rio de janeiro

Concurso da Petrobras

Aqueles que se inscreveram no concurso da Petrobrás para 663 vagas e formação de cadastro de reserva com até 7.425 aprovados devem aguardar agora pelo cartão de confirmação da inscrição. A previsão é que o documento, contendo o local e horário das provas, esteja disponível para impressão, no site da Fundação Cesgranrio (organizadora), a partir de 3 de dezembro.

As provas objetivas estão marcadas para o dia 7 do mesmo mês e, no Estado do Rio, serão aplicadas na capital e em Macaé. Até lá, a orientação de especialistas é para que os candidatos procurem resolver muitos exercícios (veja abaixo teste para técnico de administração e controle).
O número de inscritos deverá ser informado nos próximos dias pela Fundação Cesgranrio. No Rio, a oferta é de 296 vagas com preenchimento garantido, além das 2.787 para compor o cadastro de reserva. São oportunidades em cargos dos níveis médio, médio/técnico e superior, com remuneração mínima variando de R$2.821,96 a R$8.081,98. Das chances, 280 são para técnico de administração e controle, de nível médio, sendo 28 vagas e 252 posições em cadastro. São 220 (22 com preenchimento confirmado e 198 para cadastro) para o polo Rio de Janeiro e 60 (6; 54) para o polo Macaé. A remuneração do cargo é a de R$2.821,96.
Para técnico de administração, as provas serão sobre Conhecimentos Básicos (Língua Portuguesa e Matemática) e Conhecimentos Específicos (Processos Administrativos e Legislação, Logística e Contabilidade e Noções de Informática). Para ser aprovado, será necessário obter pelo menos metade dos pontos de Conhecimentos Básicos, com nota diferente de zero em cada disciplina, e metade dos pontos de Conhecimentos Específicos.
O resultado final está previsto para 20 de janeiro do ano que vem, com exceção de técnico de perfuração e poços júnior, para o qual haverá ainda exame de capacitação física, marcado para os dias 24 e 25 de janeiro do ano que vem. Para esse, o resultado final está previsto para 12 de fevereiro. A validade da seleção será de seis meses, podendo dobrar.
As contratações são pelo regime celetista, com os admitidos fazendo jus a uma séria de série de benefícios, entre eles: auxílio-ensino para filhos; assistência multidisciplinar de saúde (médica, odontológica, psicológica e hospitalar) e benefício farmácia; participação nos lucros e/ou resultados; e incentivo ao ensino superior para filhos de empregados. Segundo a Federação Única dos Petroleiros (FUP), o menor valor pago de participação nos lucros referente a 2013 foi de R$14.800.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...