Concurso da Polícia Federal

Concurso de agente da Polícia Federal

No próximo dia 10, deverá ser divulgado pelo Cespe/UnB o número de inscritos no concurso da Polícia Federal (PF) para 600 vagas de agente (nível superior; R$7.887,33). A partir da mesma data, os candidatos poderão conferir, no site do organizador, os locais e o horário das provas objetivas e discursivas, marcadas para o dia 21 deste mês. Os exames terão duração de cinco horas e serão aplicados à tarde. Nas objetivas, serão 120 itens, distribuídos por Língua Portuguesa, Atualidades, Raciocínio Lógico, Noções de Informática, de Administração, de Contabilidade, de Economia e de Direito (Penal, Processual Penal, Administrativo e Constitucional), além de Legislação Especial.

Será necessário classificar cada item como Certo (C) ou Errado (E), sendo atribuído um ponto positivo a cada acerto, um ponto negativo a cada erro e zero ponto caso não haja marcação ou marcação dupla. Na discursiva, os candidatos terão que elaborar um texto dissertativo com, no máximo, 30 linhas. Serão aprovados aqueles que obtiverem pelo menos 48 dos 120 pontos das objetivas e, no mínimo, 6,5 pontos dos 13 da discursiva (50%). Serão corrigidas as discursivas apenas dos classificados no exame objetivo até a 1.350ª colocação para as vagas de ampla concorrência, 90ª colocação entre candidatos com deficiência e 360ª colocação no caso dos que concorrerem às vagas da cota para negros. Os habilitados passarão ainda por avaliações física, médica e psicológica, além de investigação social e curso de formação.
A seleção ficou suspensa por cerca de um mês, em função de liminar concedida pela Justiça determinando a adaptação dos testes físicos e do curso de formação às necessidades dos candidatos com deficiência. A liminar foi derrubada pela Advocacia-Geral da União (AGU), mas o caso segue na Justiça. Para deficientes, são reservadas 30 vagas, conforme a legislação. Há, ainda, 120 vagas destinadas a negros.
Novo concurso – Segundo o presidente da Associação Nacional dos Delegados de Polícia Federal (ADPF), Marcos Leôncio, até o início de 2016, o departamento deverá realizar um novo concurso com 600 vagas, desta vez para escrivão (450 vagas) e delegado (150). A previsão, no entanto, não foi confirmada pelo departamento. Ambos os cargos têm como exigência formação superior (qualquer área para escrivão e bacharelado em Direito para delegado) e proporcionam iniciais de R$7.887,33 e R$15.743,64, respectivamente (R$9.074,59 e R$17.203,85 a partir de janeiro). Para delegado, será necessário possuir ainda experiência mínima de três anos em atividades jurídicas ou policiais. A Lei 13.047, conversão da Medida Provisória (MP) 657, que estabeleceu a necessidade de experiência, foi publicada na última quarta-feira, dia 3, no Diário Oficial da União (DOU). O texto da lei é alvo de críticas, principalmente de agentes, escrivães e papiloscopistas.
Serviço
Locais e horário de prova: www.cespe.unb.br
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...