O Tribunal Regional Federal da 5ª Região, no Recife, caçou a liminar que fora concedida pela Justiça  do Ceará que anulava as 13 questões do Enem para todo o Brasil. A decisão foi pronunciada pelo desembargador Paulo Roberto de Oliveira Lima, presidente do Tribunal Regional do Ceará, na manhã desta sexta-feira, dia 4 de novembro, que será mantida para os alunos do Colégio Christus, de Fortaleza, os quais tiveram acesso às questões antes da prova do Enem e agora terão suas notas recalculadas.

O Ministério Púlbico Federal ainda pode recorrer. “A liminar considerada atinge a esfera de interesses de cerca 5 milhões de estudantes, espraiando seus efeitos para o ingresso deles nas várias universidades públicas do país, com repercussão na concessão de bolsas, na obtenção de financiamentos e na orientação de políticas públicas. O assunto é grave e influi, sim, na organização da administração”, afirmou o presidente do TRF5 na sua decisão.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...