Concurso do INSS

Concurso do INSS

A Associação Nacional dos Servidores da Previdência Social (Anasps) está otimista quanto ao concurso do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS). A instituição acredita que a autorização será facilitada pela posse de Elisete Berchiol da Silva Iwai na presidência da autarquia e de Carlos Eduardo Gabas no Ministério da Previdência Social. O pedido ao Ministério do Planejamento é de 4.730 vagas. Segundo o presidente da Anasps, Alexandre Lisboa, Elisete demonstrou atenção aos interesses da associação, inclusive, ao concurso. “A presidente recebeu nossas propostas e se mostrou disposta a colocá-las em prática. Uma delas foi a questão do concurso. Elisete afirmou que espera a aprovação do orçamento da União de 2015 para cobrar a autorização ao Planejamento, e estamos na expectativa disso”, afirmou.

O fato de Elisete e Gabas serem concursados e terem atuado por muitos anos no INSS ajuda no otimismo. É que ambos conhecem os problemas do instituto e sabem da necessidade de repor pessoal. Sobre Gabas, a Anasps demonstra em seu site que “a escolha foi uma solução técnica e a Presidente Dilma Rousseff merece os cumprimentos da associação por isso”. Ainda segundo nota da associação, “Gabas, na sua trajetória, conhece a Previdência como ninguém. O desafio é grande para o INSS e para a Previdência, e certamente não lhe faltará o apoio da Presidente Dilma.”
As declarações podem, portanto, animar que sonha com uma vaga no INSS, tendo em vista que o concurso é inevitável, assim como o ex-ministro da Previdência Social, Garibaldi Alves Filho, e o ex-presidente do INSS, Lindolfo Neto de Oliveira Sales, já o consideravam. A expectativa é que neste semestre seja dado o sinal verde, já que há a necessidade de autorizar logo o concurso, para que não haja defasagem em relação à carência de pessoal mapeada pelo INSS e enviada ao Planejamento como justificativa do pedido.
O INSS pede 2 mil vagas de técnico do seguro social, para quem tem o nível médio, 1.580 de analista do seguro social, de nível superior, e 1.150 de perito médico, para graduados em Medicina. Os rendimentos iniciais são de R$4.620,91 para o técnico, R$7.504,45 para o analista e de R$10.559,64 para o perito, com o reajuste de 5% já aplicado. O pedido ainda encontra-se no Ministério da Previdência Social, por conta do pedido de alteração da estrutura regimental, solicitada junto ao concurso, no mesmo processo.

Estudos em dia –
Quem sonha com uma vaga no INSS não pode desanimar. É necessário aproveitar o tempo que falta até a abertura da seleção para adiantar os estudos. O último concurso da autarquia, em 2011, para técnico, cargo que destaca-se, serve como base na preparação. Na ocasião, houve somente prova objetiva, composta por 60 questões, sendo 20 sobre Conhecimentos Gerais (Ética no Serviço Público, Regime Jurídico Único, Noções de Direito Constitucional, Noções de Direito Administrativo, Língua Portuguesa, Raciocínio Lógico e Noções de Informática) e 40 sobre Conhecimentos Específicos. A organizadora foi a Fundação Carlos Chagas (FCC).
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...