Arquivo de 27 de dezembro de 2012

PMERJ: Comandante confirma os novos concursos em 2013

27/12/2012

O comandante-geral da Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro (PM-RJ), coronel Erir Ribeiro Costa Filho, garantiu na última quinta-feira, dia 20, que o concurso para 6 mil vagas de soldado será mesmo realizado no próximo ano. O anúncio foi feito durante a solenidade de entrega da Medalha de Mérito Eleitoral, no TRE-RJ, que contemplou com a comenda as autoridades que integraram o Centro de Comando e Controle das Eleições 2012.

Além disso, confirmou a realização das outras seleções da corporação programadas para 2013: cabo auxiliar de saúde (690), sargento músico (135), oficial de saúde (80) e oficial combatente (60 oportunidades). “Os candidatos devem estudar, e não se prepararem única e exclusivamente para o exame intelectual, dando atenção aos testes físicos”, enfatizou. Com o veto parcial da presidente Dilma Rousseff ao Projeto de Lei nº 2.565, que redistribuia os royalties do petróleo, a abertura dos concursos ganhou mais força, uma vez que o Estado do Rio precisa estar preparado para instalar novas Unidades de Polícia Pacificadora (UPPs), assim como para os megaeventos internacionais que vão acontecer até 2016.

De acordo com o chefe do Centro de Recrutamento de Seleção de Praças (CRSP) da PM-RJ, tenente-coronel Roberto Vianna, o estudo que apontou a necessidade de abertura de concursos para 6.965 vagas em diversos cargos será reavaliado, conforme solicitou a Diretoria Geral de Pessoal da corporação. Em virtude disso, é possível que a oferta de vagas seja alterada para mais ou para menos. A PM-RJ pretende enviar em janeiro novo ofício à Secretaria Estadual de Planejamento (Seplag), para autorizar os concursos com o quantitativo que será definido.

Após o sinal verde formal da Seplag para a abertura das seleções, o CRSP pretende iniciar junto à Diretoria Logística da PM a elaboração do edital de licitação para a escolha da organizadora. Ainda segundo o tenente-coronel Roberto Vianna, a intenção é contratar uma única instituição para realizar os cinco concursos, sendo de responsabilidade dela, além do exame intelectual, o médico e o psicológico. Para soldado, que requer nível médio, também é exigida carteira de habilitação, no mínimo, na categoria “B”. Para as vagas de cabo auxiliar de saúde, o requisito é o nível médio/técnico completo. Já para oficial de saúde é preciso ter o nível superior. E para sargento músico, o médio. Além da escolaridade exigida, os candidatos devem ter idade entre 18 e 30 anos, exceto os médicos, cujo limite é 35 anos.

Obs:
1 - As notícias sobre concursos apresentadas neste blog são meramente informativas aos usuários da internet, não significando com isso que estamos ministrando todos os cursos preparatórios vinculados a estas notícias. Para saber informações sobre os cursos preparatórios ministrados acesse TURMAS PREPARATÓRIAS no nosso portal.

2 - Informamos que o curso preparatório Cape não possui qualquer tipo de vínculo com colégios, instituições públicas ou militares, não fornecendo qualquer tipo de informação relativa ao concurso acima para alunos ou responsáveis que não estejam matriculados no curso preparatório.