio de Janeiro (Comlurb) propicia aos garis classificados em seus concursos, a empresa também tem uma outra excelente prática: a de esgotar todo o seu banco de reserva. Isto ocorreu nas duas últimas seleções da companhia e também deverá se repetir no atual certame. Em recente entrevista, a diretora de Gestão de Pessoas da Comlurb, Suzana Nogueira, foi enfática. “As convocações vão depender da questão da demanda e de mercado, mas é importante ressaltar que, por lei, temos que usar o banco de reserva até ele esgotar”, disse.
Ou seja, embora a seleção tenha oferta de 100 vagas iniciais, é certo que ocorrerão muitas outras convocações extras além dessas. Ou seja, se o candidato conseguir a aprovação, certamente ele será convocado durante o prazo de validade do concurso, que é de um ano, podendo dobrar, são grandes. No último concurso para gari, por exemplo, realizado no ano passado, houve também 100 vagas iniciais, mas 939 classificados foram conovocados para tomar posse. Já no certame de 2009, houve 9.309 aprovados que foram chamados pela companhia.
Prova objetiva terá apenas 20 questões de Língua Portuguesa
Ao contrário do último concurso para gari da Companhia de Limpeza Urbana do Rio de Janeiro (Comlurb) para gari, realizado em 2013, desta vez os candidatos não enfrentarão provas objetivas de Matemática, mas apenas 20 questões de Língua Portuguesa. O exame objetivo, primeira etapa da seleção, marcados para o dia 8 de fevereiro, com duração de duas horas. As avaliações serão aplicadas somente na cidade do Rio de Janeiro. Os locais de prova estarão disponíveis nos cartões de confirmação de inscrição, que poderá ser retirado, a partir de 2 de fevereiro, no site do organizador, o Instituto Brasileiro de Formação e Capacitação (IBFC).
Cada pergunta de Língua Portuguesa valerá um ponto, e a aprovação dos candidatos a gari se dará mediante ao acerto de 50% do total das 20 questões, ou seja, dez perguntas. Os gabaritos preliminares das provas objetivas serão disponibilizados em 9 de fevereiro, inclusive na FOLHA DIRIGIDA Online. Os dez mil primeiros classificados nas provas objetivas de Língua Portuguesa que disputam o cargo em ampla concorrência, além dos dois mil primeiros negros e índios aprovados, serão convocados para a segunda etapa da seleção.
Nela, os concorrentes serão submetidos a uma prova prática, para testar a capacidade física. Esta fase será realizada a partir do dia 7 de março, e composta por: flexão de cotovelos sobre solo com quatro apoios e abdominal, teste de Shuttle Run (corrida de ir e vir) e corrida de 12 minutos. Os cartões de confirmação com os dias e horários de realização desta etapa estarão disponíveis a partir de 2 de março, na página eletrônica da banca. J
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...