A melhor universidade do estado e a 11ª no país, baseado no Índice Geral de Cursos (IGC) de 2011, a Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro (Uenf) deve divulgar o edital de adesão ao Sistema de Seleção Unificada (Sisu) 2014 no próximo dia 29. Apesar de não ter liberado o documento que definirá as regras para ingresso, a instituição já definiu que oferecerá o mesmo número de vagas do último concurso e que haverá pesos diferenciados nas notas.

UENF

Vestibular da UENF

No ano passado, a Uenf disponibilizou 546 oportunidades em 16 cursos presenciais com ingresso a partir do resultado no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Ao todo, foram 8.541 candidatos buscando o ingresso.

Os pesos de cada área de conhecimento cobrada no Enem vão variar de acordo com o curso escolhido pelo candidato. A tendência é que os critérios sejam iguais aos do concurso anterior, quando a redação teve peso 2 para todas as carreiras, exceto Ciências Sociais e Administração Pública, que tiveram peso 3.

No curso com maior oferta de vagas, bacharelado em Ciências Biológicas, com 80 oportunidades, as questões de Ciências da Natureza e suas Tecnologias tinha peso 4, enquanto Linguagens 2 e Humanas e Matemática apenas 1. Em seguida, veio a graduação em Agronomia, com 50 vagas. Ciências da Natureza tinha peso 3, Linguagens e Matemática peso 2 e Humanas peso 1.

A maior relação candidato vaga do último vestibular foi em Engenharia Civil, com 965 candidatos disputando 30 oportunidades, ou 32,2 inscritos por vaga. Após, vieram Engenharia de Petróleo (26,2), Engenharia de Produção (25,7) e Medicina Veterinária (25,4), a graduação mais procurada, com 1.015 inscritos. A Uenf também conta com turmas de Ciências Biológicas (licenciatura), Ciência da Computação, Engenharia Metalúrgica e Zootecnia, além de licenciatura em Ciências Biológicas e Química na modalidade a distância, com ingresso através do Vestibular Cederj.

A universidade adota as regras estaduais para a política de ações afirmativas, de acordo com a Lei 5.346/2008. Do total de vagas, 45% em cada curso são reservadas para candidatos carentes, sendo 20% para negros ou indígenas, 20% para candidatos oriundos da rede pública de ensino e 5% para pessoas com deficiência ou filhos de policiais civis, militares, bombeiros militares e inspetores de segurança e administração penitenciária mortos ou incapacitados em razão do serviço. No entanto, existe um critério econômico para ser beneficiado Apenas os que tem renda familiar mensal per capta de, no máximo, 1,5 salário mínimo, pode concorrer pelas cotas.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...