28/02/2013

A expectativa é que o Centro de Recrutamento e Seleção de Praças (CRSP) da Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro (PM-RJ) anuncie nos próximos dias o nome do organizador do concurso para 6 mil vagas de soldado, já que o objetivo da corporação é divulgar o edital na segunda quinzena de março. Para que isso ocorra, resta apenas a aprovação da Diretoria de Logística da corporação, responsável pela elaboração do contrato. A definição da organizadora foi feita por dispensa de licitação, sendo escolhida a que ofereceu o menor preço e que atende com qualidade às necessidades da PM-RJ. De acordo com o chefe do CRSP, tenente-coronel Roberto Vianna, a organizadora será responsável, além do exame intelectual, pelo médico e psicológico.

Para soldado, além do nível médio, é exigida carteira de habilitação, no mínimo, na categoria “B”. O salário inicial é de R$2.382,89. Além disso, são pagas gratificações a quem faz curso de qualificação (R$350) ou trabalha em Unidade de Polícia Pacificadora (R$500 para os praças). O CRSP informou, na última quarta-feira, dia 27, que já iniciou também o processo de escolha da organizadora do concurso para 60 vagas de oficial combatente, cujo edital deverá ser publicado em abril. De acordo com o setor, já foi encaminhada a solicitação de orçamento para o Cespe/UnB, Fundação Dom Cintra, Fundação Getulio Vargas, Funcab, Funcefet e IBFC. Para oficial combatente, a escolaridade é o nível médio. O 2º tenente da PM ganha R$4.296,25.

A PM-RJ também planeja a realização de concursos para outras 905 vagas, sendo 690 para cabo auxiliar de saúde, 135 para sargento músico e 80 para oficial de saúde. De acordo com o CRSP, as 690 vagas para cabo auxiliar de saúde deverão contemplar os cargos de técnico de enfermagem (maior parte das vagas), massoterapeuta, auxiliar de saúde bucal, técnico de prótese dentária, técnico de radiologia, técnico de farmácia, técnico de laboratório de análises clínicas e auxiliar de saúde veterinário. A distribuição das vagas só deverá ser informada após a aprovação da seleção por parte da Seplag.

Para as vagas de cabo auxiliar de saúde, o requisito é nível médio/técnico completo. O salário atual é de R$2.744,65. A PM-RJ informou que o valor é o mesmo para os demais cargos que compõem a carreira de cabo auxiliar de saúde. Para concorrer às vagas do 3º sargento músico, é necessário ter o ensino médio, mais formação na área musical. O salário é de R$3.626,94. Já para os oficiais do quadro de Saúde, a exigência será o ensino superior específico. O salário do 1º tenente médico é de R$6.057,60.

Além da escolaridade exigida, para todas as funções, os candidatos devem ter idade entre 18 e 30 anos, exceto os médicos, cujo limite é 35 anos. A altura mínima exigida é de 1,60m, para mulheres, e de 1,65m, para homens. O pedido de concursos para preencher 6.965 vagas está em análise na Secretaria de Estado de Planejamento e Gestão (Seplag), que vai verificar se existem recursos no orçamento para atender à demanda, segundo informou a Assessoria de Imprensa da pasta.



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...