A Secretaria Estadual de Educação já recebe inscrições nos concursos de admissão para escolas de ensino médio integrado da rede. São 880 vagas, distribuídas por sete escolas. Em todas, as aulas começam às 7 horas e o horário de término varia das 17 às 18h10.

As inscrições ficam abertas até o próximo dia 7 de outubro e devem ser feitas pela internet, nas páginas da Secretaria de Educação e do projeto Conexão Aluno. Podem participar alunos de escolas públicas ou privadas que tenham nascido entre 1º de janeiro de 1995 e 31 de dezembro de 1998 e tenham concluído o 9º ano do ensino fundamental ou a Fase IX da Educação de Jovens e Adultos (EJA). Os classificados poderão apresentar o comprovante de escolaridade apenas na matrícula, que ocorrerá entre os dias 21 e 25 de novembro.

Em cada escola e curso, 5% das vagas são reservadas para candidatos portadores de necessidades especiais. Porém, não deve haver incompatibilidade entre a deficiência física que o candidato tiver e as atividades que ele desempenhará ao longo da formação escolar. O concurso de admissão reserva, ainda, 5% das vagas para alunos que vêm da rede privada de ensino. As demais serão ocupadas de acordo com a classificação do inscrito na seleção.

O ensino médio integrado reúne, na mesma grade curricular, conteúdos relativos à formação geral, ou seja, as matérias tradicionais da educação básica, e a formação técnica, que prepara com vistas à inserção no  mercado de trabalho.

No processo seletivo, os candidatos farão uma prova objetiva, com questões de Português e Matemática, e uma redação. Esta avaliação ocorrerá no dia 30 de outubro. O resultado final sai em 17 de novembro.

Novas vagas – A abertura de inscrições no concurso de admissão para escolas de ensino integral não é a única boa notícia para quem quer fazer um curso de ensino técnico pela rede. A Secretaria anunciou que deve oferecer, até o final de 2012, aproximadamente 25 mil vagas gratuitas para cursos de educação profissional.

O projeto Bolsa Formação Estudante no Estado prevê 6 mil vagas ainda em 2011 e outras 19 mil em 2012. Alunos do ensino médio da rede estadual poderão estudar em unidades do Sistema S (Sesi, Senai, Sesc e Senac) e em escolas da rede federal de ensino. O projeto é viabilizado pelo Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec). Até o dia 30, a Secretaria de Educação deve apresentar o projeto ao MEC.


Estado realiza 3º Saerjinho
A Secretaria Estadual de Educação realizou, na última quarta-feria, dia 21, o terceiro Saerjinho, prova bimestral que tem como objetivo avaliar o nível de aprendizado dos alunos. Mesmo com a paralisação decretada pelo Sindicato Estadual dos Profissionais de Educação (Sepe) para o mesmo dia, a realização do exame foi mantida.

Em nota, o órgão informou que as provas foram aplicadas com uma adesão superior a 90% dos alunos da rede. Das 1.457 escolas, 1.255 participam do Saerjinho. A estimativa é de que, dos 1,1 milhão de alunos, cerca de 700 mil fizeram a avaliação.

Pelo Saerjinho, estudantes do 5º e 9º anos do ensino fundamental e das três séries do ensino médio fizeram provas que têm como foco o raciocínio lógico e a interpretação textual. A partir do desempenho dos estudantes nestas avaliações, a Secretaria de Educação pretende identificar deficiências que possam ser corrigidas no processo de ensino-aprendizagem.

Segundo a Secretaria, o Saerjinho também permite aos estudantes prepararem-se para provas como a do Enem e os vestibulares de instituições públicas, assim como entrevistas para conseguir um emprego, pois a prova tem foco nas habilidades e competências básicas exigidas de um estudante nos dias de hoje.

Segundo a Secretaria de Educação, o rendimento dos alunos nas diferentes edições do Saerjinho serve de subsídio para vários programas da rede. Entre eles, estão os de reforço escolar, que envolve 80 mil alunos, a formação continuada de professores, o sistema de gestão integrada das escolas e o currículo mínimo para a rede estadual.

A participação no Saerjinho também está relacionada ao sistema de bonificação para os professores que cumprirem as metas estabelecidas por escola. Só receberão bônus professores de escolas cujos alunos participaram de todas as avaliações internas e externas realizadas pela Secretaria de Educação.



Facebook
Twitter
More...

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...