07/04/2013

A Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro (PM-RJ) concentra esforços para decidir nos próximos dias a instituição que irá organizar o concurso para 6 mil vagas de soldado. Ao mesmo tempo, o Comando Geral da corporação discute, junto à Secretaria de Estado de Planejamento e Gestão (Seplag), o quantitativo de oportunidades destinadas às mulheres neste concurso, uma das pendências a ser definida para a abertura da seleção.

De acordo com o Centro de Recrutamento e Seleção de Praças (CRSP), as 6 mil vagas já foram autorizadas pela Seplag, e o edital está pronto, apenas aguardando o sinal verde da Diretoria Logística da corporação para a contratação da organizadora escolhida. Os interessados no concurso não devem aguardar os desfechos burocráticos para intensificarem os estudos, já que o edital aprovado segue o modelo de etapas da último seleção, em 2010, com provas objetivas e redação, além de testes psicológico, físico, antropométrico, médico, social e toxicológico.

Ainda conforme informações da PM-RJ, tão logo seja assinado o contrato com a instituição, o edital não irá demorar para ser publicado. Uma das prováveis mudanças apontadas no documento será o nível de dificuldade aos candidatos, já que as exigências para aprovação serão ampliadas, sendo preciso obter pelo menos 50% de acertos em Língua Portuguesa e 40% nas demais matérias. No concurso anterior, bastava 50% de rendimento médio na prova objetiva e na redação, sem zerar qualquer disciplina.

O salário inicial de um soldado da PM-RJ é de R$2.382,89, com os ganhos podendo ultrapassar R$5 mil, devido às gratificações para quem faz o curso de qualificação (R$350) ou atua na Unidade de Polícia Pacificadora (R$500 para os praças) e trabalhos durante a folga. Quem trabalha durante a folga, no sistema de Regime Adicional de Serviço (RAS) recebe ainda R$150 por oito horas/dia, e R$225 por 12 horas/dia, sendo permitidos oito RAS por mês.

Novos concursos estão no forno – A Polícia Militar do Rio de Janeiro também está iniciando os preparativos para novos concursos em sua área de apoio. Inicialmente, serão ofecrecidas 965 oportunidades, sendo 690 para cabo auxiliar de saúde, 135 para sargento músico, 80 para oficial de saúde e 60 para oficial combatente.

Para cabo auxiliar de saúde, será preciso ter o ensino médio/técnico completo, função com salário inicial de R$2.744,65. No caso do 3º sargento músico, será necessário ter o nível médio, além de formação na área musical, cargo cujo vencimento é de R$3.626,94.

Para ser oficial da Saúde na corporação, é preciso ter curso superior específico e idade limite de 35 anos. O salário do 1º tenente-médico é de R$6.057,60. Nos demais casos, os candidatos devem ter idade entre 18 e 30 anos, e altura mínima de 1,60m, para mulheres, e de 1,65m, para homens.



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...