Mais facilidade na taxa de isenção ajuda as inscrições

Até as 18h15 da última quinta-feira, dia 23, o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) já havia recebido quase cinco milhões de inscrições. Na parcial divulgada pelo Ministério da Educação, foram registradas 4.765.717 inscritos. A expectativa do governo é que até as 23h59 da próxima segunda, dia 27, quando acaba o prazo de inscrições, o total de participantes ultrapasse seis milhões.
São Paulo registra o maior número de inscrições por estado, com 747.645. Depois aparece Minas Gerais, com 515.890. O Ceará vem em terceiro, com 354.242, seguido do Rio de Janeiro, com 353.166 candidatos. A Bahia tem 347.886. O Ministério da Educação (MEC) já sinalizou que não haverá prorrogação do prazo.
Os interessados devem realizar todo o procedimento até a data marcada, somente pela internet. O pagamento da taxa de inscrição, no valor de R$35, pode ser efetuado até dia 29 de maio, por meio da Guia de Recolhimento da União (GRU). Além dos dados pessoais, informados no ato da inscrição, os candidatos que desejarem solicitar isenção de taxa deverão preencher também a Declaração de Carência Socioeconômica.
As provas serão aplicadas nos dias 26 e 27 de outubro, sábado e domingo, respectivamente. Nos dois dias, o exame terá início às 13h com abertura dos portões marcada para 12h. Serão 45 questões de cada área. No primeiro dia de provas, os candidatos terão quatro horas e 30 minutos para resolver questões das áreas de Ciências Humanas e suas tecnologias (História, Geografia, Filosofia e Sociologia) e Ciências da Natureza e suas tecnologias (Química, Física e Biologia).
No dia 27, as áreas de conhecimento serão Linguagens, Códigos e suas tecnologias (Língua Portuguesa, Literatura, Língua Estrangeira – Inglês ou Espanhol, Artes, Educação Física e Tecnologia da Informação e Comunicação) e Matemática e suas tecnologias. Todos farão, ainda, uma Redação. Nesse dia, os inscritos terão cinco horas e 30 minutos para resolverem as questões.
Os participantes poderão utilizar o resultado do Enem para ingresso em instituições públicas de ensino superior, através do Sistema de Seleção Unificada (Sisu) e participar de programas como o Programa Universidade para Todos (ProUni), que oferece bolsas em instituições particulares, e o Fundo de Financiamento Estudantil (Fies), para financiamento da graduação, também em instituições privadas.
Os estudantes maiores de 18 anos que ainda não obtiveram a certificação do ensino médio poderão utilizar o resultado do Enem para obter o diploma. A pontuação mínima exigida ano passado foi de 450.

Isenção de taxa fica mais fácil este ano

No Enem de 2012, quatro milhões de candidatos foram beneficiados com a isenção do pagamento da taxa de inscrição. Para este ano, a tendência é que este número cresça em relação à última edição do exame.

Os critérios de gratuidade foram ampliados. Poderão conseguir o benefício de não pagar os R$35, referentes à taxa de inscrição, os candidatos que tiverem renda familiar per capita igual ou inferior a um
salário mínimo e meio. No último ano, esse valor era de meio salário mínimo por familiar.
Quem desejar solicitar o requerimento para isenção deve, no ato da inscrição, preencher a Declaração de Carência Socioeconômica. Também serão contemplados com o benefício, os candidatos que apresentarem declaração de carência e forem membros de família de baixa renda ou em situação de vulnerabilidade econômica, nos termos do Decreto Nº 6.135, de 26 de junho de 2007, referente ao Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico).
Pelo decreto, é considerada família de baixa renda para fazer parte do CadÚnico aquela que comprove renda mensal per capita de até meio salário mínimo ou que possua renda total mensal de até três salários mínimos.
Para serem registradas, as famílias devem, no ato do cadastramento, fazer a identificação e caracterização de domicílio; identificação e documentação civil de cada membro da família; e comprovação de escolaridade, participação no mercado de trabalho e rendimento.
Os estudantes que estiverem cursando ou já tiverem concluído o ensino médio em escola da rede pública, ou como bolsista em escola particular, também ficarão isentos do pagamento da taxa.



Facebook
Twitter
More...



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...