Edital será publicado em breve

Voltar ao site

Guarda-vidas e soldado: edital em março

Guarda-vidas e soldado: edital em março

Os interessados em participar do concurso do Corpo de Bombeiros do Estado do Rio de Janeiro (CBMERJ), cujo edital deverá ser divulgado logo após o carnaval, não podem perder o foco com as festividades e devem manter uma rotina de estudos. Para isso, a resolução de exercícios é fundamental. Isso porque, a concorrência promete ser acirrada,  já que os concursos da corporação costumam reunir milhares de candidatos. “O candidato até pode curtir um pouco o carnaval, mas sem exageros, para não perder o foco. A rotina diária de estudos e realização contínua de exercícios é fundamental, mesmo nesse período de festa”, disse Rosângela Cardoso, especialista em concursos.

O pedido da corporação foi de 1.060 vagas, sendo 910 para soldado combatente e 150 para guarda-vidas, ambos de nível médio. Entretanto, o comandante-geral do CBMERJ, coronel Sérgio Simões, informou recentemente que a oferta deverá ser, em um primeiro momento, de 721 vagas, com as demais sendo preenchidas durante o prazo de validade da seleção. Embora o edital esteja pronto e a seleção já tenha o sinal verde do governador Sérgio Cabral, é preciso a autorização formal da Comissão de Acompanhamento das Despesas de Pessoal (Coape), que avalia o impacto orçamentário das contratações. Integram a comissão os secretários de Planejamento, da Casa Civil, da Fazenda e de Governo, além do diretor-presidente do Rioprevidência.

Com o aumento de 11,18% dado no último dia 24, a remuneração inicial passou para R$2.759,26, sendo R$2.309,26 de vencimento-base, R$100 de auxílio-transporte e R$350 de gratificação por participação por programa de capacitação. Os guarda-vidas poderão receber uma gratificação de R$1 mil durante o verão. O regime de contratação é o estatutário, que garante estabilidade. E caso sejam mantidas as regras do último concurso, os candidatos ao cargo de soldado combatente devem possuir, além do nível médio, entre 18 e 51 anos e carteira de habilitação na categoria B. Já para guarda-vidas, a exigência era de 18 a 30 anos. Para as duas funções, as oportunidades foram abertas a concorrentes de ambos os sexos que tivessem, no mínimo, 1,65 (homens) e 1,60 (mulheres). Para quem pretende concorrer a soldado combatente, o diretor-geral de Pessoas dos Bombeiros, coronel Gilvan de Castro, já havia informado que o programa será o mesmo da seleção para motorista, realizada em 2012. A única diferença é que não haverá Legislação de Trânsito. A seleção também deverá contar com prova física, teste de habilidade específica (guarda-vidas), exame de saúde e exame social e documental.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...