Escolas de Aprendizes Marinheiros – EAM

ESCOLAS DE APRENDIZES MARINHEIROSO CORPO DE PRAÇAS DA ARMADA – CPA

O Corpo de Praças da Armada, cuja carreira inicia-se nas Escolas de Aprendizes-Marinheiro, tem como principais atribuições o guarnecimento dos navios e/ou aeronaves componentes da Marinha do Brasil, executando as tarefas necessárias à manutenção e operação de equipamentos e sistemas, à conservação de compartimentos e ao atendimento de serviços gerais e específicos de bordo. Além disso, as praças do CPA podem ser designadas para o exercício de funções técnicas ou administrativas, de acordo com as necessidades da Marinha, em organizações militares em terra.

SOBRE O CURSO DE FORMAÇÃO

Os candidatos aprovados no Processo Seletivo para as Escolas de Aprendizes-Marinheiro realizarão um curso de onze (11) meses, em uma das quatro Escolas:

EAMCE – Escola de Aprendizes-Marinheiro do Ceará
EAMPE – Escola de Aprendizes-Marinheiro de Pernambuco
EAMES – Escola de Aprendizes-Marinheiro do Espírito Santo
EAMSC – Escola de Aprendizes-Marinheiro de Santa Catarina

Durante o curso, realizado anualmente de janeiro a dezembro, inicialmente com a graduação de Aprendiz-Marinheiro e posteriormente como Grumete, os militares terão as seguintes vantagens:
– Vencimentos mensais de cerca de R$ 680,00;
– Uniformes;
– Assistência médico-hospitalar;
– Alojamento e alimentação, entre outros benefícios.

O curso de Formação militar-naval consta basicamente das seguintes disciplinas:
– Treinamento Físico-Militar;
– Armamento portátil e tiro;
– Organização da Marinha;
– Português, Física, Matemática, Eletricidade e Inglês;
– História Naval;
– Relações Humanas e Liderança;
– Informática;
– Primeiros Socorros;
– Combate a Incêndio, entre outras de interesse militar-naval.

Após a aprovação no curso de formação, os Grumetes serão declarados Praças da Marinha do Brasil, na graduação de Marinheiro, e serão designados para servirem em um dos diversos tipos de navios da Marinha, tais como: Porta-Aviões, Fragatas, Corvetas, Navios-Patrulha, Navios de Transporte, de Assistência-Hospitalar, de levantamento hidrográfico e de pesquisas, que têm base nas cidades do Rio de Janeiro, Manaus, Belém, Natal, Salvador, Rio Grande (RS) e Ladário (MS), assim como, em esquadrões de helicópteros e de aviões que têm base em São Pedro D’Aldeia – RJ, Manaus, Rio Grande (RS) e Ladário (MS). Permanecem nessas unidades por um ano e, após, são designados para unidades em terra, onde permanecerão por mais um ano.
O Salário de um Marinheiro é de cerca de R$ 1.200,00 mensais, recebendo ainda décimo terceiro salário, adicional de férias e, quando devido, auxílio transporte.

A ESPECIALIZAÇÃO

Ainda nas Escolas de Aprendizes os futuros Marinheiros realizarão um teste vocacional e serão classificados dentro de três Ramos básicos:
Mecânica, Eletricidade/Eletrônica ou Apoio.

Durante os dois primeiros anos como Marinheiro, dentro do Ramo Vocacional em que foi classificado, escolherá uma especialidade (qualificação técnica) que irá cursar, conforme a seguir:

– Ramo Vocacional de Mecânica: Motores, Máquinas Navais, Caldeiras, Faroleiro, Artífice de Mecânica ou de Metalurgia, Carpinteiro, Armamento Naval e Aviação.

– Ramo Vocacional de Eletricidade/Eletrônica: Eletricidade, Eletrônica, Direção de Tiro, Comunicações Interiores, Comunicações Navais, Operador de Radar ou de Sonar, Hidrografia e Navegação, Armamento Naval e Aviação.

– Ramo Vocacional de Apoio: Manobras e Reparos, Sinais, Educação Física, Escrevente, Paioleiro, Arrumador, Cozinheiro, Barbeiro e Enfermeiro.

Ainda poderá como Voluntário escolher a especialidade de Mergulho. Essa Especialidade juntamente com as de Aviação e Educação Física têm exames psicológico e médico específicos e, as de Mergulho e Educação Física, exame Físico diferenciado.

Os cursos de especialização, realizados no terceiro ano de Marinheiro, têm duração de seis (6) a nove (9) meses, dependendo da especialidade, e são realizados nas cidades do Rio de Janeiro e de Niterói, com exceção do de Aviação que é realizado na cidade de São Pedro D’Aldeia – RJ.
Nos cursos de especialização os Marinheiros estudarão os princípios básicos de sua especialidade e os equipamentos e sistemas usados na Marinha que vão operar e manter.

Ao final do curso, serão promovidos a Cabo. Embarcarão em navios, esquadrões de helicópteros e de aviões, ou irão servir em organizações em terra.
Permanecerão como cabos por cerca de cinco (5) anos.
O Salário de um Cabo é de cerca de R$ 1.950,00 mensais, recebendo ainda décimo terceiro salário, adicional de férias e, quando devido, auxílio transporte.

Em grande número das especialidades, os Cabos poderão voluntariar-se para ser submarinistas, ou seja, fazer parte das tripulações dos submarinos, com outras vantagens específicas, inclusive salariais.

A PROMOÇÃO A SARGENTO E O CURSO DE APERFEIÇOAMENTO

Após cinco anos na graduação de Cabo, farão o Curso de Habilitação a Sargento, com duração de cerca de dois (2) meses. Serão promovidos à graduação de Terceiro-Sargento e, logo a seguir, realizarão o Curso de Aperfeiçoamento, com duração de seis (6) a nove (9) meses, complementando a formação técnica iniciada com o Curso de Especialização, ou seja, tornam-se técnicos reconhecidos pelo MEC.

O Salário de um Terceiro-Sargento com o curso de aperfeiçoamento é de cerca de R$ 3.080,00 mensais, recebendo ainda décimo terceiro salário, adicional de férias e, quando devido, auxílio transporte.

Após Terceiro-Sargento, serão promovidos sequencialmente a segundo-sargento, primeirosargento e a suboficial, cumpridas as exigências e os critérios previstos em legislação específica, em intervalos médios de cerca de cinco anos.

AS VANTAGENS DA CARREIRA

Durante sua carreira, as praças, que iniciaram sua vida na Escolas de Aprendizes-Marinheiro, terão a oportunidade de participar de diversas missões e Operações Navais, viajando e conhecendo diversos lugares no Brasil e no exterior. Terão oportunidade, também, de servirem em várias organizações em terra, em várias cidades do Brasil. Irão aprender a importância dos laços de amizade do homem do mar, que o diferencia de todos os outros profissionais, tornando esta profissão única e apaixonante.

Ao longo da carreira terão oportunidade de realizar cursos, de trabalhar no exterior e desempenhar outras atividades de interesse da Marinha.

Graças a esses cursos e ao desempenho nas suas atividades poderão alcançar as diversas graduações da Marinha, chegando por seus méritos à de Suboficial. Poderão ainda por concurso interno, a partir de Terceiro-Sargento, ascender ao oficialato, com oportunidades de chegar até o posto de Capitão-de-Mar-e-Guerra.

A Carreira Naval possui inúmeras vantagens e benefícios, tais como:
Perspectiva de crescimento profissional ao longo da carreira;
Bom ambiente de trabalho;
Plano de carreira bem definido, com possibilidade de ascensão contínua com aumento de salários proporcionais;
Estabilidade após dez (10) anos de serviço;
Ingresso sem exigência de experiência anterior;
Oportunidade de se tornar um técnico reconhecido no meio civil;
Salários indiretos e benefícios, tais como:
Transferências remuneradas;
Possibilidade de moradia, a partir da graduação de Cabo, quando fora da cidade do Rio de Janeiro;
Assistência médico-hospitalar para si e para seus dependentes em instalações exclusivas da Marinha;
Programas e projetos sociais voltados ao bem estar social do militar e de seus dependentes, bem como facilidades oferecidas por meio de intercâmbio com entidades públicas e privadas;
Instalações sócio-recreativas para si e seus dependentes, mediante pequena mensalidade;
Uniformes;
Alimentação;
Aposentadoria com vencimentos integrais etc.

Mais informações no site oficial da Diretoria de Ensino da Marinha.

Diretoria de Ensino da Marinha
Posto de Inscrição
Rua Visconde de Itaboraí nº 69
Centro – Rio de Janeiro/RJ
CEP: 20010-060
Telefone: (21) 2104-6006E-mail: densm@densm.mar.mil.br

Nenhum comentário ainda.

Você precisa se registrar para deixar um comentário.

Nenhum trackback ainda.