18/04/2013
Embora o o edital do concurso para 6 mil vagas de soldado da Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro (PM-RJ) estivesse previsto para sair este mês, o documento deverá sofrer um novo atraso. A corporação ainda precisa resolver algumas pendências burocráticas para poder abrir a seleção, tais como a oficialização da organizadora, o quantitativo de vagas que será destinado às mulheres, além da homologação da última seleção, realizada em 2010.

De acordo com o novo chefe do Centro de Recrutamento e Seleção de Praças (CRSP) da PM-RJ, tenente-coronel Kléber Martins, não é possível prever um mês exato para a publicação do edital. “Já fizemos uma reunião para tratar do edital do concurso, mas ainda é prematuro precisar uma data para a sua divulgação”, informou o oficial, destacando ainda que aguarda novas diretrizes do Comando-Geral e da Diretoria de Ensino, entre outros setores da PM-RJ, para executar a seleção.

Ainda segundo o novo chefe do CRSP, a PM-RJ ainda precisa finalizar o concurso de 2010 para poder abrir a nova seleção. “Ainda estamos convocando aprovados do último concurso. Precisamos primeiro encerrar essa seleção”, explicou o tenente-coronel Kléber Martins, que ressaltou, no entanto, que já existe a previsão orçamentária para a abertura, ainda este ano, de seleção para 6 mil vagas de soldado. Antes da mudança no comando do CRSP, as informações passadas pelo então chefe do setor, tenente-coronel Roberto Vianna, eram de que os preparativos do concurso estavam bastante adiantados. O edital chegou a ser anunciado para o mês de março, o que não foi concretizado devido às pendências já informadas.

Segundo o tenente-coronel Roberto Vianna, o CRSP já havia escolhido a organizadora da seleção, mas que precisava ser oficializada pela Diretoria Logística da PM, assim como pelo Comando-Geral. Ainda segundo o então chefe do CRSP, também já estaria pronta uma minuta do edital , que havia sido preparada com base no último concurso. Conforme havia informado o tenente-coronel Roberto Vianna, o programa oficial e as etapas de seleção seriam as mesmas do certame anterior, mas que o nível de dificuldade das provas seria maior este ano.

O cargo de soldado exige o nível médio e altura mínima de 1,60m, para mulheres, e de 1,65m, para homens. A remuneração é de R$2.382,89. No entanto, com gratificações (curso de qualificação, atuação em UPPs e trabalhos nas folgas), os rendimentos iniciais podem chegar a R$5 mil. Além das provas objetivas, os candidatos também serão submetidos a redação, exame antropométrico, exames médicos e psicológicos, testes físicos, investigação social e documental e ao curso de formação, de seis meses.



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...