As incrições para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2012, encerradas no último dia 15. De acordo com o Ministério da Educação, mais uma vez, foi registrado número recorde de pré-inscritos: 6,4 milhões, total que, mais uma vez, superou as expectativas. São Paulo registrou maior procura, com 1.068.517 cadastros. Nos cinco primeiros, também estão: Minas Gerais (723.644), Rio de Janeiro (474.046 ), Bahia (458.101) e Rio Grande do Sul 394.641).

O prazo para pagamento da taxa de inscrição do Enem 2012 terminou nesta última quarta feira, dia 20, e o valor de R$35 devia ter sido pago em uma agência do Banco do Brasil. Os inscritos que não tiverem efetuado o pagamento no prazo e não receberam isenção de taxa não poderão fazer a prova deste ano. O número final de inscritos só deve ser divulgado após a apuração de quantos pagaram a taxa.

Do total de inscritos, apenas 2,5 milhões tiveram que pagar a taxa. No total, 3.994.140 estudantes em vias de concluir o ensino médio em colégios públicos e candidatos de família com baixa renda que fizeram a solicitação de carência conseguiram isenção da taxa.

O Cartão de Confirmação da Inscrição, documento que contém dados sobre o candidato, como o seu local de realização da prova, opção de línguaestrangeira e indicação de atendimento especial (se for o caso), será enviado para o participante pelos Correios. A expectativa é de que o documento chegue até outubro, para os inscritos.

A prova do Enem será aplicadas nos dias 3 e 4 de novembro. O exame abordará conteúdos de Ciências Humanas e suas Tecnologias, Ciências da Natureza e suas Tecnologias, Matemática e suas Tecnologias, Linguagens, Códigos e suas Tecnologias, além da redação, que a partir deste ano terá um novo sistema de correção.

A pontuação obtida no Enem dá acesso a diversas instituições de ensino superior público do país, por meio do Sistema de Seleção Unificada (Sisu). Além disso, o exame nacional é requisito para participar do Programa Universidade Para Todos (Prouni), através do qual é possível ingressar em universidades privadas, com bolsas de estudo integral ou parcial (50% do valor da mensalidade).

A nota do exame ainda garante certificação de conclusão do ensino médio para os interessados e é exigência para ter acesso ao Sistema de Financiamento Estudantil (Fies), do MEC, uma linha de crédito a juros abaixo da média do mercado, que pode ser usada por quem deseja fazer um curso de nível superior em instituições privadas.

Serviço:
www.mec.gov.br
www.inep.gov.br

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...